Você conhece animais que fazem sexo por prazer?

Os animais dos quais falaremos neste artigo não fazem sexo apenas por prazer, mas pelo bem-estar de seu grupo.
Você conhece animais que fazem sexo por prazer?

Última atualização: 13 agosto, 2023

Hoje você terá uma grande surpresa ao conhecer as duas espécies de animais que fazem sexo por prazer. O reino animal, embora tenha sido amplamente estudado, nunca deixa de nos surpreender. Ao longo da história, os seres humanos desenvolveram a ideia de que somos a única espécie que gosta de sexo para um propósito além da procriação.

No século XX, havia uma concepção de que os animais só faziam sexo para procriar. Mas nada mais errado do que isso, pois o comportamento de algumas espécies tem mostrado que esse não é seu único propósito.

Está cientificamente provado que as espécies que apresentam práticas sexuais para outros fins que não a procriação têm um cérebro mais desenvolvido do que a maioria das outras do seu reino. Neste caso, nos referiremos aos bonobos e golfinhos. Continue lendo para saber todos os detalhes!

Bonobos: eles não fazem sexo apenas por prazer, também o fazem pela paz

Monogamia no reino animal.
Os bonobos são um dos animais que fazem sexo por prazer e para cuidar das relações entre o rebanho.

Em questões sexuais, os bonobos fazem parte das mais de 1.500 espécies que têm relações homossexuais. Ou seja, é uma espécie que não faz distinção entre machos ou fêmeas. Nesse grupo de primatas fisicamente idênticos aos chimpanzés, as fêmeas esfregam seus órgãos genitais umas nas outras, assim como usam pedras, paus e outros objetos para gerar prazer entre elas.

Por sua vez, os machos esfregam seus pênis cara a cara. Com essas ações buscam resolver conflitos no grupo e obter uma convivência seja pacífica. Os bonobos são animais de natureza polígama e realizam outros tipos de práticas sexuais. Foi relatado até que eles praticam sexo oral como humanos.

Golfinhos, prazer além da reprodução

A maior prova de que os animais não fazem sexo apenas para procriar são os golfinhos. Essa espécie tem uma característica muito especial: suas posições sexuais são muito variadas. Isso ocorre porque seu pênis é muito flexível. Posições barriga a barriga foram vistas onde o macho monta a fêmea durante a natação em ângulos opostos.

Esses animais iniciam sua vida sexual quando atingem a maturidade sexual e isso ocorre antes de serem capazes de se reproduzir.

Após a análise dos corpos de golfinhos fêmeas que morreram por causas naturais, foram realizadas dissecações e modelos 3D e foi encontrado um tecido erétil com milhares de terminações nervosas. Esse tecido ficava na entrada da vagina, ou seja, as fêmeas dessa espécie possuem clitóris. Um órgão ignorado por milhares de anos e cuja função é apenas dar prazer.

Como o clitóris humano, nas fêmeas dos golfinhos, ele aumenta de tamanho durante a excitação e é coberto por um capuz.

Você sabia que esses animais fazem sexo por prazer?

Graças aos notáveis avanços da ciência, hoje podemos saber que os animais têm uma vida sexual que vai além da reprodução, pois realizam práticas que estão diretamente relacionadas ao prazer.


Todas as fontes citadas foram minuciosamente revisadas por nossa equipe para garantir sua qualidade, confiabilidade, atualidade e validade. A bibliografia deste artigo foi considerada confiável e precisa academicamente ou cientificamente.


  •  Balcombe, J. (2006). Pleasurable Kingdom: Animals and the Nature of Feeling Good. Palgrave Macmillan. pp. 109, 115.
  •  Dukas, R (2010). «Causes and consequences of male–male courtship in fruit flies». Animal Behaviour 80 (5): 913-919.
  •  Balcombe, J. (2006). Pleasurable Kingdom: Animals and the Nature of Feeling Good. Palgrave Macmillan. 

Este texto é fornecido apenas para fins informativos e não substitui a consulta com um profissional. Em caso de dúvida, consulte o seu especialista.