9 cuidados necessários na gestação e lactação dos cães

novembro 10, 2019
Tanto a gestação quanto a lactação dos filhotes de cachorro são duas fases muito importantes para os próprios animais e para os seus donos.

A gestação e a lactação são fases muito importantes da vida dos cães. Por esse motivo, estar informado é essencial para manter a saúde dos nossos animais de estimação. A seguir, compartilhamos uma série de dicas para enfrentar essas etapas.

Gestação canina

O período de gestação de uma cadela dura aproximadamente nove semanas. Aconselha-se que o processo de gestação seja orientado por um especialista, pois à medida que a gestação avança, será necessário incorporar novas etapas à rotina do animal.

Modificação da alimentação

O ganho de peso não será notado até a quinta ou sexta semana de gravidez. É a partir desse momento que a alimentação deve ser modificada, para que os filhotes recebam os nutrientes necessários.

Por esse motivo, a ingestão de comida irá aumentar progressivamente, da quinta até a nona semana. Nesse momento, a quantidade de ração será de um terço a mais do que o normal.

Alguns aspectos podem agir como limitações para a mudança da dieta, como no caso de cadelas que sofrem de alguma doença ou tinham um determinado estado físico antes da gestação. Por isso, é fundamental seguir as recomendações do veterinário.

Mantenha a hidratação

É imprescindível que a fêmea permaneça hidratada e beba água com frequência. Portanto, mantenha água limpa e fresca à disposição sempre.

Além disso, se o tipo de alimento fornecido for seco, é essencial que o animal tenha uma fonte de água acessível, especialmente nas últimas semanas de gestação.

Exercício

É interessante que a fêmea faça exercícios leves durante a gestação. Por isso, aconselha-se manter as caminhadas diárias, embora o tempo e a distância da caminhada devam ser reduzidos.

Conforto acima de tudo

Quando a data do parto se aproxima, um “cantinho” com cobertores ou toalhas geralmente é preparado em uma caixa de papelão chamada “ninho”. Ali, a fêmea poderá dar à luz tranquilamente. O objetivo do ninho é garantir que a fêmea esteja confortável e se sinta segura.

Amamentação canina

Os filhotes de cachorro recém-nascidos não concluíram seu desenvolvimento e são capazes de desempenhar algumas poucas funções adequadamente. Por isso, eles precisam de cuidados especiais e de muita dedicação.

Filhotes mamando na mãe

Os seguintes passos devem ser levados em consideração:

Mantenha sua temperatura regulada

Os filhotes não são capazes de regular adequadamente sua temperatura corporal. Isso pode ter sérias consequências para a sua saúde.

Por isso, o filhote deve ser mantido a uma temperatura estável. Evite temperaturas baixas, pois o filhote diminui sua atividade digestiva e seu reflexo de sucção pode desaparecer.

A temperatura ideal é superior a 34 ºC, já que assim ele será capaz de sugar e digerir o leite corretamente. Se estiver entre 32 °C e 34 °C, só poderá sugar, mas não digerir. Por esse motivo, é aconselhável aquecer o filhote até os 34 °C antes de alimentá-lo.

Mantenha-os hidratados

Os filhotes são constituídos por 82% de água e perdem uma quantidade significativa de água e calor. Por esse motivo, é conveniente mantê-los em um ambiente com 60% de umidade.

Se o local ficar abaixo desse nível, eles podem ficar desidratados; caso a umidade seja superior a 60%, aumenta o risco de crescimento bacteriano.

Controle o alimento fornecido

Os recém-nascidos não regulam completamente os seus níveis de glicose. Para garantir uma alimentação adequada e controlar a glicose no sangue, é recomendável que os filhotes sejam alimentados com frequência e com proporções específicas de nutrientes.

Sistema imunológico imaturo

Os filhotes requerem o colostro para que possam receber anticorpos da mãe, já que estes não são transmitidos pela placenta; seu sistema imunológico ainda não amadureceu.

Para evitar problemas de saúde, a higiene deve ser correta. O filhote deve ser mantido em um ambiente limpo e desinfetado e o colostro deve ser administrado o mais rápido possível.

Também cabe destacar que seu sistema digestivo não é funcional. Eles são incapazes de digerir o amido e não conseguem evacuar como os adultos.

Qual tipo de leite os filhotes devem beber?

Desde o nascimento até a fase de desmame, o filhote só se alimenta de leite. No entanto, nem todos os tipos de leite são adequadamente assimilados por ele.

Filhote de cachorro tomando mamadeira

O leite de vaca nunca deve ser oferecido. A composição do leite de vaca e da cadela é diferente, o que pode causar problemas intestinais no filhote devido ao alto teor de lactose, bem como distúrbios do crescimento, pois não possui o conteúdo necessário de nutrientes.

Se, por qualquer motivo, o filhote não puder mamar o leite da mãe, existem propostas diferentes no mercado. Você pode encontrar uma fórmula especial, que deve atender às necessidades nutricionais e proteger o sistema digestivo dos animais.

Também pode ser importante administrar um suplemento de DHA, um ácido graxo presente no leite do cão, bem como na retina e no cérebro dos filhotes.

Conclusão sobre a gestação e lactação dos cães

É conveniente reiterar que todas essas dicas são apenas orientações e que cada caso de gestação e lactação em cães tem características próprias, que devem ser discutidas com um veterinário.