O mito da curiosidade dos gatos

junho 19, 2018
O enorme interesse que estes animais apresentam pelo mundo desde que nascem se deve a seus instintos de sobrevivência e, também, de caça. É uma espécie domesticada há pouco tempo, como muitos outros animais de estimação.

Quem já teve um gato como animal de estimação concordará com o ditado popular “a curiosidade matou o gato”. A curiosidade dos gatos é uma característica marcante desta espécie.

O fato de conhecer as causas pelas quais o nosso animal de estimação tem certos comportamentos ajuda a compreendê-los melhor e permite-lhe ter uma vida confortável e longe de possíveis perigos domésticos.

A curiosidade dos gatos não é um mito. Vejamos o porquê deles serem tão curiosos e a razão pela qual isso pode se transformar em um problema para a sua saúde.

A curiosidade dos gatos: mito ou realidade?

No nascimento, os gatinhos são cegos e surdos, mas começam a engatinhar em seu espaço farejando a cada passo. Com três semanas de idade, os filhotes apresentam tanta curiosidade pelo ambiente que os rodeia, que se tornam um verdadeiro redemoinho. Eles não param nem por um instante, investigando todos os cantos ao redor deles.

A curiosidade dos gatos se manifesta graças ao seu forte instinto de sobrevivência, herdado de seus ancestrais selvagens. Gatos domésticos manifestam sua curiosidade de maneiras diferentes e com certos objetos.

Seu comportamento às vezes estranho, e até engraçado, é devido ao impulso de caça e à capacidade de escapar dos predadores, que a espécie adquiriu ao longo de sua evolução.

Gato amarelo

Apesar de ser uma espécie domesticada, os gatos não perderam seus instintos de caça. Entre outras coisas, porque, ao contrário do cão, foram introduzidos como animais de estimação relativamente há pouco tempo.

Esse instinto de caça explica por que os gatos passam o dia examinando cada canto, observando atentamente cada movimento e pegando pequenas presas, trazendo-as para casa como troféus.

Por que uma caixa simples pode despertar tanta curiosidade no gato? A explicação está em um mecanismo de defesa natural que seus ancestrais selvagens desenvolveram quando se sentiam em perigo.

Segurança vem em primeiro lugar

Encontrar um lugar seguro longe da visão dos predadores é a razão pela qual os gatos são tão atraídos pelas caixas. Por outro lado, há o efeito surpresa. Escondidos eles podem pegar uma presa sem que sua vítima os veja.

Lugares altos são outra coisa que os gatos adoram. De um lugar alto, ele tem uma perspectiva mais ampla de seu ambiente. Eles podem observar à vontade sem serem incomodados.

Gato tomando sol

Às vezes, nossos amigos gatos chegam a nos assustar pulando em nosso colo de lugares inesperados. Na natureza, pequenos gatos se mantinham a salvo nas alturas, observando e pulando sobre suas vítimas desavisadas.

Nosso comportamento também é outro fator que desencadeia a curiosidade do gato. Quem tem gatos em casa sabe o que é ser observado atentamente por eles. Qualquer comportamento humano é interessante e digno de ser observado e analisado por eles.

Há muitos gatos que chegam a imitar alguns desses comportamentos humanos, que são úteis para seus propósitos. É o caso de abrir portas e janelas para entrar e sair ou abrir a geladeira ou armários para procurar comida.

Os problemas causados ​​pela curiosidade dos gatos

Para um gato crescer saudável, ele deve manifestar livremente sua curiosidade. Não fazer isso implica em sérios problemas em seu comportamento e que afetarão sua saúde.

Manter o animal trancado e isolado, sem ter contato com o exterior e com outras pessoas, gera extrema desconfiança. Gatos precisam de seu espaço de liberdade e, também, de independência controlada.

Em caso de confinamento, a curiosidade do gato é reprimida, desencadeando comportamentos prejudiciais. É o caso da limpeza obsessiva de seu corpo, que causa lesões cutâneas e desencadeia bulimia, como uma consequência de se comer demais e se tornar obeso.

Outros problemas comportamentais relacionados à insatisfação de sua curiosidade inata passam pela agressividade e marcação excessiva do território. Nesses casos, o gato deixará seu odor impregnado em toda a casa.

Também, a curiosidade e a ansiedade dos gatos podem levar a situações perigosas tanto fora como dentro de casa. Por essa razão, é necessário fornecer-lhes brinquedos adequados para satisfazer sua curiosidade e não expor objetos que possam prejudicá-los.

Gatos são companheiros maravilhosos. Você só tem que saber como entender seus comportamentos estranhos e dar-lhes a liberdade necessária para desenvolver seu instinto felino de uma maneira saudável e segura.