Gato Cymric, com pelos longos e sem cauda

· junho 16, 2018
Um Manx, mas com pelos longos. Este é o gato Cymric. E o que isso significa? Que estamos diante de um gatinho sem cauda ou com uma muito pequena. E com um encantador aspecto de bicho de pelúcia.

Provenientes dos felinos da raça Manx, que às vezes nascem com pelos longos, uma mutação genética espontânea fez com que eles não tivessem cauda ou que ela fosse muito curta. Os criadores se encarregaram de cruzar filhotes com essas características para gerar um novo espécime.

Uma versão de pelos longos do Manx

A raça foi desenvolvida nos anos 60, do século passado, no Canadá e nos EUA. A partir dos gatinhos Manx, que nasceram cada vez com pelos mais longos em algumas ninhadas.

Vale destacar que a ausência de cauda apresentada por esses animais é devido a uma mutação genética espontânea. De qualquer forma, os criadores (Leslie Falteisek, dos Estados Unidos, e Blair Wright, do Canadá) cuidaram para que essa característica, somada à pelagem longa, acabasse constituindo a raça Cymric.

Lembre-se de que o gatinho Manx, sem rabo e de pelos curtos, vem da Ilha de Man, localizada entre a Inglaterra e a Irlanda. O nome Cymric, por outro lado, deriva da palavra Gales, em linguagem celta.

Apresentamos o gato Cymric, um gatinho sociável e inteligente que se destaca por sua total (ou parcial) falta de cauda e seu longo revestimento de pelos de dupla camada.

Gato Cymric

Outras características físicas do gato Cymric

Além da falta total ou parcial de cauda e dos pelos longos, o gato Cymric tem as seguintes características:

  • Tamanho médio
  • Peso: entre três e cinco quilos
  • Corpo: aparência sólida e forte, rechonchudo
  • Cores: variadas (sólida, bicolor, sombreada, tricolor e carey)
  • Pelagem: brilhante e suave, com uma subcamada muito espessa
  • Cabeça: redonda, com bochechas pronunciadas
  • Olhos: grandes e redondos, e de cor de acordo com o pelo
  • Orelhas: médias e espaçadas entre si. Elas são largas na base e afinam em direção às pontas, que são arredondadas
  • Patas: as traseiras são um pouco mais longas que as dianteiras

Em relação à cauda, ​​resta especificar que existem três variedades de Cymric. O Rumpy não a possui e tem um buraco na base. O Stumpy, por outro lado, tem apenas algumas vértebras. E o Longy tem um rabo um pouco mais curto que um gato comum. No entanto, alguns espécimes nascem com caudas inteiras.

Um gatinho muito sociável

É um gato sociável e amigável. Se dá muito bem com todos os membros da família e até com estranhos. Não apresenta problemas de coexistência com outros animais de estimação e também não é um grande miador.

Estamos diante de um gatinho amoroso, simpático, tranquilo e que adora brincar com seus donos. Ele é geralmente muito dependente de seus humanos. Poderá segui-los por toda a casa, como se ele fosse um cachorro. E adora ficar junto dos seus humanos.

Gato Cymric

O Cymric é um gatinho esperto e curioso, que também gosta de correr, pular e de se divertir. Além disso, ele vai se sentir feliz se puder contar com um jardim ou com um quintal devidamente cercado para evitar que ele escape.

Cuidados com o gato Cymric

Como o Manx, é um gato que normalmente é muito saudável. Tem uma expectativa de vida de entre 10 e 15 anos. De qualquer forma, a ausência da cauda pode fazer com que ele sofra de espinha bífida, um distúrbio congênito que impede que as vértebras da medula espinhal se fechem, causando vários problemas.

Em relação aos cuidados específicos que a raça exige, para manter os pelos em boas condições, é necessário escová-lo pelo menos uma vez por semana.

Além disso, como muitas vezes eles perdem muitos pelos, deve-se dar atenção à formação de tricobezoares no sistema digestivo. Em qualquer caso, o veterinário irá aconselhar como prevenir e tratar este problema.

O profissional também deve indicar a dieta mais adequada para cada estágio da vida do filhote e o cronograma de vacinação e desparasitação que deverá ser seguido.