Plantas perigosas para gatos

Nós, que vivemos com gatos, sabemos a fixação dos felinos por mordiscar e brincar com plantas. É raro encontrar uma casa com plantas e um gatinho que esteja em condições impecáveis de arrumação. No entanto, nem todas as plantas são seguras para os gatos tentarem comê-las ou colocá-las na boca e mordê-las. Por isso, compilamos essa lista de plantas perigosas para eles. Se você tem uma dessas plantas em casa, como precaução, é melhor deixá-la fora do alcance do seu gatinho.

A maioria das plantas tóxicas causam dor, vômito ou diarreia como seus primeiros sintomas. Se houver a menor suspeita de que o gato ficou intoxicado com alguma coisa (sejam plantas ou qualquer outro material), você deve ir ao veterinário o mais rápido possível e levar uma referência do que pode ter sido ingerido pelo gato. Se o profissional souber exatamente qual o veneno ou a substância que está prejudicando o animal, é possível aplicar o tratamento correto muito mais cedo. E, no caso de uma emergência como essa, cada minuto conta.

Plantas sazonais perigosas para gatos

Há duas plantas que definem o Natal: os abetos ou pinhos e a poinsétia (também conhecida como bico-de-papagaio). Já há alguns anos, nas redes sociais, quando novembro ou dezembro se aproximam, as mensagens começam a aparecer lembrando que a poinsétia, tão bonita e tradicional, é tóxica para os gatos. O simples contato com ela pode causar irritações na pele e nos olhos. Além disso, se o animal ingeri-la, o gato poderá sofre de vômitos, diarreia e outros problemas relacionados.

Plantas tóxicas para gatos

Também comum no período de Natal, o azevinho é perigoso para os gatos. Entretanto, só geram riscos caso sejam ingeridos seus frutos ou folhas.

O copo-de-leite, uma planta de flor branca, alta e com um pistilo amarelo muito característico, também é perigosa, não só pela sua ingestão, mas também porque pode irritar a pele e as mucosas do gato.

Plantas perigosas para gatos com flores

Os bulbos de plantas, como tulipas, jacintos, etc., são ligeiramente tóxicas para animais e pessoas. Normalmente, cães e gatos que estão intoxicados por terem mordiscado os bulbos dessas plantas, antes disso os desenterraram quando estavam brincando ou explorando.

Outras plantas perigosas para gatos com flores são a azaleia, a hortênsia e a begonia .

No caso da azaleia, toda a planta é tóxica, mas especialmente as folhas. Comer parte de uma folha de azaleia pode causar vômitos, diarreia e, além disso, convulsões e problemas neurológicos.

O envenenamento por begônias ou hortênsias é raro e geralmente não é grave. Mas você deve ter especial cuidado com as folhas e as hastes dessas plantas.

Plantas perigosas para gatos: as mais comuns

Existem outras plantas comuns em muitos jardins e terraços, como a aloe vera. Ela tem um uso medicinal bastante conhecido e generalizado, mas pode causar irritação nas mucosas. Todas as partes da costela de Adão são irritantes e podem causar até a paralisia da língua.

Outras plantas

Existem outros tipos de plantas que, embora não sejam domésticas ou habituais em casa, são perigosas para os gatos.

Plantas tóxicas para gatos

A dedaleira (digitalis purpurea) é especialmente perigosa. Toda a planta é tóxica e suas substâncias afetam o coração, causando arritmias ou batimentos muito lentos.

A hera é uma planta trepadeira muito comum em jardins públicos e na natureza, que pode ser encontrada enrolada pelas árvores ou paredes. A hera é venenosa para todos os animais e o contato com as pilosidades que cercam os caules causa irritação e inchaço. Em caso de ingestão, provoca vômitos e dificuldade em engolir.

A erva-moura afeta o sistema nervoso. Todas as partes dela, quando ingeridas, causam problemas neurológicos, como ataxia ou sonolência.

O eucalipto é uma árvore que se espalhou enormemente por todas as regiões do Brasil, nas últimas décadas. Sua fragrância é usada em detergentes ou desodorizantes. Ingerir uma folha de eucalipto faz com que os gatos vomitem, tenham problemas gastrointestinais, fraqueza e salivação excessiva.

A erva-gateira é conhecida por todos os amantes dos gato. Essa planta atua como uma droga e afeta felinos que cheiram ou se esfregam nela. Depois de um par de horas, o efeito passo e os gatos retomam sua vida normal.

Não foi detectado envenenamento grave por erva-gateira, mas ainda assim ela é uma erva tóxica para gatos. Um efeito semelhante ao causado por outros ervas da mesma família, como hortelã-verde, menta ou valeriana.

Existem muitas outras plantas tóxicas para gatos, uma vez que esta é apenas uma lista resumida das plantas perigosas para gatos mais comuns. Se você tiver qualquer suspeita de que seu animal de estimação tenha comido ou se esfregado contra algo que possa prejudicá-lo, você deve levá-lo para visitar um veterinário o mais rápido possível. Embora sempre seja bom lembrar que é melhor prevenir do que remediar. Se você tiver cuidado para que seu gato não tenha acesso a coisas perigosas para ele, você poupará muitos problemas para você e para o seu bichinho de estimação.

 

Recomendados para você