Cockapoo: cuidado e características

O cockapoo é resultado do cruzamento entre um poodle e um cocker spaniel americano, já que se for usado um cocker spaniel inglês, outra raça híbrida (chamada spoodle) é produzida.
Cockapoo: cuidado e características

Última atualização: 07 fevereiro, 2022

As atuais raças de cães são o produto de um processo seletivo de criação. Isso significa que os humanos intervêm em sua reprodução para encorajar a manutenção de certas características marcantes. Atualmente, essa técnica ainda é usada para gerar novos tipos, como os híbridos, que são o resultado do cruzamento de duas raças puras.

O cockapoo é reconhecido como uma das primeiras raças híbridas, também conhecido coloquialmente como cães de design. É o produto do cruzamento entre um cocker spaniel e um poodle, então o resultado é um cão lindo, inteligente e muito carinhoso. Continue a leitura para aprender mais sobre essa raça.

O híbrido entre um cocker spaniel e um poodle

Os cães de design são o resultado de vários “experimentos” que procuram combinar as características de duas raças. Isso geralmente é feito para melhorar certos aspectos, como comportamento, saúde ou estética. No entanto, para conseguir isso, deve-se usar raças estabelecidas (puras) cujas características não mudam muito, caso contrário, seria impossível prever os resultados.

O cockapoo nasceu com o objetivo de manter a aparência elegante e adorável do poodle, mas sem perder o temperamento doce e enérgico do cocker spaniel. Essa combinação não só fascina por suas características, mas supera a fama de seus pais por ter o melhor de ambas. No entanto, o único problema é que as características dos espécimes podem mudar inclusive em uma mesma ninhada (irmãos).

Um cockapoo na grama.

Origem do cockapoo

Essa raça é popular desde 1960, quando os primeiros híbridos foram criados quase que por acidente. O resultado desse descuido fez com que os criadores percebessem seu potencial, então a produção desse novo tipo de cão foi continuada.

O cockapoo não é reconhecido como uma raça oficial por instituições que definem padrões caninos, como o Kennel Club. Isso porque se trata da hibridização de dois tipos diferentes de cães, que seriam definidos como “impuros” por essas associações. A única coisa que afeta isso é que os responsáveis não obterão certificados de origem ou pedigree que atestem sua “pureza” ao adquirir um exemplar.

Características da raça

Essa raça de design pode ter pelo menos 3 tamanhos diferentes: toy, miniatura e padrão. O tamanho depende muito dos pais que forem escolhidos, mas especificamente do tipo de poodle selecionado. Por esse motivo, o cockapoo pode ter entre 20 e 40 centímetros de altura.

A pelagem desse cão mantém certas semelhanças com a dos pais, já que costuma ser ondulada e um pouco fofa. A sua cor é variável e pode ser observada com qualquer um dos padrões conhecidos para o cocker spaniel ou o poodle. Além disso, é considerado hipoalergênico porque não solta pelo com facilmente.

Personalidade

Algo que se destaca nesse pet é a sua incrível personalidade, já que é carinhoso, inteligente, brincalhão, atencioso e obediente. Em alguns casos, ele pode se tornar muito ativo, embora isso geralmente seja controlado com algumas caminhadas extras ou brincadeiras com os tutores. O cockapoo talvez seja um dos bichinhos mais fofos e incríveis, desde que tenha uma boa qualidade de vida.

Um dos problemas mais importantes dessa raça híbrida é sua tendência a sofrer de ansiedade de separação. Seu enorme afeto por seus tutores faz com que ele não suporte a solidão. Por isso, é melhor evitar ficar muito tempo separado dele, caso contrário o animal começará a apresentar problemas de comportamento.

Cuidado principal

A maioria dos exemplares dessa raça são pouco enérgicos. Por isso, basta dedicar cerca de 15 minutos por dia para passear ou fazer exercícios com eles. Na verdade, você pode aproveitar esse tempo para começar sua educação. Lembre-se de que um dos melhores métodos de treinamento é o reforço positivo, mas não hesite em procurar ajuda a um profissional se não souber como fazer isso.

O tamanho do cockapoo significa que esse cão pode viver bem em espaços pequenos, como apartamentos. Por esse motivo é uma ótima opção para pessoas que não possuem uma casa tão grande. É claro que em hipótese alguma o animal deve morar em varandas, telhados ou em qualquer área externa, pois isso é perigoso e o fará se sentir isolado de sua família.

Esse cão não tem uma pelagem muito crespa ou difícil de tratar como o poodle, o que facilita o seu cuidado e manutenção. Ainda assim, é uma boa ideia escovar seus pelos diariamente para ter mais interação com seu animal de estimação. Lembre-se de que se trata de uma raça amorosa que gostará de qualquer mimo ou carinho extra.

Doenças comuns

Embora as raças híbridas tenham uma saúde melhor do que seus pais “puros”, elas ainda são suscetíveis a certas condições. Nem todos os exemplares irão apresentá-las, mas é sempre bom estar atento aos sinais de alerta. A lista a seguir contém algumas das doenças mais importantes do cockapoo:

  • Luxação da patela: é o deslizamento de um pequeno osso que estabiliza a articulação do joelho (patela). Isso pode variar desde uma dor leve até a incapacidade de se mover.
  • Displasia do quadril: é uma doença congênita que causa problemas na união entre o fêmur e o quadril, que podem ser agravados e causar paralisia das patas traseiras.
  • Catarata: refere-se à perda de transparência do cristalino, o que atrapalha a visão. Manifesta-se como nuvens brancas no olho que se alargam e acabam obstruindo completamente a visão.
  • Alergias: representam uma reação excessiva do sistema imunológico a várias substâncias ambientais (alérgenos). Os principais sintomas são inflamação, irritação e coceira, embora isso dependa de cada caso.
  • Doenças hepáticas: o fígado é um órgão fundamental do corpo, pois é responsável por “limpar” o sangue de todos os resíduos metabólicos. Qualquer doença que afete sua função pode causar sintomas graves e até fatais. O cocker spaniel tem uma ligeira tendência a sofrer desses problemas, então o cockapoo também é suscetível.
  • Otite: a otite é uma infecção na pele da orelha do cão, que pode ser causada por vários fatores. Os cockers tendem a ter esses problemas devido às orelhas caídas.
O rosto de um cockapoo.

Como você pode ver, o cockapoo é uma raça magnífica que pode ser um excelente animal de estimação para a família. Porém, ele precisa dos devidos cuidados para que você e ele aproveitem a convivência. Não se esqueça de que adquirir um cão é uma grande responsabilidade, pois o animal dependerá de você ao longo da sua vida. Cuide bem dele e tenha a certeza de que será recompensado com muito amor.

Pode interessar a você...
Quais são as raças de cães mais enérgicas
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Quais são as raças de cães mais enérgicas

As pessoas ativas, que querem até fazer exercícios com seu animal de estimação, terão que optar pelas raças de cães mais enérgicas.



  • Foley, M. D. (2012). Cockapoo. Fox Chapel Publishing.
  • Merizalde Londoño, J. S. (2017). Prevalencia de la displasia de cadera, en individuos registrados en la Asociación Club Canino Colombiano, entre 1990 y 2014. (Tesis de grado, Universidad La Salle)
  • Zambrano Ronderos, M. A. (2019). Relación entre diversas variables anamnésicas clínicas y evolutivas en 25 casos de otitis externa en animales de compañía de Bogotá. (Tesis de grado, Universidad de Ciencias Aplicadas y Ambientales de Bogotá)
  • Nicholas, F. W., Arnott, E. R., & McGreevy, P. D. (2016). Hybrid vigour in dogs?. The Veterinary Journal, 214, 77-83.