Mantenha seu cão bonito durante o inverno

Banhos no inverno podem trazer complicações de saúde para o seu cachorro se não forem feitos da maneira correta. Aqui estão algumas dicas para evitá-los.
Mantenha seu cão bonito durante o inverno
Sara González Juárez

Escrito e verificado por a psicóloga Sara González Juárez.

Última atualização: 28 fevereiro, 2023

Os cães de pelagem comprida, assim como os mais aventureiros quando brincam em lamas e poças, ainda precisam de banhos no inverno. No entanto, nesta época, a imersão é mais arriscada do que no verão, quando o cachorro pode se deitar para se secar em qualquer lugar.

Por isso, neste artigo damos algumas dicas para que essa rotina de higiene não se torne um perigo para a saúde do seu melhor amigo. Não perca nada, porque fazer certo pode significar a diferença entre ter uma boa aparência e precisar levar o animal ao veterinário.

Perigos de dar banho no cachorro no inverno

Você sabe quando dar banho em cachorro?

Os cães têm uma camada protetora de pelos (às vezes duas) que os protege do frio. Isso, por sua vez, mantém um equilíbrio fisiológico que evita patógenos e outras doenças. É por isso que os banhos dos cães devem ser espaçados ao longo do tempo e feitos de uma determinada maneira.

Mais do que a temperatura da água, o problema de dar banho no cachorro no inverno é o que vem depois, a secagem. Se não for feita corretamente, há o risco de aparecerem diferentes complicações:

  • Pneumonia e outras doenças respiratórias: o corpo fica frio após o banho, mesmo que a água esteja quente. Seu cão não deve secar ao ar livre se estiver frio.
  • Problemas de pele e perda da qualidade da pelagem: banhá-lo com muita frequência ou com produtos não especializados para canídeos pode causar complicações como dermatite por umidade ou perda da camada de gordura da pelagem.
  • Dores musculares: o frio predispõe a contraturas, principalmente em cães muito idosos ou que já apresentam problemas associados.
  • Otite: alguns cães, especialmente aqueles com orelhas de abano, são propensos a infecções de ouvido. Se a água entrar e o ouvido ficar frio, eles podem sofrer desse problema.

Dicas para dar banho em seu cão no inverno

Como você pode ver, a higiene do seu cão no inverno exige mais cuidado do que no verão, quando um banho de mangueira ou chuveiro pode ser suficiente. A seguir você encontrará, portanto, dicas para fazer certo e deixar seu amigo peludo bonito, seja qual for a estação.

1. Não dê banho com muita frequência

Isso é válido para todas as estações do ano. Como mencionado acima, a pele e o pelo têm um equilíbrio químico que é quebrado a cada banho, por isso não é uma boa ideia dar banho com muita frequência. Caso contrário, o corpo do animal não tem tempo de se recuperar e aparecem as dermatites, alergias, etc.

O ideal é dar banho no cachorro uma ou duas vezes por mês. Se você tiver que fazer dar um banho extra porque ele caiu em uma poça, tomou chuva ou rolou nas fezes, entre outros exemplos catastróficos, não tem problema. O importante é não dar banho no animal toda semana.

2. Controle as condições do banheiro

A temperatura do banheiro, a água ou o tempo que fica molhado são alguns exemplos. O importante é que o cachorro não fique resfriado durante o banho. Você pode usar aquecedores, água morna e não demorar muito no momento de ensaboá-lo.

3. Seque-o muito bem

Alguns cães não toleram o secador, pois são sensíveis ao ruído e ao jato de ar. Se você tiver sorte e o seu cão suportar bem isso ou até gostar, não deixe de secá-lo (e use ar morno, não frio). No entanto, se você achar que isso o incomoda muito, deixe-o sacudir a água o quanto for necessário e esfregue-o bem com a toalha.

Então é conveniente que você o deixe em um cômodo climatizado e coberto para que ele não passe frio.

4. Considere o uso de xampu seco e produtos específicos

Alguns cães reúnem todas as condições para um banho diário: pelos longos e grossos, gosto pela lama, mau cheiro corporal, etc. Mesmo assim, não deve ser banhado com muita frequência, por isso os xampus a seco são a escolha ideal para lavagens de emergência.

Por outro lado, lembre-se sempre de usar produtos específicos para cães, nunca para outras espécies. Isso garantirá maior proteção ao pelo, à pele e a substâncias que não sejam tóxicas ou muito fortes, como é o caso dos perfumes.

Uma estratégia para cada cachorro no inverno

Cães com casaco.

Por fim, lembre-se de que os melhores dias para dar banho no seu cachorro no inverno são os ensolarados, mesmo que faça frio. Se o seu amigo peludo puder deitar ao sol para se secar, você evitará muitos problemas causados pelas baixas temperaturas.

Da mesma forma, recorrer a um tosador de cães também é uma boa opção para aqueles espécimes cuja pelagem requer cuidados especiais. Nesses estabelecimentos, trabalham profissionais especialistas no manejo, nos produtos e na saúde estética do seu cão. Eles não apenas deixarão seu cãozinho com boa aparência, como também garantirão seu bem-estar físico.


Todas as fontes citadas foram minuciosamente revisadas por nossa equipe para garantir sua qualidade, confiabilidade, atualidade e validade. A bibliografia deste artigo foi considerada confiável e precisa academicamente ou cientificamente.



Este texto é fornecido apenas para fins informativos e não substitui a consulta com um profissional. Em caso de dúvida, consulte o seu especialista.