Doenças associadas com a alimentação dos cães

Alimentar o seu animal de estimação corretamente é algo de grande importância. Hoje, vamos falar sobre algumas doenças relacionadas com a alimentação dos cães.

Última atualização: 25 Dezembro, 2019

Está claro que a alimentação dos cães e a sua saúde andam sempre de mãos dadas. Por isso, ter certeza de que estamos oferecendo a dieta adequada para nosso animal é importantíssimo. Afinal, a falta de conhecimento sobre a nutrição do animal pode trazer consequências sérias. Hoje, vamos falar sobre algumas doenças associadas com a alimentação dos cães.

Diferentes opções ao definir a alimentação do cão

Quando falamos de uma dieta para animais de estimação, estamos nos referindo a muito mais do que um cardápio. Além de satisfazer o apetite do animal, os alimentos para cães devem servir como uma fonte de energia e nutrientes, bem como ser um dos pilares da saúde do animal.

Dito isso, escolher corretamente a alimentação do nosso amigo de quatro patas depende de muitos fatores. Entre eles, raça, idade, tipo de atividade diária e peso estão entre os fatores que mais influenciam a escolha dos diversos tipos de ração.

No mercado, existem inúmeras opções de alimentos para atender a todos os requisitos acima.

No entanto, se o seu cão sofre de algum tipo de problema de saúde ou é mais sensível a certos alimentos, é normal que ele comece a apresentar sintomas de doenças e intolerâncias. Entre tais sintomas, estão: perda de apetite, distúrbios gastrointestinais, fraqueza, etc.

Alergias ou intolerâncias

Sem dúvida, a intolerância a certos alimentos ou ingredientes é uma das razões mais comuns de doenças associadas à alimentação dos cães. Assim como acontece conosco, os cães podem sofrer de alergia pelas seguintes causas:

  • Glúten.
  • Laticínios e derivados.
  • Corantes alimentares ou compostos artificiais presentes nas rações.

É importante que o veterinário do animal avise ao dono sobre esses tipos de alergias. Além disso, o profissional deve ser capaz de oferecer soluções, como uma dieta alternativa ou uma alimentação hipoalergênica especial.

Se houver um quadro de intolerância alimentar ainda não diagnosticado, começaremos a ver sintomas típicos, como problemas respiratórios ou de pele.

Outras doenças associadas com a alimentação dos cães

É óbvio que se o seu cão tiver problemas alimentares, um dos sistemas que mais vai evidenciar esse quadro é o sistema digestivo. Uma alimentação ruim ou a escolha de alimentos inadequados pode gerar sintomas como diarreia.

A diarreia pode ocorrer por diversas razões, desde uma intolerância alimentar até a má digestão. Sendo assim, a frequência do quadro de diarreia é fundamental para acender o sinal de alerta.

Ou seja, se a diarreia for recorrente, pode haver algo errado na escolha dos alimentos que estão sendo oferecidos ao animal.

Além da diarreia, há outro distúrbio digestivo que, embora esteja mais estreitamente relacionado a alimentos estragados, também é comum em cães: a gastrite.

As causas costumam estar relacionadas a intolerância à alimentação com produtos contaminados ou insalubres.

Por isso, é importante manter o cão longe das áreas onde possa haver alimentos em deterioração, como as lixeiras de casa. Além disso, é necessário ter sempre atenção com as coisas que o animal leva à boca.

Recentemente, também foi descoberto que certos componentes das rações para cães podem estar ligados a doenças cardiovasculares. Entretanto, vale ressaltar que ainda não se sabe com certeza qual é a principal causa desses distúrbios.

O certo é que, com a ajuda do seu veterinário e de uma dieta adequada, o seu cão vai desfrutar de uma vida plena e saudável.

Pode interessar a você...
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Diabetes em cães: como evitar essa doença

Como os seres humanos, os cães podem ser afetados por esta terrível doença: a diabetes. O melhor remédio não é outro senão evitar a diabetes em cães.



  • Freeman, L. M., Stern, J. A., Fries, R., Adin, D. B., & Rush, J. E. (2018). Diet-associated dilated cardiomyopathy in dogs: what do we know?. Journal of the American Veterinary Medical Association253(11), 1390-1394.
  • Chesney, C. J. (2002). Food sensitivity in the dog: a quantitative study. Journal of Small Animal Practice43(5), 203-207.