Cuidados para o bem-estar animal

· maio 19, 2018

O bem-estar animal se traduz em bem-estar no lugar onde ele vive. As pessoas com animais de estimação geralmente são mais felizes e ativas que o resto da população, e isso se deve principalmente ao vínculo que desenvolvem com o animal.

Assim como as crianças ou outro membro da família, os pets requerem atenções básicas. Essas medidas trazem uma maior qualidade de vida, que acaba se traduzindo em gratidão para o dono.

Além disso, muitas das medidas que o animal requer beneficiam o dono, entre outras coisas, por fazê-los ter uma vida mais saudável e ativa. Outro importante benefício, é a diminuição do estresse e da solidão.

10 cuidados para o bem-estar animal 

Controle médico regular para o bem-estar animal

É importante respeitar as visitas ao veterinário. Durante a consulta, o veterinário avalia o estado físico e emocional do animal, e faz o controle das vacinas e seus reforços.

Além disso, o especialista sanitário cuida do controle de desparasitação, o que é muito importante para prevenir as doenças que podem afetar o animal. Algumas dessas doenças, inclusive, podem contagiar as pessoas.

gatos comendo

Dieta balanceada

É fundamental evitar uma alimentação exagerada dos animais. Entre outras coisas, porque a obesidade pode trazer problemas maiores, como diabetes ou transtornos cardiovasculares.

Em geral, os animais fazem duas grandes refeições por dia. Caso sejam porções pequenas, ele poderá comer até três vezes diariamente.

Recomenda-se consultar um especialista quando ocorrer dúvidas sobre o tipo de alimento que um animal deve receber, além da quantidade e da periodicidade.

Atividade física

Todos os animais precisam se exercitar. O exercício não só fortalece sua musculatura, mas também beneficia seu estado de humor e reduz os níveis de estresse.

Dependendo do tipo de animal, alguns vão precisar de atividades ao ar livre, mais do que outros. No primeiro caso, geralmente, estão a maioria das raças de cães.

Outros animais podem ter uma rotina de exercícios em casa. Os gatos, por exemplo, podem fazer muitos exercícios de entretenimento sem terem que  sair. Os hamsters também estão acostumados a se exercitarem dentro da jaula.

O importante é que, seja onde for, que os animais tenham as atividades necessárias para manterem-se ativos várias horas por dia.

Rotina diária

Manter horários é importante para os animais domésticos. Desde pouca idade, eles devem ser ensinados a controlar seus esfíncteres, e ter horas para os passeios e para outras atividades. Seguindo bons hábitos, é preciso dispor um horário para as refeições e assim criar bons costumes.

Boa educação

Alguns animal requerem treinamento e adestramento, como é o caso dos cães e dos gatos. Isso não é só para controlar os esfíncteres, mas também para saber como comportarem-se com outras espécies.

Um animal bem educado poderá passear sem grandes inconvenientes. Ou seja, responderá a seu nome quando lhe chamarem e saberá se comportar diante de pessoas e crianças.

Higiene e limpeza

Não é necessário dar banho no animal todos os dias. No entanto, é importante mantê-lo limpo, não só porque isso influi em seu estado de humor, mas também porque previne doenças.

Também por isso, é importante manter arrumado o lugar onde ele dorme, brinca e faz suas necessidades. Por exemplo, no caso dos gatos, é necessário trocar sua caixa de areia a cada cinco dias.

Cuidado dental

A dentição é outro elemento que requer cuidados, sobretudo nos animais carnívoros. Está claro que eles precisam de sua dentição para rasgar ou ingerir alimentos. Igualmente, a maioria dos animais precisa escovar os dentes diariamente, além de cuidar da mastigação.

Atenção e carinho

Qualquer amante dos animais que se preze sabe que o carinho é um dos cuidados essenciais para uma espécie doméstica. A atenção e os mimos estreitam o vínculo entre o animal e seu dono.

Dona e cão

Em muitos casos, o carinho ajuda a suavizar o caráter de certos animais. Isso lhes faz sentirem-se queridos e gera o bem-estar animal.

Identificação

Sempre que for possível, é fundamental manter o animal identificado, seja com uma coleira ou com uma placa. Nela, deverá conter toda a informação necessária, que será útil, caso ela se perca.

Espaço próprio para o bem-estar animal

Assim como as pessoas, os animais requerem certa privacidade. É preciso que tenham um lugar onde possam descansar e se manterem longe da atenção.

Por isso, é importante dar a eles uma área segura onde possam ficar quando se sentirem tristes. Por exemplo, uma casa, um canto ou uma cama e um cobertor.

Fonte da imagem principal: praline3001