Homenagem aos cães abandonados no México

Homenagem aos cães abandonados no México

Última atualização: 21 Junho, 2017

Cada vez mais as cidades fazem homenagens aos cães abandonados. Esse é o caso, por exemplo, da Cidade do México e de Barcelona, na Espanha. Hoje, queremos falar de outra cidade mexicana, Guadalajara, que chegou a construir um monumento aos cães abandonados

A seguir, falaremos um pouco mais dessa iniciativa e de como surgiu essa ideia.

O monumento em homenagem aos cães abandonados de Guadalajara

Essa iniciativa surgiu em uma associação chamada Échanos la pata. O objetivo era promover os cuidados com os cães que vivem nas ruas.

Muitos animais de rua se relacionam entre eles e, com isso, têm filhotes que, com o tempo, vivem nas ruas também e se tornam cães de rua. Existem duas maneiras de evitar isso:

  • Castração
  • Adoção

Quando uma pessoa quer adotar um cão, normalmente procura um com um tipo físico agradável aos olhos. Geralmente, eles costumam ser os de raça. No entanto, qualquer cão pode nos oferecer carinho e o calor que buscamos em um animal de companhia. Mas isso não parece ser o que a maioria das pessoas acredita.

Para começar a conscientizar as pessoas, inauguraram a Unidade de Proteção Animal. Ela provê a ajuda especializada para os cuidados do animal, assim como o respeito aos seus direitos.

Muitos se perguntaram por que fazer um monumento para um cão abandonado. A diretora do projeto, Sandra Origel, explicou que, “para nós, eles são guerreiros de quatro patas que passam fome, frio, sofrem maus-tratos e enfrentam a indiferença humana”.

Quando inauguraram o monumento, o evento aconteceu no Parque Itália, e foram feitas 150 cirurgias de castração gratuitas na ocasião.

Outras homenagens a animais

O caso de Guadalajara não é o único. Já foram feitas várias estátuas e outros monumentos para homenagear cães de rua. Como por exemplo:

  • Hachicko. No começo ele não era um cão de rua, mas sim um animal de companhia que ia com o seu dono todos os dias até a estação. No entanto, quando seu dono morreu, Hachicko passou a viver nas ruas e em frente da estação que nunca trouxe o seu dono de volta.
  • A gata de Istambul. Dizem que Istambul é a cidade dos gatos, e demonstrou isso quando fizeram uma estátua em homenagem à uma gata de rua que toda cidade conhecia. Além disso, fazia movimentos estranhos e divertidos às vezes, e as pessoas da cidade se lembravam disso. A sua estátua está sobre um banco, em que ela está em uma de suas posturas preferidas.
  • O salão de animais abandonados de Barcelona. Essa é uma iniciativa que busca conscientizar as pessoas dos danos causados pelo abandono dos animais. Todos os anos, fazem homenagens a um animal que tenha perdido a sua vida por ter sido abandonado à própria sorte.
  • Moaña, na Galícia. Esse lugar fez uma escultura em homenagem aos cães abandonados. Mas nesse caso, fizeram para os cães de Cantábrico e para Lobi, um cão que esteve ao lado de seu dono a sua vida inteira.
  • Aos cães de caça. Nesse caso, foi um fotógrafo que, através de uma reportagem, prestou homenagem aos cães de caça que são abandonados pelos seus donos, uma vez que não são mais úteis. Isso é triste, mas é uma realidade.

Ficamos muito felizes que existam pessoas que são conscientes de que o abandono é um mal que deve ser erradicado. Que os animais são seres vivos dependentes de nós e que não podem ser abandonados à própria sorte.

Faça também a sua parte, ajudando as associações que lutam contra esse mal ou adotando um desses animais. Você nunca irá se arrepender disso.