Há parques de diversões para cães?

· dezembro 21, 2017

Viver em uma grande cidade e não ter muito tempo livre durante a semana tem deixado de ser um impedimento para proporcionar diversão para o seu animal de estimação. Já existem diversos parques de diversões para cães e também piscinas em vários países.

Às vezes é muito difícil conciliar a vida profissional com as necessidades de cada animal de estimação. Mas os momentos de descontração e lazer são fundamentais para que os animais cresçam felizes e saudáveis. É importante recordar que muitos cães sedentários apresentam sintomas de depressão com o tempo.

O que são os parques de diversões para cães?

Os parques de diversões para cães são basicamente zonas recreativas pensadas especialmente para exercitar, relaxar e divertir os melhores amigos do homem. Alguns são parques verdes e outros são parques aquáticos.

Cachorro na piscina, brincando com bola

A proposta é excelente para estimular a atividade física e mental dos  cães. Também proporciona um espaço de convivência para seu animal de estimação com outros animais. Desta forma, ajuda-se a cuidar de sua saúde e crescimento saudável.

As atrações oferecidas dependem do parque escolhido. Há imensas áreas verdes, brinquedos, estações de treinamento e agilidade, serviço de adestramento, spas e piscinas adaptadas, entre outros.

Alguns parques também proporcionam áreas de convivência entre cães e crianças. Já está comprovado que a interação entre crianças com animais melhora o desenvolvimento psíquico e emocional dos pequenos.

Onde encontrar os parques de diversões para cães?

Essa é uma tendência mundial. Na Europa, e também na América, se multiplicam os parques de diversões para cães devido ao sucesso da proposta.

Madrid

A capital espanhola apresenta o maior número de opções. Conheça os 5 parques de diversões para cães mais populares em Madrid:

  • “EL RETIRO”: encontra-se na Praça da Independência e é o mais frequentado.
  • “PARQUE JUAN CARLOS I”: localizado em Glorieta S.A.R. Dom Juan de Borbón y Battemberg.
  • “EL CANTIZAL (LAS ROZAS)”: em frente ao Centro Municipal “El Cantizal”.
  • “VERDECORA PARQUESUR”: sobre Av. Grã-Bretanha / Leganés.
  • “MAJADAHONDA”: no Parque Adolfo Suarez – Majadahonda.

Barcelona

Nos arredores de Barcelona, encontra-se o “Aquapark Canino Can Janè”. Dedicado as diversões aquática dos cães, conta com lago artificial com tobogãs, pranchas de windsurf , barcos…

Cuidados para levar o seu cão ao parque de diversões

Antes de levar o seu cão a uma das opções de parques de diversões para pets, é importante tomar os devidos cuidados. Não há por que colocar em risco o bem-estar de seu animal de estimação nem o de outros animais.

Conselhos importantes

Socializá-lo antes

O primeiro dia de seu animal de estimação em um parque de diversões para cães implica em uma mudança de ambiente e muitas novas experiências. Sobretudo, se seu animal de estimação não estiver acostumado a conviver com outras pessoas e animais.

Por isso, é necessário socializá-lo antes de o expor a um novo ambiente e obrigar seu cachorro a compartilhar o território que ele considera ser seu. O processo de socialização ensina o animal de estimação a se relacionar pacificamente com outros animais e pessoas. Consequentemente, diminui consideravelmente o risco de uma conduta agressiva.

O ideal é socializar o cão enquanto ele ainda é um filhote, entre a quarta e a vigésima semana de vida. Mas também é possível socializar um cão adulto expondo-o ao contato com outros cães. É importante começar apresentando-o a um único cão em um ambiente controlado.

Vacinas e tratamento antiparasitário em dia

Esse conselho é fundamental, já que o cão em contato com um novo ambiente e outros animais encontra-se exposto a diversas doenças.

É muito recomendado administrar-lhe o tratamento antiparasitário algumas semanas antes de levá-lo aos parques de diversões para cães.

Cachorro sendo vacinado

Outros conselhos para se levar em conta

  • Evite dar de comer ao seu animal de estimação imediatamente antes de levá-lo para se exercitar e para se divertir nos parques de diversões para cães. Isso pode causar dificuldades digestivas e provocar vômitos.
  • É preferível alimentá-lo algumas horas antes.
  • Respeite seu período de adaptação.
  • A adaptação é um processo, não ocorre da noite para o dia. Se é a primeira vez que seu animal de estimação vai a um parque de diversões, deixe-o ter seu próprio período de adaptação.
  • Jamais obrigue o seu cão a ficar em um ambiente onde ele se sinta ameaçado. E, no caso de se tratar de parques aquáticos, nada de jogá-lo na água contra sua vontade.
  • Cada cão tem um tempo de adaptação a outros cães, ao ar livre e à água. Potencialize sua curiosidade, incentive-o a brincar, ofereça brinquedos dos quais ele goste.

Fonte da imagem principal: BigOakFlickr