Peixe-gato invertido: características, comportamento e alimentação

O peixe-gato invertido está no mercado de animais de estimação de aquário há poucos anos. Por esse motivo, não é tão conhecido como outros tipos de bagres, como os corydoras e os plecostomus.
Peixe-gato invertido: características, comportamento e alimentação

Última atualização: 18 Abril, 2021

O peixe-gato invertido (Synodontis nigriventris) é uma espécie de peixe de água doce nativa da bacia do rio Congo Central. Em seu local de distribuição é um animal bastante difundido e, a princípio, não sofre ameaças que possam colocar em risco a conservação da espécie.

Por outro lado, esse peixe é relativamente novo como animal de estimação em aquários caseiros e traz uma nova visão aos peixes-gato ou bagres (siluriformes), embora não seja tão fácil de encontrar em qualquer loja especializada. Até agora, os corydoras e os plecostomus dominavam o mundo dos aquários, mas esse é um peixe de fundo muito curioso e igualmente pacífico.

O mais impressionante nesse peixe é que ele nada de costas, daí o nome “invertido”. A seguir, vamos apresentar mais informações sobre as características, o comportamento e a dieta desse animal em cativeiro.

Identificação de Synodontis nigriventris

O corpo do peixe-gato invertido é deprimido lateralmente, como o de muitos outros peixes, embora não daqueles que habitam o fundo – como esse exemplar. Por outro lado, a cor da espécie varia em faixas de cores de cinza e creme.

Esse animal de tamanho médio pode ter manchas mais escuras em todo o corpo. O primeiro espinho da barbatana dorsal é muito mais comprido que os outros, assim como os primeiros espinhos das barbatanas caudais. É muito fácil distingui-lo de outros siluriformes, especialmente pelo formato de seu corpo.

Como um bom peixe de fundo – também chamado de bentopelágico -, esse animal apresenta longos bigodes (barbilhões) que saem de sua boca. Esses bigodes são sensoriais e ajudam a encontrar comida no fundo dos rios.

Um peixe-gato em um tanque de peixes.

Quais são as necessidades do peixe-gato invertido?

O Synodontis nigriventris pode atingir 10 centímetros de comprimento, por isso não é considerado um peixe pequeno, mas também não é grande. Portanto, o aquário para peixes-gato invertidos não pode ter uma capacidade inferior a 50 litros.

Além disso, esse animal requer um substrato de areia grossa que não tenha bordas afiadas. Por passar muito tempo procurando alimento no substrato, se este for pontiagudo, seus bigodes podem ser danificados, causando infecções que muitas vezes colocam a vida do peixe em risco.

No substrato deve haver um grande número de plantas. Elas ajudam o animal a se refugiar durante o dia e reduzem a quantidade de luz recebida, uma vez que necessita apenas moderadamente de iluminação. Por esse mesmo motivo, no aquário deve haver plantas flutuantes que impeçam parcialmente a incidência de luz no fundo.

Características físico-químicas da água

Por se tratarem de peixes de águas continentais tropicais, vários parâmetros devem ser levados em consideração antes da introdução de espécimes de peixes-gato invertidos no aquário. Dentre eles, destacamos os seguintes:

  • Temperatura: a temperatura da água deve ficar entre 22 e 26 ºC. No entanto, há registros que indicam que esses peixes podem tolerar uma faixa um pouco mais ampla, entre 20 e 28 ºC.
  • pH : esse animal suporta baixos níveis de pH, entre 6 e 7,5.
  • GH: em relação à dureza, os bagres invertidos toleram mais variabilidade, entre 4 e 15.

Comportamento do peixe-gato invertido

O peixe-gato invertido é um animal gregário. Talvez não nade como outras espécies em grupo por todo o aquário, preferindo viver com outros indivíduos da mesma espécie. Dessa forma, ele se sente mais seguro para sair do esconderijo e dar uma volta pelo aquário com tranquilidade.

É um animal muito pacífico que não terá problemas para viver em um aquário comunitário, desde que tenha espaço suficiente e nenhum peixe maior o incomode.

Como tem uma personalidade arisca e devido ao aumento de sua atividade durante a noite, Synodontis nigriventris precisa de muitos esconderijos, além de um aquário densamente plantado – como já dissemos. Outra razão pela qual cavernas e esconderijos devem estar presentes é porque, caso contrário, os espécimes adultos não se reproduzirão.

Se sua dieta for baseada em alimento vivo para peixes, as chances de se reproduzirem são muito maiores. Uma vez fecundada, a fêmea deposita os ovos dentro de uma caverna. Ao nascer, os alevinos se alimentam do saco vitelino por 4 dias: após esse período, é fundamental alimentar os filhotes com náuplios de artêmia.

A alimentação do Synodontis nigriventris

O Synodontis nigriventris é considerado um animal carnívoro. Sua dieta se baseia em invertebrados – não é aconselhável colocá-lo em um aquário com camarões -, ovos de outros peixes e até cadáveres em decomposição. Além disso, esses animais podem ser alimentados com papinhas caseiras de frutos do mar, vegetais e peixes.

No entanto, sua comida favorita são as larvas de mosquito. Sua peculiar forma de natação facilita muito para que ele consiga pegar as pequenas larvas que se contorcem na superfície da água.

Um bagre invertido em uma posição muito marcante.

Em geral, o peixe-gato invertido é um animal de estimação fácil de cuidar que até mesmo um iniciante no mundo dos aquários conseguiria dar conta. Contanto que o ambiente certo seja fornecido, esse animal viverá bem em cativeiro.

Pode interessar a você...
Acará-disco: uma espécie exótica de água doce
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Acará-disco: uma espécie exótica de água doce

Considerados os reis do aquário pelo cuidado rigoroso exigido, os acarás-disco são um dos mais belos exemplares de água doce.