A diferença evolutiva entre cães e lobos

· julho 18, 2018

Sempre se disse que os cães vieram dos lobos. Quanto há de certo nisso? Hoje queremos falar da diferença evolutiva entre cães e lobos, para entendermos melhor como as duas espécies chegaram a coexistir.

A diferença evolutiva entre cães e lobos 

A evolução do lobo

Sabe-se que os primeiros exemplares de lobos, muito parecidos com os cães que conhecemos hoje em dia, existem desde há cerca de 800.000 anos. No entanto, o habitat, os fatores ecológicos, os predadores e outros motivos influenciaram na estrutura genética dos lobos.

Acredita-se que sua origem foi na América do Norte e que, com o tempo, se estenderam para a Ásia e América do Sul, ainda que haja muito debate sobre isso. Outros acreditam, ao contrário, que a origem foi na Ásia e que mais tarde se estenderam até os Estados Unidos. O que todos concordam é que eles são procedentes dos canídeos.

lobo cinza mexicano

No Pleistoceno, conheceu-se uma espécie de lobo gigante também chamada de lobo terrível, por sua aparência e comportamento. Viveu na América do Norte e como muitos outros canídeos, viviam e caçavam em grupos. O canis dirus foi outra espécie conhecida, de tamanho menor e patas curtas, algo que não lhe tornava um bom corredor. Mas ele tinha outra virtude: uma mandíbula muito desenvolvida que tinha a capacidade de trituras ossos. Ambas espécies foram extintas há muitos anos.

A evolução do cão

Como falamos anteriormente, acredita-se com certeza que os cães vêm do lobo. Mas, como isso aconteceu? Vamos ver. Acredita-se que há cerca de 12.000 ou 15.000 anos, domesticou-se um lobo na China, ainda que outras pessoas afirmem que isso aconteceu antes. O certo é que os primeiros humanos que habitaram a China estavam estreitamente relacionados com os lobos pequenos, que ao que se sabe não estavam domesticados. Essa seria a primeira prova de convivência entre lobos e humanos.

A diferença evolutiva entre cães e lobos não é algo que se possa datar ou localizar com certeza, mas podemos sim saber como o ser humano e o lobo conseguiram coabitar. Ao que parece, tanto humanos quanto lobos tinham atividades sociais muito parecidas, como por exemplo a vida familiar, que caracterizava os lobos e os humanos daquela época. Isso uniu as duas espécies que se ajudaram nos trabalhos de caça e sobrevivência.

Os humanos não demoraram a se dar conta das similaridades entre eles e os lobos, e buscaram o apoio desses animais para cooperar de alguma maneira na caça. Usaram os lobos para ir em busca das presas e, em troca, os humanos lhes davam as sobras que não comiam. Assim, os lobos começaram a ser mais domesticados e a mudar a personalidade selvagem deles por uma mais carinhosa, orientada ao convívio com o ser humano. Daí surgiram os cães, que foram usados como animais de trabalho e mais tarde de estimação.

Similaridades entre lobos e cães

Apesar da diferença evolutiva entre cães e lobos, há várias similaridades a se levar em conta. Por exemplo:

cão lobo
Fonte: La Manada
  • Ambos uivam. As duas espécies uivam e latem, ainda que os lobos latam menos que os cães.
  • Sentidos desenvolvidos. O olfato e o ouvido são muito desenvolvidos, tanto em lobos quanto em cães.
  • Comunicação. Ambos se comunicam através de sinais visuais, olfativos e corporais.
  • Esconder comida. Os dois cavam para esconder comida. Mesmo quando um cão é de estimação e tem seu prato de comida assegurado todo dia, não perde esse costume, pois leva-o em seu gene.

Como dissemos anteriormente, não é possível saber com exatidão o tempo e a forma na diferença evolutiva entre cães e lobos. Há muitos indícios que nos ajudam a determinar detalhes, que nos trazem mais informações a respeito disso.

Fonte da imagem principal: Barnaby_S