Heterocromia em gatos e cães: uma condição peculiar

· novembro 30, 2018

A heterocromia uma condição anatômica que faz com que cães e gatos tenham um olho de cada cor, ou a mesma íris com coloração diferente.

Há uma condição anatômica que faz com que as íris dos olhos de um ser humano ou de um animal sejam de cores diferentes. Por isso, hoje falaremos sobre a heterocromia em cães e gatos.

Saiba detalhes sobre essa condição em particular

Embora essa variação de cor também possa afetar o pelo ou a pele, é mais comum ser vista nos olhos.

Nesse caso, também é conhecida como heterocromia da íris ou heterocromia do Iridum. Sua causa é um excesso ou escassez de um pigmento chamado melanina.

Vale ressaltar que essa particularidade não afeta a qualidade da visão e que, na maioria das vezes, ela se manifesta em filhotes e por razões genéticas. Além disso, há diferentes tipos de heterocromia:

  • Completa: é o mais comum. Ou seja, um olho de cada cor.
  • Parcial ou setorial: cores diferentes na mesma íris. Nesse caso, esta condição é geralmente causada por condições hereditárias, como a síndrome de Waardenburg ou a doença de Hirschsprung.
  • Central: o centro da íris é de uma cor diferente da parte médio-periférica.

Animais com pelo branco ou apresentando manchas tendem a ter essa característica. No entanto, em qualquer caso, a heterocromia pode aparecer em gatos e cães de diferentes cores e raças.

Hoje falamos sobre a heterocromia, uma condição anatômica que faz com que cães e gatos tenham um olho de cada cor, ou a mesma íris com coloração diferente.

Como a heterocromia se manifesta em gatos

A heterocromia completa é mais comumente observada em gatos, especialmente naqueles com um gene epistático branco dominante ou um gene de mancha branca, que gera espécimes com pelo bicolor.

Geralmente, os animais têm um olho azul e outro olho verde, amarelo ou cobre. No entanto, também há casos de felinos com várias cores em um olho.

heterocromia em gatos

Enquanto muitos acreditam que os gatos com duas cores dos olhos são surdos, a maioria (cerca de 70%) pode ouvir sem dificuldade.

Entretanto, gatinhos brancos com um ou ambos os olhos azuis têm uma maior predisposição para sofrer de surdez.

Devemos levar em conta que os gatos domésticos nascem com olhos azuis devido à escassez de melanina.

Além disso, seu tom verdadeiro se forma entre a 7ª e a 12ª semana de sua vida.

As raças de gatos que mais comumente apresentam essa irregularidade são:

  • Angorá turco
  • Persa
  • Bobtail Japonês
  • Van turco
  • Khao Manee
  • Esfinge
  • Shorthair britânico

Heterocromia em cães

Os cães também podem apresentar heterocromia completa. Dessa forma, esta condição geralmente ocorre em raças como o Husky Siberiano, o Dálmata ou o Pastor Australiano.

Husky siberiano com heterocromia parcial

A heterocromia parcial, por outro lado, geralmente aparece também em pastores australianos e em espécimes de:

  • Border collie
  • Dog Alemão
  • Corgi galês de Pembroke

No entanto, não é necessário que os cães sejam de raça para desenvolver esta condição. A heterocromia se manifesta, além disso, em animais de raças mistas.

Outras informações sobre a coloração dos olhos

Tenha em mente que íris de cores diferentes também podem ser causadas por outras causas. Entre elas:

  • Lesões, hemorragias, inflamações ou objetos estranhos no olho
  • Mosaicismo genético
  • Glaucoma
  • Alguns medicamentos

Em qualquer caso, na menor dúvida você deve consultar o veterinário para determinar se o animal de estimação requer qualquer tipo de tratamento ou cuidados especiais.

A verdade é que gatos e cachorros com essa característica, de raça ou não, chamam a atenção para a coloração dos olhos, que lhes conferem uma beleza particular.

Mas de todo modo, se você tem um animal de estimação com heterocromia, certifique-se de que ele não tem um problema de saúde.