Por que seu cão chora quando você sai?

· julho 11, 2018
Cães, como animais extremamente sociais, podem sofrer do que é conhecido como ansiedade de separação.

A vida agitada e os ritmos acelerados da cidade nos mantêm na rua a maior parte do tempo. Há poucos momentos do dia que podemos dedicar aos nossos cães, então, às vezes, eles ficam muito tristes e começam a chorar, mas, o que está realmente por trás desse comportamento, por que seu cão chora quando você sai?

Nossos amigos peludos são extremamente sociáveis, por isso não costumam se dar muito bem com a solidão. Além de chorar, eles podem desenvolver comportamentos agressivos, com tendências a causar danos à casa. Consequentemente, torna-se muito importante ter conhecimento sobre as causas e contribuir para o gerenciamento de sua solidão.

Como a solidão afeta os cães?

Normalmente os humanos, e até os animais de estimação, desfrutam de pequenas doses de solidão por dia, mas nunca em excesso. A maioria das pessoas não gosta de estar sempre sozinha, e nossos cães também não.

A ausência de tempo livre reduz o tempo de lazer ao lado de nosso pet. Isso, eventualmente, leva a consequências bastante negativas, tanto físicas quanto psicológicas, para o animal. Se seu cão chora quando você sai, uma das causas indiscutíveis pode ser a constante solidão.

Esses acompanhantes, durante o tempo em que ficam sozinhos em casa, apresentam comportamentos inadequados para chamar a atenção do dono. Agressão, comportamento destrutivo, movimentos repetitivos, uivos, latidos e choros contínuos são algumas das formas mais comuns pelas quais o cão expressa seus sentimentos.

É importante diferenciar entre a ansiedade causada pela solidão e pela separação. Esta última ocorre quando o cão se distancia de sua mãe, irmãos ou determinada pessoa com quem tem um forte elo, e mantém seu estado de estresse, mesmo estando acompanhado por outros parentes.

Cão triste

Razões pelas quais o seu cão chora quando você sai

Da mesma forma que seus ancestrais mais próximos, os lobos, os cães são animais sociais que, em geral, vivem em grupos na natureza. Mesmo quando estão em um ambiente doméstico, não podem se desassociar desse instinto, então nos adotam como parte de seu círculo social, uma nova matilha.

O cão chora quando fica completamente sozinho, como resultado de uma tendência natural a ficar triste e, em casos extremos, a sofrer da já mencionada ansiedade de separação.

Os possíveis traumas que podem ter sofrido ter no passado são outro gatilho para o desenvolvimento deste comportamento errático. Muitas vezes os filhotes abandonados passam muitas dificuldades antes de serem adotados, de modo que o medo de se sentirem sozinhos os deixa nervosos.

Mais uma razão pela qual o cão chora quando você sai são os maus hábitos adquiridos por causa do dono. Mimar nossos amigos e não lhes proporcionar uma educação correta, que lhes permita lidar com a solidão, leva ao apego excessivo, que devemos evitar, para mantermos um relacionamento saudável com eles.

Ansiedade de separação

O medo motiva tais comportamentos. Nosso cão se sente ameaçado, em perigo, por isso ativa seu estado de alerta, o que o leva à destruição de objetos, choro e desespero.

Este estado de ansiedade incontrolável para o nosso animal de estimação é natural em animais acostumados a viver em grupos. A verdade é que pelo menos 15% da população canina sofre desse mal. Se não prestarmos atenção suficiente ao seu comportamento, o cão poderá entrar em um estado de infelicidade, tristeza, estresse ou ansiedade.

Cão espera dono

Dicas para evitar que seu cão chore

É muito importante que seu parceiro aprenda a ficar sozinho. Se seu cão chora quando você sai, você deverá educá-lo para que ele não sofra estresse e deverá mantê-lo entretido enquanto você não estiver em casa. Faça brinquedos diferentes – ossos, mordedores ou jogos de inteligência – para gerenciar a ansiedade do seu animal de estimação, esse é um dos primeiros passos.

Um ambiente confortável, acolhedor e tranquilo ajudará a fazer com que ele se sinta mais seguro. Uma cama macia, e até mesmo em forma de caverna, lhe dará um espaço de refúgio, que encorajará sua estabilidade. É aconselhável, às vezes, deixar um rádio ligado para que o cão não se sinta mal com o silêncio absoluto.

Passear na rua antes de sair é outra boa atividade se o seu cão chorar quando você sai. O exercício irá cansá-lo e ele dormirá enquanto você estiver ausente. Se você for ficar fora por um longo período, alimente-o logo após a atividade física, para evitar torções do estômago e níveis mais baixos de ansiedade no animal.

Uma ótima opção, se você tem as condições e o desejo de fazê-lo, é adotar outro cão, para que ambos interajam. Mas isso é algo que não deve ser feito por impulso. Devemos considerar todos os fatores inerentes a um ou outro animal. O tempo das apresentações entre eles deverá ser respeitado para que a adoção e o relacionamento sejam um sucesso.