Kong: o novo brinquedo para cães

julho 20, 2017

Os avanços em todos os campos do conhecimento obtidos pelo ser humano não deixam de nos surpreender. O mesmo acontece no caso dos nossos animais de estimação. Toda hora são lançados mais e mais acessórios que tornam a vida deles mais alegre e facilitam a nossa vida. Esse é o caso dos brinquedos Kong. Você quer conhecê-los?

O que é o brinquedo Kong?

Fonte: Facebook de Kong

O brinquedo Kong tem um formato de pera, com uns gominhos muito divertidos, e está à venda em diversas cores. Ele ganhou popularidade porque é duro, sem causar danos aos dentes do animal, o que faz com que seja um brinquedo resistente e quase indestrutível.

O mais curioso desse brinquedo é o fato de ser possível colocar comida dentro dele. O objetivo disso é atrair a atenção do nosso animal de estimação, que vai querer passar o dia todo brincando, com o objetivo de retirar o alimento que está em seu interior.

Por que o Kong faz bem para o cão

Esse brinquedo, além de ser durável e confiável, fará com que nosso cão trabalhe sua mente. Ele tentará de mil e uma maneiras retirar o alimento de dentro do brinquedo.

Além disso, pelo fato de atrair sua atenção, ele diminuirá o tédio de nosso animal de estimação, sobretudo, se ele passa muito tempo sozinho em casa.

No entanto, muitos donos que compraram o brinquedo se deram conta de que o cão se emociona com ele nos primeiros dias e logo se esquece dele. Isso acontece porque o Kong deveria vir junto com um manual de instruções.

Dizemos isso porque acredita-se que, para fazermos um uso correto desse brinquedo, precisamos de um adestramento completo, ou então o animal perderá seu interesse.

Como usar de forma correta o Kong

O problema se encontra no fato de que, se o cachorro luta sem cessar para conseguir retirar a comida de dentro do brinquedo e não consegue, ele se frustrará e desistirá de fazer isso. Por isso, existe um passo a passo a ser seguido para um uso correto do Kong.

Passo 1

A melhor coisa a se fazer quando trouxermos pela primeira vez esse brinquedo para nosso cachorro é colocar pouca comida e soltá-lo. Se colocarmos a comida muito compacta, ficará difícil retirá-la de dentro do brinquedo e é possível que, inclusive, o animal fique estressado.

Alguns grãozinhos de ração que fiquem se movimentando dentro do Kong serão mais do que suficientes para começar. Não importa se ele demorar um pouco para retirá-los, deixe-o brincar e aprender.

Passo 2

O segundo passo será umedecer a ração ou pôr um pouco de comida que seja, de certa forma, pegajosa. Assim, ficará um pouco mais difícil para ele retirá-la de dentro do brinquedo.

Pratique ao longo de alguns dias. Toda vez que ele for tentar retirar a comida de dentro do brinquedo, o esforço será menor e poderemos passar para a etapa seguinte.

Passo 3

Ao invés de colocar vários pedacinhos de alimentos, colocaremos apenas um, mas grande, como um biscoito. Ele não deve ser tão grande de modo a impedir a sua retirada, mas, sim, deve aumentar o grau de dificuldade em relação à etapa anterior.

Passo 4

Fonte: Facebook de Kong

Este será o último passo. Seu animal já estará apaixonado pelo brinquedo e você não terá mais que se preocupar no trabalho em relação ao que está fazendo o seu animal de estimação. Ele estará brincando com seu Kong.

O último passo é rechear até a metade do Kong com ração, e o restante com água. Deixe-o descansando por uns minutos para que a ração inche, e o dê o brinquedo ao animal. Vai ser a etapa com dificuldade máxima para ele, mas como já aprendeu por repetição, ele continuará tentando até conseguir.

Você deve premiar o seu animal em cada etapa que ele cumprir bem durante o processo de aprendizagem. Lembre-se de que o reforço positivo sempre é a melhor forma de ensinar um animal de estimação.

Se você quiser, de vez em quando, deixe alguma guloseima dentro do seu Kong; com certeza ele vai adorar!

Fonte das imagens: Facebook de KONG