A cinomose em furões: causas, sintomas e tratamento

· agosto 1, 2018
É uma doença transmitida pelo ar ou pelo contato físico com outros animais. Se você não agir a tempo, a taxa de mortalidade é de 99%.

Os furões tornaram-se moda como animais de estimação nos últimos anos. Como cuidar deles e tratá-los é algo que ainda não foi muito difundido. Então, achamos que você precisa de algumas dicas, se decidiu ter um desses animais. Hoje falaremos da cinomose em furões. Você não sabia que essa doença também pode aparecer neles? Sim, e vamos contar tudo sobre isso.

O que é a cinomose em furões

A cinomose sempre foi uma doença conhecida por atacar os cães, e agora os furões. Consiste em uma anomalia causada por um vírus que pode ser transmitido por via aérea ou por contato com animais doentes.

Infelizmente, existem muitos furões que morrem devido a cinomose. Portanto, você desempenha um papel fundamental se não quer que isso aconteça com o seu. O principal a fazer, a princípio, é estar bem informado.

As causas da cinomose em furões

É um vírus da família Paramyxoviridae e a principal forma de contágio é entrar em contato com um animal infectadoPode ser outro furão, um cão ou qualquer outro animal selvagem que tenha a doença.

cinomose em furões

O contato com fezes ou secreções de um animal doente pode ser outra causa da cinomose em furões. De fato, até mesmo um objeto que um cão infectado usou e que seu furão tenha tido contato depois, fará seu animal ficar doente se não passarem muitas horas entre um contato e outro. Isso ocorre porque o vírus da cinomose pode sobreviver por horas do lado de fora do organismo, neste caso, em um objeto que poderia muito bem ser um brinquedo.

Até mesmo você pode, inadvertidamente, infectar seu furãoSe você visitar um animal doente com este vírus e não se desinfectar bem antes de entrar na casa, poderá transportar este organismo em suas roupas, suas mãos ou em seus sapatos.

Sintomas de cinomose em furões

Agora, como você poderia saber se o seu furão tem essa doençaExistem alguns sintomas facilmente reconhecíveis que você deve ser capaz de identificar, para agir o mais rápido possível. Isso é essencial, porque a taxa de mortalidade de furões por causa da cinomose é de 99%, e muitas dessas mortes acontecem porque não agimos a tempo.

A primeira coisa a saber é que a cinomose em furões tem um período de incubação de dez dias. Portanto, quando você começar a tomar as medidas, o animal já estará com a doença.

A urgência é vital se você quiser salvar a vida de seu pet.

Você deve observar seu furão com atenção e agir rapidamente, indo ao veterinário antes de qualquer um dos seguintes sinais:

  • Secreção nasal ou ocular
  • Infecção ocular
  • Apatia
  • Letargia
  • Perda de apetite
  • Depressão
  • Diarreia
  • Desidratação
  • Sensibilidade à luz
  • Febre
  • Descamação da pele

Estes são os mais comuns, embora se você perceber qualquer outra alteração que não esteja listada aqui, você deverá ir com urgência ao veterinário. Os furões são muito sensíveis às doenças, por isso, para salvar suas vidas, é vital agir rapidamente.

Furão e veterinário

O tratamento para a cinomose em furões

Não há tratamento explícito para a cinomose em furões, mas existe um tratamento para cada um dos sintomas. 

É por isso que, na presença de qualquer um deles, você deverá ir ao veterinário.

Este tratamento será baseado em hidratar bem o animal e aplicar principalmente drogas intravenosas e outros fluidos que fortaleçam seu sistema imunológico.

A prevenção será o melhor de seus pontos fortes, mas tenha cuidado com o contato que você tem com animais possivelmente infectados e, especialmente, mantenha as vacinas de seu animal em dia, especialmente a da cinomose.

Esperamos ter dado a você todas as informações necessárias para evitar que seu furão contraia esta doença quase mortal. Se você agir a tempo, seu animal de estimação pode ser um desses 0,1% que são salvos.