Por que seu cachorro corre quando você lhe dá uma guloseima

· março 4, 2017

Fazer feliz nosso cachorro nos parece algo tão simples… Eles se conformam com pouco, com o que lhe damos, sem exigir nada mais do que o que estejamos dispostos ou possamos dar. No entanto, quando lhe damos algo especial, como uma guloseima, um osso ou um pedaço de carne, parece ter uma atitude egoísta e sair correndo na direção de um lugar afastado.

O que causa esse comportamento? É uma atitude egoísta realmente? É difícil acreditar que nossos cães possam ter o menor pingo de egoísmo correndo pelas veias, por causa disso, questionamos: por que age dessa forma?

Calma, a resposta é mais tranquilizadora do que você imagina. E, como sempre, para entender quem somos nós, devemos entender de onde viemos.

Por que um cão corre levando consigo as guloseimas

bulldog-americano-correndo

Devemos dar uma olhada na história e entender que os cães descendem dos lobos. Eles são dotados de um incrível instinto de sobrevivência. Seu cão, embora seja domesticado, ainda guarda parte desse instinto. Por isso, quando ele possui algo, quer conservá-lo a todo custo.

Possuir algo diferente como uma guloseima, um osso ou um pedaço de carne, faz com que seu animal de estimação se sinta detentor de um tesouro. Por isso, não tenha dúvida nem por um segundo que, quando ele pegá-la, se afastará como garantia de que ninguém vai tirá-la dele. Isso significa que ele desconfia de você ou de sua família?

Absolutamente não. É apenas que ele não pode lutar contra seu instinto natural. É um ato mecânico que ele tem. Na verdade, você deveria pode ser aproximar dele e tocá-lo sem problema. Se você fizer isso e seu cão grunhir ou tentar de morder, ele tem um problema de comportamento que você deve solucionar o quanto antes.

Para nós, o fato de o cão ver como um tesouro um pedacinho de alguma coisa, pode nos parecer algo sem importância, mas para ele é seu mundo, e esse é o momento especial dele; deixe-o desfrutar desse momento!

Por isso, vamos deixar claro que não se trata de uma atitude egoísta o seu cão sair correndo para aproveitar, sozinho, o prêmio dele, mas sim uma atitude instintiva. Pense que eles acham que apenas os mais fortes podem sobreviver, e se isolar para proteger sua “presa”, os faz se sentirem fortes e seguros.

Podemos dar guloseimas para o nosso cão?

guloseima-para-cao

Claro que sim. Elas podem ser guloseimas comerciais que foram pensadas especialmente para eles com a finalidade de cuidar de seus dentes, por exemplo. Entretanto, devemos estar conscientes de que não podemos abusar delas. Elas não devem fazer parte da dieta dele, mas sim ser um complemento ou servir de estímulo para o bom comportamento.

Podemos dar-lhes uma ou duas guloseimas, levando em consideração que são agradinhos, e ir adequando sempre o tamanho delas com o tamanho do cão. Além disso, podemos oferecer pedacinhos de presunto ou de carne, mas conscientes de que os estamos oferecendo como guloseimas.

Portanto, esse tipo de alimento não pode superar de jeito nenhum o equivalente a 10% da dieta dele.

Todos nós merecemos um agradinho, seu cachorro também. Mas, se nos excedemos neles, podemos provocar males a nosso animal, como problemas estomacais, diarreias, vômitos, deixá-los empanturrados etc.

Portanto, cuide da alimentação de seu animal, e, se você quiser lhe dar agradinhos, faça você mesmo; não tenha vergonha disso. Mas lembre-se sempre de fazer isso com equilíbrio e sem abusar. Ele agradecerá pela guloseima, se você souber como e quando lhe oferecer uma, e o vínculo entre vocês se fortalecerá enormemente.

Lembre-se de que seu animal de estimação depende de você em todos os aspectos, e a alimentação é a chave para o bom desenvolvimento dele. Lembre-se sempre de lhe dar produtos de qualidade, sejam eles ração ou guloseimas, para que, mais adiante, você não fique se lamentando.