Posso levar meu gato para a praia?

· fevereiro 7, 2019
Nos períodos de férias, pode ser aconselhável levar o felino para uma viagem, mas, dada a sua natureza nervosa em situações fora de seu controle, devemos tentar tornar as mudanças o menos traumáticas possível. Mantê-lo fresco e hidratado será a primeira prioridade. 

O verão e as férias chegam, e os donos de animais de estimação se perguntam se podem levar o gato para a praia. Gatos, felinos que passaram milhares de anos ao lado de seres humanos, estão atualmente entre os animais de estimação mais comuns. Mas o que fazer com eles quando chega o verão?

Levar o gato para a praia

Os gatos geralmente são criaturas curiosas e nervosas, e apenas se estressam ante mudanças repentinas. Eles gostam de ter as situações sob controle e são extremamente territoriais.

Por estas características de nossos amigos felinos, ao levá-los em uma viagem, é necessário avaliar se a estadia será curta ou longa. Desta forma, o plano será adaptado da maneira mais adequada para o animal de estimação.

Se for uma viagem curta, em geral, o mais recomendado é não levá-lo, para não estressá-lo. 

Ou seja, ele não terá o tempo necessário para se adaptar ao novo ambiente e isso poderá causar algum problema quando retornar ao seu ambiente habitual.

Portanto, nestes casos, é melhor deixá-lo em seu habitat normal, com sua rotina confortável e alguém que cuide dele.

Para viagens longas, ou se você não conseguir alguém para cuidar de seu bichano durante a sua pausa, é possível levá-lo, mas a viagem deverá ser o menos traumática possível para ele.

Entre outros elementos, é necessário ter uma caixa de transporte para transportá-lo, que seja confortável. Além disso, é importante levar seus brinquedos favoritos, tudo que é familiar, e cuidar da rotina de sua dieta. Desta forma, vamos ajudar o nosso animal de estimação a se adaptar melhor.

gato na praia

Durante os primeiros dias de viagem, o gato pode se comportar nervosamente. A chave não é assustá-lo, já que seu nervosismo é normal por causa da mudança de seu ambiente.

Ele demorará alguns dias até encontrar o seu lugar e se adaptar.

Jaulas ou caixas de transporte para gatos

Quando se trata de levar o gato para a praia, você tem que pensar em seus confortos. Dentre eles está a caixa de transporte em que ele vai viajar.

Existem muitos tipos de caixas de transporte, e isso dependerá da escolha de cada pessoa e do conforto que você deseja dar ao seu animal de estimação.

O mais comum, clássico e popular é a jaula do tipo caixa. Elas são ventiladas e a tampa é removida quando o gato se recusa a sair de sua zona de conforto.

É o tipo de jaula que é usado para levar o gato para a clínica veterinária. Ela também serve para viajar, desde que esteja condicionada com os pertences do animal de estimação, o que a tornará muito mais confortável.

Além dos transportadores rígidos, existem alguns tipos de mochilas para levar o gato para a praia e outros lugares. 

São opções muito boas, pois permitem distribuir o peso e possuem alças ajustáveis. Além disso, elas têm uma grade de ventilação e uma das vantagens mais importantes é que são fáceis de limpar.

Você está preocupado em perder seu animal de estimação na praia durante as férias?

É essencial saber qual o local escolhido como acomodação; por exemplo, se lá tiver terraços ou janelas, há o risco de o gato escapar.

Uma boa precaução é colocar uma coleira no animal de estimação com uma placa de identificação. No mercado, há uma grande variedade de modelos.

gato de coleira

Outra maneira de evitar que o gato escape é usar um peitoral. Isto dará ao animal livre mobilidade dentro dos quartos, mas ele não vai escapar se as janelas ou a varanda estiverem abertas.

Dicas para refrescar o gato na praia

Uma das dicas mais básicas é escovar os pelos do seu pet regularmente. Quando os animais de estimação são expostos a um forte calor, os pelos começam a cair, por isso é recomendado escová-los para remover a pelagem morta, que produziria muito mais calor.

Outra maneira de refrescar o animal de estimação é passar uma luva molhada ao longo de sua cabeça e corpo. 

Isso irá refrescá-lo e aliviar o calor. Também é importante ter recipientes com água fresca em lugares diferentes. Desta forma, vamos evitar a desidratação do animal.

Finalmente, se você tiver bolsas de gel, é uma boa ideia colocá-las na geladeira e deixá-las esfriar. Depois que gelarem, poderão ser colocadas sob os travesseiros preferidos do felino. Com isso, conseguiremos que nosso melhor amigo descanse sem calor.