Causas de vômito agudo em gatos

A colaboração dos donos na observação e coleta de uma amostra do vômito é fundamental para o diagnóstico veterinário.
Causas de vômito agudo em gatos

Última atualização: 07 Janeiro, 2021

Os felinos têm um sistema digestivo mais sensível do que outros animais de estimação, o que, combinado com a tendência de lamber o pelo, causa distúrbios gastrointestinais frequentes. No entanto, há casos em que o vômito agudo em gatos pode corresponder a uma doença mais séria.

Quando um gato vomita pela primeira vez, muitos donos tendem a ficar alarmados, principalmente se eles forem inexperientes em relação ao animal. Esse comportamento pode se tornar um ‘hábito’, fazendo com que o animal vomite até semanalmente.

Normalmente, a causa principal é a expulsão das chamadas bolas de pelo, pequenos tufos acompanhados de bile. Portanto, esses vômitos devem ser considerados benéficos, pois evitam potenciais bloqueios do trato intestinal.

As reações alérgicas, a ingestão de plantas tóxicas ou simplesmente a má digestão podem causar vômitos ocasionais. Nesses casos, os sintomas duram um ou dois dias e os veterinários costumam recomendar repouso alimentar e boa hidratação.

Normalmente, a causa principal é a expulsão das chamadas bolas de pelo

Se, ao contrário, o desconforto gastrointestinal se intensificar e for acompanhado por outros sintomas de doenças, haverá motivos para preocupação. O vômito agudo em gatos pode ser causado por vários fatores, portanto, a colaboração entre os donos e os veterinários é essencial.

Causas e diagnóstico

Para identificar a principal causa do vômito, os donos devem examinar o máximo de detalhes possível. A cor, o odor e a frequência dos vômitos, juntamente com qualquer comportamento incomum, servirão de referência para o especialista. Além disso, é preciso verificar se a incorporação de algum elemento na casa, alimento ou material, pode ter sido capaz de gerar reações alérgicas no animal.

Entre as muitas causas de vômito agudo em gatos estão: insolação, gastroenterite, presença de parasitas intestinais, insuficiência renal ou hepática, pancreatite ou até mesmo tumores.

A lista de patologias que apresentam vômitos dentre os seus sintomas é extensa. Portanto, antes de se preocupar, é aconselhável agir com a maior calma e objetividade possíveis para que o especialista possa avaliar o animal com eficácia.

Assim, recomenda-se que os proprietários, além da observação mencionada, coletem uma pequena amostra do vômito nas condições mais assépticas possíveis. Se houver presença abundante de muco, a causa pode ser um intestino inflamado. Alimentos mal digeridos podem ser causados ​​por intoxicação alimentar, ansiedade ou ingestão excessiva. Por sua vez, o excesso de bile está relacionado à inflamação intestinal ou pancreatite.

Causas e diagnóstico

A presença de sangue no vômito ou a existência de sintomas adicionais como febre, dor ou apatia podem indicar patologias graves.

Tratamento para o vômito agudo

Como em qualquer doença, a cura dependerá do fator patológico responsável. Entre os tratamentos mais comuns estão as mudanças na dieta, antibióticos para reduzir a febre ou tratar possíveis úlceras e medicamentos para controlar o vômito. As cirurgias de grande porte ou a administração de corticosteroides serão reservadas para os casos mais graves.

Além disso, o vômito agudo em gatos frequentemente causa desidratação ou desequilíbrio dos sais minerais. Por isso, é comum o animal ficar alguns dias hospitalizado, para que receba a administração dos fluidos intravenosos necessários.

No que se refere à prevenção dessas patologias, é fato que a autonomia dos gatos não pode ser limitada, pois eles são animais curiosos que tendem a explorar seu ambiente. No entanto, é aconselhável evitar todos os objetos que podem representar um risco potencial para o felino. Até mesmo fugas domésticas devem ser registradas em ambientes que não inspirem total confiança para a saúde do animal.

Pode interessar a você...
Quais são as plantas mais venenosas para os animais de estimação?
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Quais são as plantas mais venenosas para os animais de estimação?

Às vezes, o simples fato de tocar as plantas mais venenosas para os animais de estimação pode causar dermatites ou insuficiência respiratória.