Calendário de vacinação e desparasitação

junho 14, 2020
Principalmente quando são jovens, ou em certas circunstâncias que envolvam idosos ou bebês, é essencial respeitar o cronograma de desparasitação e das vacinas, para que tanto os animais quanto as pessoas desfrutem de um bom estado de saúde.

Quando adotamos um filhote, certamente nos perguntamos quando são realizadas as vacinas e a desparasitação e quais são obrigatórias ou não. Para ajudar você a sanar todas as suas dúvidas, vamos apresentar o calendário definitivo de vacinação e desparasitação para deixar seu filhote protegido.

O calendário de vacinação e desparasitação definitivo

Os filhotes ainda estão formando seu corpo e seu sistema imunológico, ficando mais expostos a certos riscos e doenças, principalmente aqueles causados ​​por parasitas ou vírus, e é por isso que é essencial manter seu bichinho com todas as vacinas atualizadas.

A desparasitação deve começar quando o filhote tiver entre 21 e 30 dias de idade. Nesse momento, deve ser administrada a primeira pílula que ajudará especialmente a evitar vermes no estômago, um mal que acomete 90% dos filhotes. Isso pode causar distúrbios digestivos graves que podem permanecer por toda a vida ou até levar à morte.

Após essa primeira desparasitação, o veterinário vai determinar quando a próxima acontecerá, baseando-se no ritmo de vida, no tamanho e na raça do animal. Embora isso seja algo que será feito constantemente ao longo da vida.

O calendário de desparasitação e vacinação definitivo

A intensidade e o espaço de tempo não serão os mesmos para um filhote que vive no campo do que para outro que mora na cidade, pois o primeiro fica mais exposto.

Datas da desparasitação

Como dissemos, o veterinário vai indicar quando, mas cada desparasitação será realizada de um a três meses a partir da última dose. A desparasitação será realizada da seguinte maneira:

A importância da vacinação

Exceções fora do calendário de desparasitação e vacinação

Há exceções nas quais devemos desparasitar nosso cão para evitar situações perigosas, principalmente para aqueles que o rodeiam. Por exemplo:

  • Um bebê. Se um novo bebê chegar à família, antes de levá-lo para casa, é adequado vermifugar o cão por precaução.
  • Se o cão for a uma nova residência. Quando os animais forem usados ​​para acompanhar idosos ou pessoas doentes como terapia residencial, é vital que eles também sejam devidamente desparasitados.
  • Uma pessoa doente em casa. Se você precisar cuidar de alguém doente em casa, esse é outro motivo. Uma pessoa doente geralmente tem as defesas baixas e pode ser infectada por qualquer anormalidade ao seu redor.
  • Fêmeas prestes a dar à luz. Nesse caso, os cães deverão ser vermifugados durante o cio e 15 dias antes do parto, para não transmitir nenhuma doença aos filhotes.

Pense que, além da desparasitação interna, você também precisará usar a externa para evitar pulgas, carrapatos e outros parasitas.

Vacinação

  • Seis semanas: primeira vacina.
  • Oito semanas: polivalente.
  • Doze semanas: polivalente.
  • Dezesseis semanas: raiva.
  • Todo ano: polivalente e raiva.

Se você considerar esse calendário de desparasitação e vacinação, certamente terá um cão saudável e feliz.