Câncer de próstata em cães idosos

· abril 15, 2018

Em cães de idade avançada, o diagnóstico precoce é fundamental para enfrentar o câncer de próstata. A castração é a melhor forma de prevenção, pois os hormônios masculinos induzem a maioria das doenças na próstata.

A próstata em animais idosos

Em 80% dos cães com mais de dez anos o tamanho da próstata se encontra acima do normal. Além disso, é altamente provável que os animais não apresentem sintomas específicos.

A próstata é a glândula unida à bexiga e à uretra que segrega um líquido branco e viscoso, cuja função é estimular o movimento dos espermatozoides. Em determinada idade, ela pode começar a apresentar certas doenças, sendo o câncer de próstata em cães idosos uma delas.

Uma das doenças mais frequentes é a infecção bacteriana da próstata. O aumento do tumor da glândula (ou hiperplasia) tem relação direta com os hormônios. Aparece repentinamente, mas se mantém de maneira crônica. Neste caso, as expectativas de cura são elevadas.

Os tumores de próstata ou cistos com acúmulo de líquidos são menos frequentes, porém, geralmente malignos. Eles se tratam de acúmulos de líquidos que podem alcançar grandes dimensões.

Embora os sintomas possam se apresentar de maneira distinta entre cães, a atenção dos donos sempre se faz indispensável para detectar o tumor a tempo. Assim, o animal terá mais chances de sobreviver.

Câncer de próstata em cães idosos

Os sintomas

Há distintos sintomas que não devem ser ignorados no momento de prevenir o câncer de próstata em cães idosos.

  • Sangue na urina ou secretado pelo pênis, dificuldade ao urinar e incontinência urinária são sintomas que precisam de atenção.
  • Constipação, mudanças nas fezes e dor ao defecar têm sua origem na pressão que a próstata faz sobre o intestino.
  • Se  seu cão está mancando ou apresenta uma maneira rígida de caminhar, esses são sinais que evidenciam problemas na próstata. Originam-se da pressão da glândula sobre os nervos posteriores à zona prostática, apesar de serem menos habituais.
  • A febre, dores generalizadas, depressão, falta de apetite, perda de peso e vômitos são os sinais mais comuns que indicam que há um problema. De fato, esses sintomas ocorrem em mais de 50% dos casos de câncer de próstata em cães.

Assim, um diagnóstico precoce e um tratamento adequado possibilitam, na maioria dos casos, um satisfatório controle desta doença cruel, que acomete muitos animais e humanos.

Tratamento do câncer de próstata em cães

  • A ultrassom é o método mais efetivo para detectar o câncer de próstata em cães idosos. Em seguida, o tratamento deve iniciar o mais rápido possível.
  • Através de medicamentos ou cirurgia. As formas de combater ou prevenir o câncer de próstata são diversas e dependerão do tipo de patologias, do grau de infecção e da idade do cão.
  • Os antibióticos são efetivos no caso da prostatite infecciosa. Porém, o tratamento precisa ser muito específico e prolongado, pois estes medicamentos chegam com dificuldade à zona prostática.
  • A produção de hormônios masculinos é a causa das doenças na próstata de cães idosos e seu combate é feito com a produção de outros hormônios.
  • Se o tratamento for cirúrgico, as opções se reduzem a duas: castração ou esterilização. São os tratamentos mais frequentes e mais efetivos, já que inibem a produção de hormônios. Além disso, a retirada dos testículos é uma operação cirúrgica comum e rotineira, com baixos índices de mortalidade e complicações associadas.
  • Outra alternativa de tratamento é drenar os cistos para esvaziá-los e impedir que se multipliquem.
  • No caso de tumores, recomenda-se a cirurgia de próstata. No entanto, leve em conta que a operação não é simples e pode ter efeitos secundários, como a incontinência urinária.
Cachorro esperando dona conversar

Dicas para prevenir o câncer de próstata

É recomendável ir periodicamente ao veterinário para identificar cedo possíveis tumores. Porém, se você identificar sintomas que o fazem suspeitar da presença de um câncer de próstata, leve o cão imediatamente ao especialista.

Portanto, as revisões permanentes da próstata a partir dos sete anos de idade garantirão uma maior tranquilidade. Se o cão for diagnosticado com um câncer de próstata ou adenocarcinoma, é indispensável executar o tratamento. Devemos evitar que a condição piore e buscar a recuperação do cão, para que ele possa ter uma melhor qualidade de vida.