Por que a cor do vômito do meu cachorro é verde?

Vômito verde em cães pode indicar indigestão esporádica ou uma condição sistêmica grave. Aprenda junto com a gente a diferenciar o que é normal do que é patológico.
Por que a cor do vômito do meu cachorro é verde?

Última atualização: 23 Julho, 2021

Os cães são animais curiosos e inquisitivos por natureza. Nesse sentido, às vezes eles colocam na boca alimentos que não deveriam ou podem sofrer intoxicações por causa da ingestão de compostos químicos. Pode ser normal, mas se a cor do vômito do seu cachorro for verde repetidamente, isso certamente exigirá atenção veterinária e um diagnóstico preciso.

O vômito do cão pode dizer muito sobre o que ele acabou de comer, mas também sobre sua saúde e possíveis patologias subjacentes. Se o seu canídeo acabou de regurgitar uma substância verde e isso preocupa você, confira a seguir tudo o que se deve saber sobre o assunto.

O sistema digestivo dos cães

O sistema digestivo dos cães inclui todos os órgãos responsáveis pelo processamento dos alimentos. O percurso do bolo alimentar começa na boca, continua no esôfago e, em seguida, são envolvidos no processamento o estômago, o fígado, os intestinos, o pâncreas e, finalmente, o reto e o ânus.

As funções digestivas do trato gastrointestinal canino, e de todos os vertebrados, podem ser resumidas em 4 pontos, que são os seguintes:

  1. Digestão: é o processo de transformação por hidrólise dos alimentos em partículas pequenas o suficiente para atravessar a membrana plasmática. Várias enzimas (proteases, lipases, amilases, etc.) são responsáveis pela degradação dos macronutrientes. Os subprodutos são transformados em energia ou se tornam parte dos tecidos.
  2. Absorção de nutrientes: nesse processo, os nutrientes cruzam as barreiras gástricas e são incorporados à corrente sanguínea. A partir de então, passam para os tecidos e nutrem as células.
  3. Motilidade: graças às contrações da musculatura lisa, o alimento pode passar pelos intestinos. Neles, água, nutrientes e muitos outros compostos utilizáveis são reabsorvidos.
  4. Excreção: as fezes dos cães contêm todos os elementos que não são utilizáveis pelo corpo. Também carregam bactérias e outros elementos da microbiota intestinal.

Em uma situação normal, o alimento úmido realiza todo o percurso pelo trato gastrointestinal em cerca de 4 a 5 horas, enquanto o alimento seco leva um pouco mais de tempo, de 8 a 12 horas. Infelizmente, existem várias patologias que podem prejudicar o bom funcionamento desse sistema.

 

Um cachorro comendo arroz.

Por que a cor do vômito do cachorro é verde?

Antes de abordar essa questão, é necessário enfatizar que vômito e regurgitação não são a mesma coisa. Quando um canídeo regurgita, ele está expelindo alimentos ou compostos que ficaram presos em sua área traqueal ou boca. É um ato bastante comum e geralmente não é uma indicação de um problema. Nesses casos, o item regurgitado está babando e mastigado, mas não foi misturado ao suco gástrico.

Por outro lado, o vômito é muito mais escandaloso, já que o canídeo está esvaziando seu conteúdo gástrico de forma mais “interna”. Quando isso acontece, é possível observar os músculos abdominais do animal se contraindo, e é comum que ele produza algumas arfadas antes de vomitar. A seguir, vamos entender os motivos pelos quais um cachorro pode vomitar verde.

Vômito verde por ingestão de grama

As clorofilas são um conjunto de pigmentos que conferem às plantas a coloração verde das folhas. Os cães às vezes comem grama para incluir em sua dieta fibras, essenciais para a manutenção da microbiota intestinal, uma coleção de microrganismos simbióticos.

Por outro lado, o American Kennel Club enfatiza que os canídeos também comem vegetais para induzir o vômito e aliviar o desconforto intestinal. No entanto, menos de 25% dos cães vomitam depois de comer grama e apenas 10% mostram sinais de doença antes de consumi-la. Em outras palavras, os cães comem mais grama por deficiências ou tédio do que para induzir o vômito.

Seja como for, quando um cachorro come grama ou outros vegetais com clorofila, ele pode vomitar verde. Se isso acontecer de vez em quando, não deve ser um problema sério. De qualquer modo, se o comportamento se repetir ao longo do tempo , é necessário procurar o veterinário.

Vômito verde pela presença de bile

O vômito verde-amarelado em cães também pode indicar que seu estômago está vazio. A coloração nesses casos se deve à bile, um fluido que é sintetizado no fígado e armazenado na vesícula biliar, sendo então liberado no meio intestinal. Sais biliares, proteínas, colesterol, hormônios e água dão à bile sua cor esverdeada característica.

Se o cão vomitar bile com o estômago vazio, é necessária uma consulta com o veterinário, pois não é um evento fisiológico normal. Apresentamos 5 causas para esse possível evento:

  • Síndrome do vômito biliar (SBV): nessas condições, a bile “sobe” do intestino delgado para o estômago. Pode ser causada por defeitos fisiológicos ou por uma dieta baseada em alimentos muito gordurosos, entre outras coisas.
  • Doenças gastrointestinais: desde cânceres a síndromes intestinais crônicas, muitas condições podem provocar o vômito da bile.
  • Pancreatite: a inflamação crônica do pâncreas causa vômito, náusea, febre, dor abdominal e outras condições no canídeo. Conforme o animal doente vomita repetidamente, o conteúdo do estômago se esvazia e ele acaba expulsando a bile.
  • Bloqueios intestinais: o cão pode ter consumido um elemento que é impossível de digerir. Os bloqueios intestinais causam vômitos repetidos, razão pela qual a bile acaba saindo também.
  • Alergias: os cães também podem vomitar repetidamente por causa de alergias alimentares.

Se o cão vomitar verde devido à liberação contínua de bile, você deve levá-lo ao veterinário. Os ácidos estomacais podem causar danos irreversíveis ao esôfago e à boca, portanto, não perca tempo.

Doenças infecciosas

Se o seu cão vomitar por mais de 24 horas seguidas, é provável que ele esteja sofrendo de uma infecção entérica viral, bacteriana ou parasitária. O vômito também pode parecer verde pelo mesmo mecanismo mencionado acima: se o conteúdo do estômago for esvaziado, a próxima coisa a sair é a bile, de cor esverdeada.

As infecções gastrointestinais também podem se manifestar com apatia, febre, fraqueza geral e outros sinais clínicos.

Intoxicações químicas

Alguns compostos químicos são de cor verde, seja pela adição de corantes ou pela natureza dos elementos presentes. Se o seu cão ingerir um químico dessa cor, o mais normal é que a substância saia com a mesma tonalidade original, pois é algo que o animal não foi capaz de digerir.

Quando um cão sofre uma intoxicação química, além de vômitos, pode apresentar salivação excessiva, tontura, desorientação, micção excessiva, diarreia e outros sinais sistêmicos. Nesses casos, é necessária uma consulta de emergência com o veterinário, a fim realizar tratamentos com carvão ativado, lavagens gástricas e abordagens de suporte.

 

Vômito amarelado de um cachorro.

O que eu faço se meu cachorro vomitar verde?

Conforme indicado pelo site MSD Veterinary Manuals, deve ser feita uma distinção entre vômitos agudos e crônicos. Se um canídeo regurgitar material verde após comer grama, não há necessidade de se preocupar, mas se persistir por 3 ou 4 dias, é necessária uma consulta com o veterinário. Você também deve procurar ajuda profissional se o cão vomitar pouco, mas com frequência.

Se o cão vomitar verde e também apresentar febre e fraqueza, é mais provável que ele esteja com alguma infecção ou doença que afeta todo o sistema gastrointestinal. Seja como for, qualquer quadro que apresente sintomas por mais de 24 horas exige avaliação de um veterinário.

Pode interessar a você...
Vômitos marrons em cães: tudo que você precisa saber
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Vômitos marrons em cães: tudo que você precisa saber

O aparecimento de vômitos marrons em cães pode ser uma indicação de que algo muito mais sério está acontecendo, portanto, atenção!