O que fazer se a ração do meu cachorro acabar?

É importante saber o que fazer quando a ração do seu cachorro acaba e você não pode sair para comprar. Aqui estão alguns princípios básicos para se virar com o que você tem em casa.
O que fazer se a ração do meu cachorro acabar?

Última atualização: 22 março, 2022

Eventos imprevistos acontecem com todos. Embora todos os dias você verifique quanta comida resta no saco, ainda pode surgir a situação de precisar se perguntar o que fazer se a ração do seu cachorro acabar e você não puder sair para comprar mais em breve.

Se você acabou se deparando com essa situação, não se preocupe: os cães são onívoros (ou carnívoros facultativos) e oportunistas, então não vai vai mal comer produtos frescos por um curto período de tempo. Neste artigo, vamos ensinar como preparar uma dieta caseira de emergência sem prejudicar a saúde do seu companheiro canino. Então, preste atenção.

Qual comida caseira posso fazer se meu cachorro ficar sem ração?

Como dissemos na introdução, os cães são animais onívoros, mas atenção: isso não significa que possam comer os mesmos alimentos que os humanos, por isso não vale a pena partilhar o nosso prato com eles. No entanto, é muito seguro ter comida em casa que pode ser usada para substituir a ração por um tempo.

A primeira coisa que você deve fazer é pesar seu cão, pois a quantidade de comida de que ele precisa depende de determinada porcentagem de sua massa corporal. As raças grandes requerem uma ração equivalente a 3% do peso corporal e as raças pequenas 4-5%.

O próximo passo é saber as proporções adequadas para o cão dentro de cada grupo de alimentos. Uma dieta de manutenção para um cão adulto deve incluir 26% de proteína, 36% de carboidratos e 38% de gordura. Além disso, os alimentos devem fornecer vitaminas e minerais necessários ao bom funcionamento do organismo.

Dito isso, resta encontrar os alimentos mais adequados para o cão e planejar a dieta para os poucos dias que ficará sem ração. Aqui estão as fontes nutricionais mais comuns e adequadas para cães.

Os cães são animais carnívoros facultativos. Sua principal fonte de energia é a matéria animal, mas eles também obtêm calorias de outros alimentos vegetais.

Por que meu cachorro não come se eu não estou com ele?

Proteína

As proteínas, além de fortalecerem o sistema musculoesquelético, fornecem aminoácidos essenciais e nitrogênio ao organismo do animal. Esses nutrientes podem ser encontrados em 2 fontes diferentes, que são as seguintes:

  1. Produtos de origem animal: carne vermelha, carne branca e ovos são as fontes de proteína mais limpas nesse grupo. Carnes de órgãos e outras partes de animais tendem a conter mais gordura e são difíceis de serem encaixadas em uma dieta balanceada.
  2. Proteína vegetal: leguminosas, como grão-de-bico e lentilha, são a melhor opção como base proteica em uma dieta vegetal. Algumas farinhas também são ricas nesse nutriente, como glúten de trigo, farinha de soja ou levedura seca de cerveja.

Lembre-se de que tanto a carne quanto os ovos, assim como os legumes, devem ser cozidos antes de serem oferecidos ao cão. Caso contrário, o animal pode correr o risco de contrair doenças bacterianas, como salmonelose ou parasitas digestivos (como anisakis).

Carboidratos

Embora os cães precisem de um alto teor de proteínas em sua dieta, os carboidratos também são essenciais. Os mais eficientes desses nutrientes são os amidos, cujas moléculas demoram mais para se decompor (ou seja, liberam energia mais lentamente e por mais tempo).

As melhores fontes de carboidratos são milho, arroz, trigo e aveia. Os 2 primeiros devem ser cozidos antes de serem oferecidos ao cão. Por outro lado, se você precisar adicionar fibra à dieta, poderá obter a versão desses cereais que inclui o farelo.

Lipídios

Embora sua quantidade na dieta deva ser controlada, as gorduras também são essenciais para o corpo. Além disso, melhoram a textura e a palatabilidade dos alimentos.

Você também pode escolher entre gordura animal e vegetal. Muitas das carnes que você pode adicionar à comida do cachorro já contêm gordura, mas se você tiver optado pela proteína vegetal é recomendável adicionar uma colher de sopa de óleo de coco ou adicionar sementes de soja, milho ou gergelim.

Vitaminas e minerais

Você deve adicionar algumas frutas e vegetais a toda essa mistura para garantir que o cão receba a porção necessária de vitaminas e minerais. Tanto as frutas quanto os vegetais, assim como alguns produtos de origem animal (laticínios, miúdos, etc.), são válidos em pequenas quantidades para esse fim.

Alimentos proibidos para cães

Antes de começar a procurar receitas caseiras para cães, estude bem quais alimentos são tóxicos para essa espécie. Os 2 mais destacados são o chocolate e o abacate, que em quantidade excessiva podem acabar com a vida do cão. Outros que você deve saber são os seguintes:

  • Cebola.
  • Alimentos com cafeína.
  • Alho.
  • Nozes de macadâmia.
  • Uvas e passas.
  • Álcool etílico.
  • Massa crua fermentada.
  • Ossos cozidos.
  • Cerejas com caroço.
  • Cogumelos.
  • Carambola.
  • Comida mofada.
  • Citrino
  • Açúcar e sal.
  • Berinjelas.
Os cães podem comer nozes.

Em qualquer caso, deve ser enfatizado novamente que a comida caseira é válida pelo pequeno período de tempo em que você não sabe o que fazer quando o cão fica sem ração, mas não deve ser prolongado no tempo. Se você está interessado na dieta BARF, é melhor questionar o veterinário sobre como segui-la e como alterar o cardápio do animal com segurança.

This might interest you...
Tipos de ração para cães: 5 coisas que você deve saber
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Tipos de ração para cães: 5 coisas que você deve saber

Existem diferentes tipos de ração para cães disponíveis no mercado. Mas será que sempre foi assim? Os cães mantiveram sua dieta de sempre?