Como os peixes se reproduzem?

· maio 26, 2018

Cuidar de um gato ou de um cão é uma tarefa fácil, pois são mamíferos e bichos de estimação que quase todo mundo tem. No entanto, entender o funcionamento ou os cuidados que precisam ser dedicados a outros animais menos comuns pode acabar sendo mais complicado. Por exemplo, você já se perguntou como os peixes se reproduzem?

Sejam quais forem seus questionamentos ou sua curiosidade a respeito desse tema, você vai adorar ler este artigo.

Como se reproduzem os peixes

O milagre da vida que se dá através da reprodução é um processo fascinante que nos deixa cheios de admiração. Saber como funcionam os peixes se torna algo interessante, por eles serem diferentes das outras espécies, além da grande variedade de peixes que existe. Muitos acreditam que eles se reproduzem por meio de ovos, mas nem sempre é assim.

peixe no aquário

O que determina o processo de reprodução dos peixes? Então, vai depender do fato de serem ovíparos, vivíparos ou ovovíparos. Vamos ver como é o processo de acordo com cada classe:

  • Ovíparos. Nesse caso, os óvulos vão navegar pela água acompanhados do espermatozoide do macho. Alguns conseguem navegar, enquanto que outros acabam indo para o fundo do mar. No entanto, os peixes podem proteger os seus ovos para que o nascimento aconteça, guardando-os em sua boca ou protegendo-os em bolhas d’água.
  • Os vivíparos dão à luz a crias que foram formadas no interior do seu corpo.
  • Os ovovíparos têm o processo de fecundação no seu interior, como os vivíparos, mas, ao invés de dar à luz a crias, botam ovos. O peixe macho coloca os ovos em seu interior, e esses vão se desenvolver ali até estarem prontos para serem expulsos para o exterior. Algo curioso das fêmeas desse tipo de peixe é que mais tarde podem botar os ovos sem a ajuda do macho, pois guardam um pouco do esperma da primeira cópula.

Você sabia que existem peixes hermafroditas?

Explicar como se reproduzem os peixes hermafroditas é um processo interessante e agradável, já que os hermafroditas não têm sexo definido e podem se tornar fêmea ou macho de maneira aleatória, de acordo com a necessidade do acasalamento. Isso é chamado de hermafroditismo simultâneo.

No entanto, existe outro tipo de hermafroditismo em que os peixes são machos na primeira fase da vida, para, em seguida, se tornarem fêmeas. A isso dá-se o nome de hermafroditismo protândrico, ao passo que, no caso contrário, (primeiro, fêmea e, em seguida, macho) se denomina hermafroditismo protogênico.

Como se reproduzem os peixes: as migrações

As migrações durante a época de reprodução são comuns para muitos tipos de peixes. Eles fazem isso sozinhos ou em casais, e a distância percorrida varia conforme o tipo de peixe e a época do ano.

Fazem isso em busca do local de acasalamento que eles considerem seguro.

Como você vê, o processo de cópula, fecundação e reprodução dos peixes era para nós desconhecido, mas interessante, sem dúvida.

Como reproduzir peixes em um aquário

Se você gosta de peixes e agora ficou fascinado pelo processo reprodutivo deles, é provável que goste de saber se podem se reproduzir em um aquário que você tem ou que quiser colocar em casa. Neste artigo, vamos contar tudo o que você precisa.

peixe

  • Escolha bem os peixes. É melhor ter um grupo de peixes, ao invés de apenas um casal. Você deverá sim se certificar de que recorrem ao mesmo sistema reprodutivo, ou, pelo menos, que um dos casais siga esse sistema. No entanto, os peixes não são animais que vivem em casal, e será mais fácil que se reproduzam se houver várias opções a escolher.
  • Alimentação. Alguns peixes precisam adequar os seus hábitos antes do processo de reprodução, como, por exemplo, a alimentação. Converse com o seu veterinário para que ele explique como fazer isso.
  • Ecossistema. A temperatura e o pH do seu aquário são vitais para a sobrevivência dos peixes presentes nele e dos futuros que possam vir. Evite movimentos bruscos ao redor do aquário e as interferências do exterior. A tranquilidade é vital para o processo.

Isso é tudo o que sabemos sobre a forma como os peixes se reproduzem. Esperamos ter despertado sua curiosidade por esses animaizinhos que são mais do que adequados como bichos de estimação. Já está pensando em adotar um? Faça isso, você vai adorar!