Cão andaluz: tudo sobre essa raça

O cão andaluz tem uma origem ancestral e hoje ainda tem preservadas as suas excelentes aptidões de caça. Saiba mais sobre seu caráter e cuidado.
Cão andaluz: tudo sobre essa raça

Última atualização: 05 março, 2022

O cão andaluz é um cão que se distingue pela sua figura: elegante e orgulhoso em igual medida. No entanto, e apesar das coincidências, não deve ser confundido com outros cães como o espanhol ou o ibérico.

Aliás, nas linhas a seguir vamos contar um pouco mais sobre a origem dessa raça, suas características, seu temperamento, seus cuidados e outros detalhes que a tornam única. Você tem interesse em saber mais? Continue lendo.

Características do cão andaluz

De acordo com a Sociedade Canina da Costa del Sol, os ancestrais do cão andaluz vêm do Antigo Egito e foram introduzidos na Península Ibérica há mais de 3 mil anos por mercadores fenícios. Sua linhagem é muito antiga.

Apesar de compartilhar a mesma origem com outros cães, cada variedade possui características próprias, devido às mudanças evolutivas e ao manejo dos criadores. Embora seja uma raça antiga, não foi reconhecida até 1992 pela Royal Canine Society of Spain (RSCE). No entanto, a Federation Cynologique Internationale (FCI) não a aceitou até agora.

Um cão andaluz sobre um fundo azul.

Corpo e cabeça

O cão andaluz tem um corpo muito esguio e elegante e um dorso curto e largo, bem como uma musculatura muito marcada e bem desenvolvida. De acordo com a norma RSCE, possui cernelha pouco proeminente com ampla inserção no pescoço, enquanto sua cauda é baixa, arqueada e de espessura média.

A cabeça, por sua vez, é alongada e quadrada, cujo focinho é ligeiramente subconvexo, reto e com nariz redondo cor de mel. Os olhos são pequenos, redondos e de tom mel ou avelã, e as orelhas são triangulares, de inserção média e com final pontiagudo.

Pelagem e cor

O cão andaluz apresenta-se em três variedades em relação à pelagem: pelo liso ou curto (duro ao toque e sedimentado), pelos duros e pelos compridos sedosos.

As duas últimas variedades possuem uma pelagem abundante na maior parte do corpo, exceto na cabeça e nas extremidades, onde é ligeiramente mais curta. Quanto à cor, verificamos que o cão andaluz é canela (em tom claro ou ígneo) ou branco (marfim, mate ou prata). Outras cores não são aceitas pelo padrão RSCE.

Tamanho e peso

Existem três tamanhos diferentes para o cão andaluz. Confira na seguinte lista:

  1. Tamanho grande: os cães andaluzes grandes pesam entre 6 e 27 quilos. As fêmeas têm entre 53 e 61 centímetros de altura e os machos entre 54 e 64 centímetros.
  2. Médio: esses espécimes têm um peso que varia entre 6 e 16 quilos, e uma altura para fêmeas de 42 a 52 centímetros e para machos de 43 a 53 centímetros.
  3. Tamanho pequeno: são cães com peso entre 3 e 8 quilos e altura que varia entre 32 e 41 centímetros para as fêmeas e 42 e 45 centímetros para os machos.

Caráter do cão andaluz

Essa raça distingue-se por ser sociável e inteligente, além de carinhosa e muito equilibrada. Por ter sido um cão de caça, o cão andaluz está sempre alerta e pronto para reagir conforme as instruções de seu tutor.

É preciso dizer que esses cães são muito fieis e leais à família. Por isso mesmo, desconfiam na presença de estranhos, embora não sejam agressivos se não houver sinais claros de ataque.

Adestramento

Quando são filhotes, os cães andaluzes precisam de um bom processo de socialização com a sua matilha, incluindo a mãe e os irmãos. Recomenda-se que esse período seja estendido por cerca de dois meses e meio para evitar que o adulto seja inseguro ou tenha medo.

Passado esse período, o tutor deve ensinar o animal a seguir regras básicas no que se refere ao controle dos esfíncteres e ao respeito aos objetos domésticos, entre outras coisas. Por outro lado, é necessário estabelecer dias de treino e de brincadeira de forma a concentrar a energia do cão no exterior e promover um estado de calma dentro de casa.

Cuidados e condições de saúde do cão andaluz

O cão andaluz exige os cuidados básicos que se deve ter com qualquer animal de estimação: comida de qualidade, passeios, um espaço confortável e muito amor por parte do tutor. Além disso, eles devem receber atenção especial de acordo com o tipo de pelagem, como escovação e banho. Seus pelos mortos precisam ser removidos uma vez por semana, enquanto os banhos podem ser espaçados a cada um ou dois meses.

Por ser uma raça caçadora e inteligente, deve ser estimulada com brinquedos olfativos e interativos. A isso se acrescenta que são cães muito sociáveis, por isso o tutor deve garantir que o peludo não passe mais de 6 a 8 horas sozinho.

Em relação às condições de saúde, constatamos que o cão andaluz é muito saudável. A raça não relata doenças congênitas e não é suscetível a desenvolver problemas de risco de vida. Requer apenas os cuidados do seu tutor e que ele seja responsável por seguir o calendário de vacinação e desparasitação.

Em todo caso, se o canídeo em questão realizar atividades de caça, pode sofrer luxações do joelho ou cotovelo, distensões e desgaste articular. Os exames regulares podem prevenir essas condições.

Um cão andaluz.

Você sabia tudo isso sobre o cão andaluz?

O cão andaluz é um cão lindo, muito leal e ativo. Sem dúvida, vale a pena adotar um desses exemplares e dar carinho que ele sabe retribuir muito bem. Conte para a gente, você conhecia essa raça e as características que compartilhamos aqui?

Pode interessar a você...
Aïdi ou Cão das Montanhas Atlas: tudo sobre essa raça
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Aïdi ou Cão das Montanhas Atlas: tudo sobre essa raça

O Aïdi, ou Cão das Montanhas do Atlas, é um molosso escolhido para atuar como pastor e guardião: ele é leal, afetuoso e sempre vigilante.



  • RSCE. (Marzo 1992). Podenco Andaluz. Real Sociedad Canina de España. 2019.
  • SCCS. Podenco Andaluz. Sociedad Canina Costa del Sol. 2019