Os humanos não inventaram a agricultura

· fevereiro 25, 2019
Muitos não sabem que os humanos não inventaram a agricultura: as formigas têm nutrido, domesticado e protegido as plantações há milhões de anos.

A agricultura é, sem dúvida, um dos maiores feitos da história da humanidade que, juntamente com outras invenções, nos permitiu superar o Paleolítico. Mas você sabia que os humanos não inventaram a agricultura?

Os humanos não inventaram a agricultura: foram as formigas

Considera-se que a agricultura surgiu há cerca de 12 mil anos, na Ásia. Juntamente com a pecuária, permitiu que o ser humano se estabelecesse e começasse a desenvolver um conjunto de tecnologias que nos trouxeram até aqui.

Mas um novo estudo revelou que as formigas cultivavam cogumelos há pelo menos 60 milhões de anos.

colonias de formigas

No entanto, esta história não é nova: existem algumas espécies de formigas agricultoras. Por isso, dizer que os humanos não inventaram a agricultura não é brincadeira, ou pelo menos eles não foram os primeiros a iniciar tal prática.

Os pesquisadores acreditam que este novo estudo demonstra que a capacidade de cultivo das formigas evoluiu várias vezes separadamente, um fato conhecido como evolução convergente.

As formigas cultivam fungos que permanecem em simbiose com actinobactérias. Ambos os organismos sobrevivem e fornecem alimento às formigas.

Estas actinobactérias também permitem controlar os parasitismos fúngicos sobre as “plantações” das formigas.

E quanto aos pesticidas?

Especificamente, as bactérias pertencem ao gênero Pseudonocardia, e são conhecidas por manter essa simbiose com muitas formigas cortadeiras, que vivem em vários países latino-americanos.

Essas formigas têm um tipo de compartimento conhecido como cripta, no qual esses animais transportam actinobactérias. 

A descoberta foi feita nas bolas de ar presentes em âmbar fossilizado, que permitiram verificar a antiga atividade das actinobactérias.

Nas formigas cortadeiras de hoje, essa simbiose já era conhecida e permite que as formigas tenham autênticos antibióticos portáteis e possam, assim, fertilizar a colheita.

O processo de agricultura nas formigas poderia ser mais real do que parece, já que as formigas domesticaram um fungo que não produz esporosEssa “domesticação” seria anterior a qualquer ação do homem, já que ocorreu há 15 milhões de anos.

formiga carregando folha

As formigas chegam inclusive a eliminar os restos da colheita para não estimular o crescimento de parasitas e manter a saúde de sua horta particular.

Entretanto, outras formigas fornecem material de cultivo fresco para manter assim o fornecimento de alimentos para a colônia, deixando claro que os humanos não inventaram a agricultura.

As formigas cultivadoras de fungos são reais e fazem um trabalho muito semelhante ao dos seres humanos.

Curiosamente, as colônias de formigas nunca apresentam sinais de resistência aos antibióticos; algo que faria sentido depois de milhares de anos, dependendo das actinobactérias.

Os pesquisadores acreditam que as formigas poderiam ser úteis para descobrirmos mais sobre a resistência aos antibióticos, que é uma das maiores ameaças à saúde humana no século 21.

  • Munkacsi, A. B., Pan, J. J., Villesen, P., Mueller, U. G., Blackwell, M., & McLaughlin, D. J. (2004). Convergent coevolution in the domestication of coral mushrooms by fungus–growing ants. Proceedings of the Royal Society of London B: Biological Sciences271(1550), 1777-1782.