Cavalier King Charles: saiba tudo sobre esta raça

· março 14, 2018

De pequeno porte, elegante e querido pela realeza, o Cavalier King Charles é um cão muito alegre e ativo. É famoso, já por séculos, devido ao seu companheirismo. Quer saber tudo sobre esta raça? Então continue lendo o artigo a seguir.

Origens e características do Cavalier King Charles

Os primeiros exemplares desta raça surgiram na Inglaterra, no século 16, como cães de “águas” (por viverem em zonas pantanosas). Logo se tornaram populares entre a nobreza do país, devido a sua beleza. Também por seu pequeno tamanho e facilidade de ser transportado nas carruagens da época; tudo isso o tornou uma das raças preferidas dos reis e suas famílias. Inclusive, eles eram escolhidos pelas Damas da Alta Sociedade para proporcionar calor nas saias durante o inverno.

O Rei Charles I teve um Cavalier como animal de estimação enquanto vivia no castelo de Carisbrooke. Mas o monarca com o qual mais se relaciona a raça é com o sucessor deste, o rei Charles II. Na Corte, dizia-se que nunca se separava deles e que, inclusive, fez um decreto para que qualquer pessoa que tivesse um Spaniel deste tipo fosse aceita em todos os lugares públicos.

No Reinado de Guillermo III e Maria II, o cão de água saiu um pouco da moda e foi substituído pelo Pug. Um cruzamento entre os dois animais teve como resultado o moderno Cavalier King Charles, como o conhecemos agora. Em comparação com o “original”, seu focinho é mais curto, a frente mais proeminente, os olhos maiores e a personalidade menos “aristocrática”.

Cavalier King Charles

Fonte: Mapovfille

No século 18, John Churchill (Duque de Marlborough) teve como fiel amigo um Cavalier de cor vermelha e branca que o ajudava na caça e se chamava Blenheim. Nessa época, muitos acreditavam que o nome da raça era escolhido por causa deste membro da realeza.

No século 20, tentou-se recriar o Cavalier King Charles “original” através de um cruzamento com o Toy Spaniel Trawler (já extinto). Atualmente é o sexto cão mais popular do Reino Unido.

Quanto ao seu aspecto, o Cavalier King Charles pode medir até 36 cm em cruz e pesar 9 kg. As cores do manto são vermelho e branco, preto e fogo, preto, fogo e branco ou vermelho.

Temperamento

Estes cães se dão muito bem com as crianças. De fato, são perfeitos animais de companhia, seja em uma casa ou em um apartamento. Fica feliz rodeado por seus donos e adora sair para passear. É uma raça tranquila e não tem problemas com outros cães.

Não é muito independente e prefere confiar no líder. É recomendável que viva dentro da residência e não em uma casinha ao ar livre. Ainda que possa chegar a latir quando detecta alguém estranho, não é um cão de guarda.

Cavalier King Charles

Fonte: tanakawho from Tóquio

O Cavalier King Charles é muito doce e se move rapidamente. Tem um grande instinto por perseguir tudo aquilo que se move (desde um inseto até um carro). Aconselha-se levá-los para passear sempre com a correia. Carinhoso, nobre, amistoso e disposto a agradar a todo mundo, o Cavalier é um cão muito inteligente e obediente.

Saúde e cuidados 

O principal problema da raça é o prolapso de válvula mitral com sopro cardíaco que vai piorando lentamente, derivando em uma insuficiência cardíaca. Trata-se de uma condição genética e é a principal causa de morte dos animais dessa raça.

Isso pode se manifestar a partir dos 5 anos de idade. Os veterinários desenvolveram um guia para os donos, para ajudar a fazer com que o animal viva melhor e por mais tempo.

Em menor medida, esta raça pode sofrer siringomielia (cisto na medula espinal), displasia de quadril, luxação de rótula, cataratas e displasia de retina.

Por último, se recomenda manter uma rotina de escovação do pelo do Cavalier King Charles. Lembre-se de que, por ter uma pelagem longa, ela embaraça facilmente. Além disso, quando sair à rua, ele pode retornar para casa com objetos colados nos pelos das suas patas, na cauda ou nas orelhas.

Fonte das imagens: David Shankbone, Mapovfille e tanakawho from Tóquio.