Como ensinar truques a um rato de estimação?

julho 14, 2019
Você quer ensinar truques para o seu rato de estimação e se divertir com ele, ao mesmo tempo em que fortalece os laços entre vocês? Vamos ensinar como fazer isso da melhor forma possível.

Os ratos são animais muito inteligentes. Eles são curiosos, asseados, e gostam de brincar com os seres humanos. Então, se você quiser ensinar truques para o seu rato de estimação, a seguir vamos explicar por onde começar.

Conselhos para ensinar truques a um rato de estimação

Os ratos são animais brincalhões que gostam de interagir conosco. Uma das brincadeiras com as quais tanto humanos quanto ratos podem se divertir é a de aprender sequências de comandos. 

Assim, fortalecemos os nossos laços ao mesmo tempo em que aprendemos, e também recebemos uma recompensa quando o esforço dá resultados.

Existem diversos truques que você pode ensinar para o seu rato de estimação. Os mais simples são chamá-lo pelo nome ou dar uma ordem para ficar em pé, embora você também possa avançar para outros mais elaborados, tais como percorrer labirintos ou circuitos de habilidade.

Os limites serão decididos por você, pelo seu rato e pelo tempo que você quiser dedicar ao treinamento.

1. Decida o que você quer ensinar

Antes de começar a ensinar truques para o seu rato de estimação, você deve decidir quais deles quer ensinar. Você deve ter certeza a respeito de quais ações você quer que o animal execute, bem como as palavras que você usará para dar a ordem.

Quando você começar a ensinar os truques, tente ser o mais consistente possível: use sempre a mesma ação e sempre a mesma palavra. Desta forma, você evitará confusões para o animal e comunicará sem problemas o que deseja dele.

Se você mudar de palavra ou de ação, ele não saberá exatamente o que tem que fazer e, assim, não poderá aprender.

Decida o que você quer ensinar para o seu rato de estimação

2. Divida em passos menores

Quase todos os truques são divididos em diferentes ações ou movimentos: certamente, para superar um circuito, é necessário primeiramente aprender a superar os obstáculos um por um.

No entanto, isso também é necessário para as ordens mais simples; para sair rolando, por exemplo, ele deve primeiramente aprender a se deitar e a girar.

Assim, divida o truque que você quer ensinar em passos menores. Ensine cada passo separadamente e de forma progressiva, pois isso tornará o aprendizado muito mais fácil.

3. Comece pelo mais difícil ou pelo final

Embora pareça contraditório, o aprendizado é acelerado quando você começa pelo passo mais difícil ou pelo último. O maior esforço é feito no início da sessão de treinamento e, como essa parte foi superada, o restante da sessão parece muito mais fácil do que realmente é.

Por exemplo, se você estiver ensinando a sair de um labirinto, comece pelo final e então vá adicionando corredores ou testes que devem ser superados para chegar ao fim. Como ele já sabe o restante do exercício, resolverá as partes novas mais facilmente.

4. Escolha bem as recompensas

Para motivar o seu rato de estimação e também para mostrar que ele está indo bem, acompanhe o seu progresso com prêmios. Porém, você deve escolher bem o que vai dar: as recompensas devem ser saborosas e, ao mesmo tempo, saudáveis.

Em uma sessão de treinamento produtiva, você deverá dar uma quantidade maior do que o habitual, mas tome cuidado para não deixá-lo empanturrado ou provocar uma indigestão.

Além dos snacks industrializados, os ratos também podem comer muitas outras coisas, tanto produtos vegetais quanto produtos de origem animal. Assim, conheça o seu rato para descobrir o que mais o motiva.

Escolha bem os prêmios para o seu rato de estimação

5. Reforce com algo a mais 

Você não deve recompensar seu rato apenas com comida. Há muitas outras coisas que podem ser um reforço positivo e que vão ajudá-lo a seguir em frente e aprender.

O tom de voz e os elogios são dois dos reforços positivos mais fortes que temos. Aproveite tudo que ele fizer corretamente para motivá-lo, diga como ele é esperto e como ele está indo bem. O tom de voz com o qual isso é dito é igualmente importante: coloque emoção e carinho na voz.

6. Não leve o animal à exaustão

Em uma sessão de treinamento, o reforço é tão importante quanto o descanso. Por isso, não fique ensinando truques para o seu rato de estimação até que ele fique cansado e confuso: parar na hora certa também faz parte do exercício. Se você continuar até a exaustão, ele começará a cometer erros e a se confundir.

Sem dúvida, os ratos são animais inteligentes, mas que têm dificuldade para manter o foco em uma única tarefa por um período longo de tempo. Por isso, faça sessões de treinamento curtas para que elas sejam mais eficazes; dez minutos por dia serão mais do que suficientes.

Os ratos aprendem rápido, por isso, com apenas alguns minutos, vocês vão progredir bastante. Então, deixe o restante para outro dia.

Os ratos são muito inteligentes e adoram aprender coisas novas. Portanto, aproveite esta capacidade para se divertir com o seu animal de estimação e fortalecer o seu relacionamento.