3 dicas de dieta durante a gestação de uma cadela

novembro 17, 2019
Devemos estar sempre atentos à dieta dos nossos animais de estimação, mas há algumas situações, como a gestação de uma cadela, que merecem ainda mais atenção.

A chegada de novos membros para ampliar a nossa família de animais de estimação é sempre uma boa notícia. No entanto, se você quiser ter certeza de que a gestação de uma cadela será saudável, uma das coisas que você deve garantir é que o animal tenha uma dieta adequada.

Compartilhamos algumas dicas e conselhos sobre o tema a seguir.

Como é a gestação de uma cadela?

O período de gestação de um cadela dura cerca de dois meses, ou seja, cerca de 63 dias. Durante esse período, seu corpo e suas necessidades físicas e nutricionais variam quase todas as semanas.

Se depois de ir ao veterinário a gravidez for confirmada, uma das primeiras coisas que você notará em seu animal de estimação é que o seu nível de atividade diária vai diminuir muito. Elas passam a maior parte do dia deitadas ou descansando.

Outro dos sintomas que indicam que a gravidez está acontecendo é que a cadela perderá gradualmente o apetite. Isso, além de ser completamente normal, obedece a uma lei básica: à medida que os filhotes crescem, o estômago da mãe é comprimido para criar mais espaço.

Como é a gravidez de uma cadela?

Isso, como dissemos, pode fazer com que a cadela coma menos e comece a sentir náusea. No entanto, é importante enfatizar que a cadela e os filhotes precisarão de uma contribuição nutricional extra. Portanto, uma das primeiras medidas a serem tomadas é aumentar a ingestão diária.

Aumentar a ingestão calórica durante a gravidez

O suprimento extra de energia é fundamental durante a gestação de uma cadela. No entanto, essa dose extra deve ser administrada com cuidado, pois durante as primeiras semanas, a náusea estará muito presente e a cadela provavelmente não terá muito apetite.

Aproximadamente a partir da quinta semana, você pode aumentar a dose de maneira controlada. Por exemplo, toda semana pode adicionar 5% a mais à sua ração diária. Isso fará com que todos os filhotes recebam uma dose equilibrada de nutrientes.

Você não deve se preocupar se perceber que o seu animal de estimação está começando a ganhar cada vez mais peso, pois isso é normal.

Cães recém-nascidos com sua mãe

Introduzir alimentos para filhotes na dieta da mãe

Pode parecer estranho, mas a comida para filhotes é um complemento ideal para uma cadela gestante. Este alimento é projetado especialmente para aumentar o nível de energia e proteínas, e possui uma proporção maior de nutrientes essenciais.

Você pode começar a introduzir o alimento para filhotes a partir da terceira semana. É melhor que você faça isso progressivamente, até que chegue um momento em que essa alimentação assuma totalmente a dieta diária da cadela.

Também é interessante manter essa alimentação até que os filhotes tenham passado do desmame, pois dessa forma garantimos que todos recebam os nutrientes necessários para crescer fortes.

Outras dicas úteis durante a gestação de uma cadela

Durante o período de gestação, a cadela tende a beber muita água. Portanto, é melhor colocar várias tigelas de água limpa nas áreas da casa onde o animal passa mais tempo.

Nos últimos estágios da gravidez, a cadela terá mais dificuldade para se locomover, então o ideal é que ela tenha água sempre à disposição e por perto.

Finalmente, a relação entre nutrição e exercício está sempre presente. É por isso que os exercícios de rotina moderados são benéficos para a mãe. Evidentemente, você deve evitar atividades de alta intensidade e tentar encurtar as caminhadas à medida que a gravidez avança.

  • Verstegen-Onclin, K., & Verstegen, J. (2008). Endocrinology of pregnancy in the dog: a review. Theriogenology70(3), 291-299.