Os camaleões bebem água?

Os camaleões são seres fascinantes e enigmáticos na mesma medida. Muitos de seus hábitos alimentares são desconhecidos: você quer saber como eles bebem água (se é que bebem)?
Os camaleões bebem água?

Última atualização: 30 outubro, 2021

Os camaleões são répteis fascinantes. Sua mudança de cor, seus movimentos lentos e sua língua pegajosa atraem a atenção de todos os entusiastas do mundo da terrariofilia, por isso eles são cada vez mais comuns nos lares. De qualquer forma, esses belos animais exigem cuidados bastante específicos: você sabe se os camaleões bebem água?

Essa pergunta pode parecer anedótica, mas a realidade é que a desidratação é um motivo muito comum para visitar a clínica veterinária nesses répteis. Continue lendo se você quiser saber mais sobre os hábitos nutricionais dos camaleões (incluindo se e como bebem água).

O que são os camaleões?

Antes de explorar o tema da hidratação nesses animais, é necessário contextualizá-los um pouco em termos zoológicos. Os camaleões são répteis que pertencem à família Chamaeleonidae, por sua vez estão incluídos na ordem Squamata e na classe Reptilia. Até o momento, foram descritas cerca de 200 espécies pertencentes a esse táxon específico.

Os camaleões se adaptaram à vida nas árvores e à caça guiada por um sistema visual. Por esse motivo, eles são famosos por suas garras estranhas, suas caudas preênseis (que são úteis para mantê-los ancorados em um galho) e sua visão sofisticada. Esses animais possuem o aparato visual mais avançado do grupo dos répteis e possuem um arco de visão de 360°.

Os camaleões estão se tornando cada vez mais comuns no campo da terrariofilia, mas, infelizmente, várias espécies ainda estão sendo removidas de seu ambiente natural para a comercialização. Os exemplares mais criados em cativeiro pertencem às espécies Chamaeleo calyptratus e Furcifer pardalis (camaleão-pantera).

Essas 2 espécies são as mais comuns em lojas especializadas, mas existem muitas outras. Seus requisitos variam de acordo com o próprio espécime e sua taxonomia, mas em geral são considerados répteis de cuidados complexos não recomendados para tutores iniciantes.

A remoção legal de animais de seus ecossistemas para a venda continua sendo um problema. Se você quiser ter um camaleão, procure apenas espécies criadas em cativeiro.

O comportamento do camaleão é muito curioso.
Um espécime da espécie Chamaeleo calyptratus.

Os camaleões bebem água?

Até hoje, mantém-se a crença de que sem água não há vida. Alguns animais podem prescindir do ato mecânico de hidratação (como é o caso de certas espécies de vertebrados do deserto), mas precisam obter essa água de seus alimentos. Os poucos seres vivos que não ingerem água bebendo obtêm recursos hídricos mastigando folhas, plantas ou insetos.

Os camaleões bebem água? A resposta é afirmativa, mas um pouco mais complexa do que pode parecer à primeira vista. Por exemplo, se você colocar uma tigela de água para um desses répteis, nunca o verá se aproximando para se hidratar. Por viverem em árvores em seu ambiente natural, eles não têm o instinto de descer ao solo para beber água de uma poça ou de um rio.

Na natureza, os camaleões aproveitam para se hidratar com as gotas de orvalho e da chuva que se formam todas as manhãs e noites na superfície das folhas. Dependendo da espécie, eles podem passar mais ou menos tempo sem se hidratar dessa forma, mas o fazem com mais frequência do que a maioria das pessoas pensa.

Os camaleões bebem as gotas de água que se condensam no ambiente.

Como dar água a um camaleão?

A melhor forma de hidratar o seu camaleão é manter a umidade relativa do seu terrário de acordo com as suas necessidades. Por exemplo, a espécie Furcifer pardalis requer uma umidade ambiente de 60-90% dependendo da época do ano, enquanto C. calyptratus precisa de um valor entre 50 e 80%.

Para atingir esses altos valores de umidade, é melhor ter um sistema de chuva programado que dispense água na forma de pequenas partículas a cada poucas horas no telhado do terrário de malha. Assim, o animal poderá aproveitar esse momento para beber. Se você tem uma vegetação natural que conserva um pouco mais essa umidade, melhor ainda.

A necessidade de umidade relativa elevada é regra básica em muitas espécies de camaleões, pois eles são oriundos de ecossistemas com climas tropicais e muita vegetação. Se não tiverem gotículas para consumir em seu ambiente, ficarão desidratados rapidamente.

Por outro lado, também existem bebedouros específicos para camaleões. Geralmente, consistem em uma fonte que libera gotas de forma lenta, mas contínua. Esse mecanismo imita a queda do orvalho dos galhos, de modo que os répteis geralmente o aceitam sem muita dificuldade.

Se você tem um vínculo de confiança com seu camaleão, pode oferecer água perto de sua boca com uma seringa. Se ele mostrar a língua um pouco, tente dispensar algumas gotas lenta e deliberadamente até que ele esteja satisfeito.

O camaleão bebe água da torneira?

Em geral, os répteis aceitam água para consumo humano sem nenhum problema. No entanto, existem regiões onde esse líquido é tratado com muito cloro ou contém muitos minerais e produtos químicos. Nesses casos, é aconselhável nunca oferecer água diretamente da torneira ao animal.

A opção mais segura (e mais barata) é colocar a água da torneira em uma tigela e deixar descansar por 24 horas. Assim, os compostos químicos nocivos evaporam e o líquido torna-se mais seguro para o consumo. Se quiser prevenir ainda mais, existem produtos específicos para répteis que são vendidos em lojas especializadas.

Uma das espécies de camaleões.

O melhor tratamento para a desidratação é a prevenção

Os camaleões são propensos à desidratação, especialmente se seu ambiente for mais seco do que o exigido pela espécie em questão. Um réptil com falta de água exibirá olhos fundos, não caçará, se moverá muito pouco e apresentará uma cor muito opaca. É muito difícil tratar esse quadro uma vez que esteja estabelecido no camaleão.

Para evitar isso, ofereça ao animal água com seringa ou dispensador pelo menos uma vez por semana. Além disso, você deve manter a umidade relativa elevada, adicionar plantas no terrário e incluir um sistema pluviométrico automatizado. Manter um desses répteis é um grande sacrifício, mas sempre vale a pena.

Pode interessar a você...
Como é a camuflagem do camaleão?
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Como é a camuflagem do camaleão?

Este réptil imita o ambiente não apenas para enganar seus predadores, mas também para pegar suas presas de surpresa. Entenda a camuflagem do camale...