Por que meu cachorro lambe a boca?

novembro 3, 2019
Os cães se comunicam através da linguagem corporal. Você já se perguntou o que significa quando o seu cachorro lambe a boca? Este é um sinal de várias preocupações.

Você já se perguntou se, quando o seu cachorro lambe a boca, ele está tentando enviar uma mensagem? Se você observar um cachorro lambendo a boca, pode presumir que ele está comendo ou babando por alguma coisa. Mas e se não houver comida por perto? O que significa esse hábito?

Lamber a boca é um tipo de comunicação canina. Quando um cachorro lambe a boca, ele usa a linguagem corporal para que você saiba como ele está se sentindo. Se o seu cachorro lamber a boca, uma dessas situações pode estar acontecendo:

Ele está antecipando que receberá comida

A razão mais óbvia pela qual o seu cachorro lambe a boca é antecipar a comida. É comum que a antecipação também seja a causa do aumento da salivação.

Cachorro babando

Esse gesto é comum em humanos quando prevemos que algo muito saboroso está prestes a aparecer em nossa mesa.

Ele está enviando um sinal de apaziguamento

Segundo adestradores profissionais, o rápido movimento da língua de um cão dentro e fora dos lábios costuma ser um sinal de apaziguamento. Entre os treinadores de cães, o termo “sinais calmos” refere-se a lamber a boca e comportamentos semelhantes.

Tudo se resume a cães que lambem a boca se sentindo estressados ​​ou desconfortáveis ​​com o que acontece ao seu redor. Diante de uma situação que consideram uma ameaça, eles emitem um sinal de calma para evitar a agressão.

Um exemplo disso pode ser visto em cães que são repreendidos por uma travessura. Nessa situação, o cão pode ver seu dono como uma ameaça.

Então, o cão oferece um gesto de apaziguamento lambendo a própria boca e evitando o olhar. É uma forma que o cão usa para dizer que não é uma ameaça para a pessoa ou animal que está se comportando de forma agressiva.

O cachorro lambe a boca por medo

Um cachorro medroso também poderia lamber os lábios. Às vezes, os cães exibem gestos como lamber a boca e bocejar quando estão frustrados ou confusos.

Muitos donos percebem isso durante as sessões de treinamento, quando seus cães têm problemas para entender o que está sendo ensinado.

Ele sente náusea, dor física ou desconforto oral

Outra possível razão importante pela qual um cão lambe a boca é um problema relacionado à saúde, como náuseas, doença dentária ou dor na boca. Se o seu cão estiver lambendo os lábios ou babando mais do que o normal, uma visita ao veterinário pode descartar uma causa médica.

O cachorro lambe a boca por medo

Procure outros sinais de doença e monitore de perto o seu cão. Ele também pode estar sentindo desconforto físico ou problemas intestinais.

Um cachorro que lambe a boca pode sofrer de ansiedade

Há um estudo que examinou o comportamento canino que ocorre após a separação dos donos por 30 minutos, duas e quatro horas. Os pesquisadores observaram que, quanto mais longa a separação, mais os cães lambiam a boca e balançavam o corpo quando encontravam seus donos.

Se o seu cachorro lambe a boca quando está em uma consulta com o veterinário, ou outro local que o deixa nervoso, tente redirecionar a atenção dele de maneira positiva.

Por exemplo, você pode pedir que ele faça um truque e depois recompensá-lo por atender seu pedido. Evite confortar seu cão quando ele estiver desconfortável, pois isso apenas reforça seu medo ou ansiedade.

Finalmente, quando um cachorro lambe a boca, ele está expressando uma linguagem tácita enraizada na sobrevivência de viver com uma matilha.

Os cães desenvolveram sinais de calma como forma de se comunicar e evitar conflitos entre eles. Assim, estima-se que os cães tenham cerca de 30 sinais de calma. Eles usam esses sinais quando interagem com os seres humanos e com outros cães.

É importante observar quando, como e o que faz o seu cão lamber a boca, pois isso pode indicar ansiedade ou estresse. Cada cão é diferente, mas com um pouco de tempo e observação, você pode ‘ler’ as suas mensagens claramente.

  • Firnkes, A., Bartels, A., Bidoli, E., & Erhard, M. (2017). Appeasement signals used by dogs during dog–human communication. Journal of Veterinary Behavior, 19, 35-44.
  • Siniscalchi, M., d’Ingeo, S., Minunno, M., & Quaranta, A. (2018). Communication in dogs. Animals, 8(8), 131.
  • Bueno, R. Á. (2018). Etología canina: Guía básica sobre el comportamiento del perro. Veterinaria.
  • Ruíz Ferro, C., & Cantor Muñoz, P. (2019). ¿Cómo hablar perro?: perro negro, diseño animal. Repositorio de tesis de la Universidad de Bogotá Jorge Tadeo Lozano