O óleo de linhaça é benéfico para os cães?

10 Dezembro, 2020
O óleo de linhaça vem da planta do linho e tem muitas propriedades benéficas para os animais se o usarmos nas quantidades recomendadas.

A linhaça é a semente da planta do linho ou Linum usitatissimum. É dessa semente que se extrai o óleo, muito rico em ácidos graxos e antioxidantes. O óleo de linhaça para cães pode ser um suplemento muito benéfico para sua alimentação.

O óleo de linhaça é benéfico para os cães?

O que é o óleo de linhaça?

O óleo de linhaça é a fonte vegetal do ácido alfa-linolênico, um ácido graxo essencial, o componente básico dos ácidos graxos ômega 3. A linhaça contém três vezes mais ácidos graxos ômega 3 do que ômega 6. Outros componentes do óleo de linhaça são a fibras e a lignina.

Outras fontes de ômega 3 são vegetais verde-escuros e certos óleos de origem vegetal que são menos assimiláveis ​​para os animais.

Benefícios do óleo de linhaça

O uso regular do óleo de linhaça reduz o colesterol, a hipertensão e é bom para prevenir problemas cardíacos. Também ajuda a fortalecer o sistema imunológico dos cães.

A linhaça é reconhecida por seu potencial de reduzir o risco de algumas doenças crônicas, bem como de melhorar a espessura e o brilho da pelagem. Também preserva melhor os produtos processados, como rações, protegendo-os da oxidação durante o processo de cozimento e aumentando a vida útil do produto.

Os ácidos graxos da semente de linhaça (ômega 3 e ômega 6) têm muitos efeitos benéficos, como:

  • Efeitos anti-inflamatórios.
  • Fortalece o sistema imunológico: é benéfico para animais com alergia.
  • Melhora a pele e o pelo.
  • Melhora a osteoartrite e os problemas articulares.
  • Reduz a constrição dos vasos sanguíneos, diminuindo a pressão arterial.
  • Ajuda o funcionamento dos rins.
  • Reduz o risco de ataques cardíacos.

As bactérias intestinais transformam o ácido linolênico em ácido graxo eicosapentaenoico, que o cão é capaz de digerir.

As fibras que também fazem parte do óleo de linhaça contribuem para a prevenção da prisão de ventre e auxiliam a saúde gastrointestinal.

A lignina é outro dos seus componentes e possui propriedades antifúngicas e antivirais. Também é transformada no intestino pela flora bacteriana em produtos utilizáveis ​​pelo animal. Essas ligninas transformadas têm propriedades antioxidantes e protegem as membranas celulares, enquanto mantêm os níveis de colesterol baixos.

Como incorporar na dieta?

Como incorporar na dieta?

Muitas rações já incluem o óleo de linhaça em sua composição e, se a ração for boa, também contém as quantidades recomendadas de ácidos graxos ômega 3 e ômega 6 de diferentes fontes vegetais e animais. Contudo, se você quiser incorporá-lo na dieta, é preciso levar em consideração o peso corporal do animal.

O óleo de linhaça está disponível em cápsulas. É mais digerível do que as próprias sementes e mais fácil para o cão ingerir, mas é muito importante seguir as instruções da bula e não administrar linhaça em excesso na dieta do cão.

É aconselhável consultar o veterinário antes de incorporar regularmente um suplemento à dieta do animal, principalmente se ele sofrer de problemas de saúde como diabetes, hipoglicemia ou problemas intestinais.

Outros óleos benéficos

Outros óleos benéficos

O óleo de salmão, o óleo de fígado de bacalhau, o azeite, entre outros, também são benéficos para os cães pela mesma razão: contêm uma elevada percentagem de ácidos graxos que proporcionam benefícios para a saúde do cão.

No entanto, não devemos confundi-lo com medicamentos. Os óleos vegetais ou animais podem ser um suplemento na dieta, uma prevenção para manter a saúde do animal, mas nunca substituirão um tratamento para alguma doença ou o diagnóstico de um veterinário.

O óleo de linhaça para cães tem muitos benefícios, mas é importante conservá-lo bem depois de aberto para manter suas propriedades nutricionais e prevenir que estrague. Certifique-se de seguir as instruções para dar ao seu cão a dose correta e manter o produto nas melhores condições.

  • KENNEDY (2010).Descripción de Ingredientes usados en nuestras Fórmulas DOC KENNEDY. Obtenida el 15 de enero del 2012. http://www.saveproducts.cl/downloads/doc_kennedy_ingredientes.pdf
  • R. Kempe and M. Saastamoinen. Effect of linseed cake supplementation on digestibility and faecal and haematological parameters in dogs, 2007.
  • Paula Jiménez P. Lilia Masson S. Vilma Quitral R. Composición química de semillas de chía, linaza y rosa mosqueta y su aporte en ácidos grasos omega-3, 2013.
  • Beynen AC, 2017. Flax in dog food