Comportamento do Buldogue inglês: conheça aqui

· maio 26, 2018

Trata-se de uma raça muito curiosa, com boa personalidade, apegada a seu dono, protetor e, ao mesmo tempo, muito preguiçosa e pouco ativa. Conheça um pouco do comportamento do Buldogue inglês.

Quando decidimos ter um animal de estimação, é importante conhecer suas características. Com isso nos asseguramos de dar o que ele precisa enquanto sua personalidade se adaptará ao que queremos em um pet. Se queremos um amigo tranquilo e paciente, é bom conhecer bem as características e o comportamento do Buldogue inglês.

É um cão robusto, de tamanho mediano e com o rosto achatado. Este formato de seu rosto e seus lábios caídos dão-lhe esse aspecto que pode parecer durão ou triste. Nada mais longe da realidade, pois ele é um cão muito animado e amável.

O Buldogue inglês é uma das raças que possui grande presença na mídia. Celebridades como Brad Pitt, Ryan Gosling e Adele, e atletas como David Beckham e Michael Phelps, entre outros, expressaram sua preferência por esta raça.

Podemos lembrar a célebre imagem do primeiro ministro britânico, Winston Churchill, com um Buldogue, como símbolo de seu discurso sobre perseverança.

Como é o comportamento do Buldogue inglês?

Esses cães que possuem aparência de durões podem parecer agressivos, mas na verdade não são. Apesar de terem sido utilizados originalmente para brigas, esta raça em nossos dias é pacífica e tranquila. É dito que ela é uma das raças mais afáveis que existe, apesar de seu aspecto sério.

Comportamento do Buldogue inglês

São animais extremamente dóceis e, apesar de sua estrutura enganar, são cheios de vitalidade, pois sua atitude é muito brincalhona e de bom humor. Eles adoram brincar com bola e são cães muito determinados, valentes e voluntariosos.

O espaço necessário e a convivência

Se você mora em um lugar que não permite latidos de cães, o Buldogue inglês é uma raça ideal, pois late muito pouco. Embora, às vezes, os machos possam querer brigar com outros, em geral, é um animal com alto nível de tolerância. Portanto, ele convive bem com outros animais de estimação.

Por sua personalidade comunitária, é um cão que gosta de estar com pessoas e que se sente bem como parte da família. Por isso, não gosta de ficar só e pode quebrar coisas na casa para demonstrar seu desapontamento. Se você passa muito tempo do dia fora de casa e não tem ninguém para ficar com ele, é conveniente pensar em outra raça.

Outra característica do comportamento do Buldogue inglês é sua estabilidade psicológica, que o faz ser um animal ideal para estar com crianças. Além disso, é muito paciente e complacente, sendo um bom amigo dos pequenos e inquietos da casa.

Da mesma forma, é um animal inteligente que lembra bem o que aprende. Os cães desta raça respondem bem ao treinamento, apesar de serem bastante teimosos. Ou seja, quando o Buldogue inglês decidir que não quer fazer algo, ele não fará. Portanto, em seu treinamento, é preciso deixar claro quem é que manda.

O instinto protetor de uma raça valente

É um cão que protege seu dono. Embora não seja um cão de guarda nem agressivo, seu aspecto e forma de andar são suficientes para assustar qualquer intruso. E, apesar de não serem combativos, ao se sentirem ameaçados farão uso de sua força, que, a propósito, não é pouca.

Preguiça e exercício

A preguiça faz parte do comportamento do Buldogue inglês, já que ele dorme muitas horas por dia. Embora não seja muito fã de exercício físico, devemos incitá-lo a praticar atividades para que se mantenha em forma. Estes cães não gostam de correr, sempre preferindo passeios tranquilos. Eles também não gostam muito de calor. E tome cuidado nas ruas, pois se assustam com ruídos fortes.

Conheça o comportamento do Buldogue inglês

Há alguns detalhes no comportamento do Buldogue inglês que não estão no grupo das “boas maneiras”. Estes cães, apesar de não latirem muito, fazem outro tipo de ruído: passam a vida bufando, grunhindo e roncando. Geralmente também babam, sobretudo após comer ou beber.

Outra de suas “qualidades negativas” é o excesso de flatulências. Por conta de seu rosto curto, engolem muito ar ao comer, e esse ar precisa sair de alguma maneira. Com mudanças em sua alimentação, essa peculiaridade pode ser resolvida.

Se estas questões não o incomodam, o Buldogue inglês pode ser a raça adequada para você. Então, se procuramos um cão de companhia, de fácil convivência e que passe muito tempo roncando no sofá, podemos dizer que o Buldogue inglês é o ideal.