Sintomas de bolas de pelo em gatos

julho 29, 2019
As bolas de pelo são um problema de saúde que afeta todos os gatos, em maior ou menor grau.

Sabemos que os felinos são muito higiênicos e passam várias horas por dia se limpando. Isso é muito bom, pois eles nunca ficam sujos. No entanto, este hábito também pode ter suas consequências negativas; por isso, é preciso ficar atento aos sintomas de bolas de pelo.

Neste artigo, informamos como identificá-los.

Por que as bolas de pelo se formam?

Como primeiro passo, temos que aprender um pouco sobre os hábitos e costumes dos gatos. Eles investem muito tempo em manter seu pelo limpo e em excelentes condições. É por isso que sua língua “arranha”, já que ele a usa para remover a sujeira e pentear os pelos.

Até aí tudo está perfeito, mas o problema é que os animais não têm a capacidade de cuspir o pelo que fica preso na língua e, assim, acabam engolindo-o. Isso acontece continuamente, e quando as bolas de pelo se formam no estômago, podem trazer várias complicações.

Devemos ter em mente que, embora os gatos sempre estejam se limpando e engulam seus pelos, durante os períodos de muda (principalmente antes dos meses quentes) esta situação piora.

É muito importante prestar atenção ao comportamento do nosso animal de estimação na primavera. Afinal, é necessário evitar que a produção de bolas de pelo se torne um problema sério de saúde.

Além disso, se você tiver um gato de pelos longos, como um persa, um Maine Coon, um angorá turco ou um balinês, é essencial prestar atenção ao tempo de queda do pelo antes do verão.

Gato assustado

Quais são os sintomas de bolas de pelo em gatos?

Na maioria dos casos, você verá e ouvirá que seu animal começa a tossir e, após alguns segundos, ejeta uma bola de pelo.

Quando ele estiver passando pela muda de pele, este episódio será recorrente e provavelmente também será acompanhado por outros sintomas ou mudanças em seu comportamento.

O quadro não deve ser mantido por mais de dois dias sem ser verificado por um veterinário. Estes são os principais sintomas da formação de bolas de pelo nos gatos:

Como prevenir e tratar esse problema?

Gato se lambendo

Como donos, queremos que nossos animais estejam sempre em boas condições e em perfeita saúde. Embora a formação de bolas de pelo em gatos seja normal e aconteça todos os anos, é necessário evitar possíveis complicações.

A primeira coisa que você pode fazer para evitar essa condição é escovar seu gato diariamente ou a cada dois dias. Desta forma, uma boa quantidade de pelos permanecerá na escova e irá para o lixo, não para o estômago.

Se você tiver um filhote, será mais fácil acostumá-lo com este hábito. No entanto, no caso do animal ser maior e não permitir o contato com a escova, você pode simplesmente aproveitar a oportunidade para acariciá-lo e remover os pelos com a mão.

É muito importante descartar a possibilidade de que o animal tenha um problema digestivo ou intestinal, como digestão lenta ou formação de fezes muito secas devido ao tipo de alimentação.

Alguns médicos indicam uma mudança na dieta, que inclui peixe, frango ou fígado para ajudar na evacuação.

Quando um gato sofre com a formação de bolas de pelo no estômago, alguns veterinários indicam um remédio que permite expeli-las pelas fezes. Você pode tentar dar erva-gateira, também conhecida como catnip, valeriana ou mesmo vaselina, sempre sob a supervisão de um profissional de confiança.