Goldador ou golden lab: tudo sobre esta raça

De entre todos os cães resultantes do cruzamento de várias raças, desta vez queremos apresentar o goldador, um cão de grande beleza, inteligência e lealdade.
Goldador ou golden lab: tudo sobre esta raça

Última atualização: 29 Setembro, 2021

Não se poderia dizer que uma nova variedade de cães surge a cada dia, mas é verdade que nas últimas décadas surgiram muitas raças híbridas que vale a pena conhecer. O goldador ou golden lab é um desses cães.

 

Esse cão herda a beleza e bondade de seus pais, o que pode ser facilmente deduzido pelo nome que sua raça carrega. Você ainda não sabe quais são? Convidamos você a descobrir essas informações e muito mais sobre o goldador ou golden lab.

Origem do goldador

Seu nascimento ocorreu na Europa de forma registrada há uma década. Ressaltamos o termo “registrada” porque se sabe hoje que esses cruzamentos foram feitos muito antes, mas não há dados oficiais sobre eles.

Para dar origem ao goldador, é feito um cruzamento entre exemplares puros das raças golden retriever e labrador retriever. O cão resultante também é conhecido como golden retriever mix, golden lab ou goldador retriever.

Quando os criadores começaram a buscar esse cão híbrido, o objetivo era obter um cão de terapia que possuísse as melhores condições de cada uma das duas raças que lhe deram vida, e eles conseguiram. Porém, além disso, os goldadores também são excelentes animais de estimação e são cada vez mais utilizados como cães de busca e resgate, devido ao seu olfato apurado.

Por fim, deve-se destacar que embora essa raça de cães esteja alcançando grande fama internacional, ela não está registrada em órgãos oficiais, como o American Kennel Club ou a International Cynological Federation. Ainda são necessários tempo e normalização de sua criação para isso.

Um goldador olha para o chão.

Características do goldador ou golden lab

O goldador ou golden lab é um cão classificado como de médio porte, com altura entre 54 e 62 centímetros. O peso pode variar entre 27 e 36 quilos. Variações no tamanho e no peso podem ser encontradas entre os sexos (as fêmeas tendem a ser menores).

Porém, as dimensões podem variar um pouco nas raças híbridas, pois dependerão de quais genes predominam no espécime.

O corpo do goldador é musculoso e equilibrado, apresentando um comportamento bastante atlético. Ele tem uma cabeça alongada, mas não termina em um focinho pontudo, como os golden. As orelhas são quadradas e pendem de ambos os lados da cabeça. Os olhos, entretanto, são grandes e escuros. Por fim, deve-se destacar que sua cauda é média e ereta.

Pelagem do goldador ou  golden lab

Esse cão tem uma pelagem de duas camadas. A seção inferior é densa, macia e lanosa, enquanto a seção externa é curta e lisa, embora às vezes possa ondular um pouco. As cores de seus pelos são as das raças que lhes dão vida, ou seja, dourado, chocolate ou preto. Mesmo assim, os mais comuns são os exemplares ouro-avermelhados e amarelos.

Temperamento do golden lab

O filhote de goldador é um pouco nervoso e barulhento, pois adora correr e brincar sem descanso. Por isso, o ideal é ficar de olho nele, pois pode sofrer acidentes inesperados se seus tutores forem descuidados.

É importante que esses cães sejam socializados desde cedo e, principalmente, educados para inibir sua mordida e controlar sua força física. Se isso não for feito, eles poderão causar danos involuntários a pessoas mais fracas que eles.

Em geral, quando crescem, os golden labs são cães calmos, leais, atenciosos e muito pacientes. Por isso, são ótimos cães para terapias e companheiros de crianças. Seus níveis de empatia são impressionantes.

Cuidados com o goldador ou golden lab

O golden lab exige uma alimentação balanceada e supervisionada, pois pode herdar a gula do labrador. Além de dar a ele a quantidade certa de comida, é importante fazer exercícios diariamente para que se mantenha em forma e ativo.

Esses cães herdam sua paixão pela água de seus progenitores. Portanto, a natação é uma atividade que os beneficiará tanto física quanto mentalmente. Embora nem todos tenham uma piscina disponível, se houver essa possibilidade deixará o animal muito feliz.

Falando do nível mental, também é fundamental que esses cães se mantenham ativos nesse aspecto no dia a dia, por meio da utilização de brinquedos, atividades e brincadeiras com seus tutores. Caso contrário, o cão pode acabar sofrendo de estresse, ansiedade, tédio e outros comportamentos associados à falta de estímulos.

Banho e higiene

Os banhos desse cão devem ser limitados a momentos de muita sujeira acumulada e realizados, no máximo, uma vez por mês. O que é importante fazer 2 a 3 vezes por semana é escovar os pelos. Isso é essencial para manter sua pelagem saudável, pois os pelos soltos são removidos e os novos ficam mais saudáveis. Em tempos de troca de pelos, essa tarefa deve ser ainda mais frequente.

As orelhas devem ser verificadas a cada 10-15 dias e devem ser limpas para evitar o acúmulo de ácaros e cera que causam infecções. Para essa higienização, o ideal é ter protetores auriculares adequados para cães, adquiridos em pet shops.

Por outro lado, não se esqueça de escovar seus dentes e cortar suas unhas se necessário, pois elas não se desgastam naturalmente.

Treinamento do goldador

O cão goldor é um animal inteligente, dócil e atencioso, por isso sua educação costuma ser simples. É fácil para ele entender as ordens e suas respostas a elas geralmente são rápidas.

Claro, como em todos os casos, o reforço positivo e a perseverança são as ferramentas essenciais para a sua educação. Além do treinamento, como mencionado acima, a socialização precoce desse cão é importante.

Saúde e doenças do goldador ou golden lab

A expectativa de vida do goldador ou golden lab fica em torno de 10-12 anos e geralmente é um cão com boa saúde. No entanto, isso não significa que ele seja imune a certas doenças, algumas herdadas das raças parentais. Entre as patologias que mais frequentemente ocorrem nesse animal estão as seguintes:

  • Doenças auditivas: devido ao formato, as orelhas tendem a acumular bactérias e ácaros que causam infecções, como as otites.
  • Displasia do quadril.
  • Displasia do joelho.
  • Ruptura do ligamento cruzado.
  • Obesidade.
  • Catarata.
  • Atrofia progressiva da retina.

Os exames regulares do veterinário, bem como a rápida ação do responsável perante os eventuais sintomas de doença, irão promover a boa saúde do goldador. Muitas dessas condições são crônicas e de progressão lenta. Portanto, geralmente são diagnosticadas em consultas de rotina.

O golden lab como animal de estimação

Por sua natureza amigável e pacífica, o golden lab é um animal de companhia muito apreciado pelas famílias, inclusive com crianças. Além disso, devido ao seu bom temperamento e predisposição para o aprendizado, é uma boa escolha até mesmo como primeiro animal de estimação.

Claro, você deve ser responsável pelo seu cuidado e aprendizado, bem como pela firmeza de seu tutor como líder. Lembre-se de que ser firme não significa ser agressivo com o cão, mas ensiná-lo a obediência a partir do respeito.

O ideal é que se você optar por um goldador como animal de estimação, ele deve ser criado em um local com bastante espaço ao ar livre para que o cão tenha mobilidade. Apartamentos pequenos não são recomendados para esses cães, embora possam se adaptar se forem levados para passeios várias vezes ao dia.

Um goldador ou um laboratório de ouro.

Por último, é importante destacar que se trata de um cão sociável, que se dá bem mesmo com estranhos. Por isso, seu tutor não é a sua principal missão. Normalmente tem um bom comportamento com outros cães, mas para garantir a sua convivência o ideal é que cresçam juntos.

Pode interessar a você...
Dicas para a criação do golden retriever
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Dicas para a criação do golden retriever

Sobre a criação do Golden Retriever, devemos levar em conta o grande número de tópicos e conselhos relacionados a uma dieta balanceada e treinament...