6 causas de problemas oculares em gatos

março 4, 2020
Os problemas oculares em gatos estão entre os motivos mais comuns para uma consulta ao veterinário. O prognóstico pode ser bom se houver um diagnóstico precoce.

Existem inúmeros problemas oculares em gatos, alguns dos quais são semelhantes aos que afetam os olhos dos cães. Tanto em gatos quanto em cães, os problemas oculares podem ser considerados uma emergência médica: qualquer lacrimejamento, alteração na aparência ou piscar excessivo requer a atenção imediata do veterinário.

É comum que gatos com dor ocular e facial apresentem uma diminuição do apetite. Assim, é importante estar atento a quaisquer mudanças nos hábitos alimentares.

Verifique os olhos do seu gato com frequência para ver como eles são em estado normal. Dessa forma, você poderá perceber que algo mudou quando houver um problema.

1. Conjuntivite, o mais comum entre os problemas oculares em gatos

Este é o problema ocular mais comum em gatos. Consiste em um processo inflamatório da membrana que recobre o interior das pálpebras e parte do olho. Muitas vezes, essa inflamação envolve lacrimejamento ou secreções em um ou nos dois olhos.

A infecção por herpes viral é uma causa comum da conjuntivite em gatos. Outras causas incluem alérgenos ambientais, substâncias irritantes e infecções bacterianas.

Os gatos persas e himalaios têm uma estrutura facial que pode causar o bloqueio das lágrimas, resultando em olhos lacrimejantes. Nestas raças, é interessante fazer lavagens ou usar medicamentos apropriados para prevenir a conjuntivite.

A saúde ocular dos gatos

2. Úlceras de córnea

Este problema é particularmente comum em gatinhos que vivem ao ar livre. Em geral, as úlceras surgem devido a danos na córnea. É possível detectar esse tipo de dano se você vir o gato apertando os olhos ou apresentando secreção, arranhões nos olhos ou vermelhidão e inchaço ao redor do olho.

As úlceras de córnea podem provocar um sequestro corneal, uma mancha escura e descolorida que pode ser vista no olho. Isso ocorre quando a córnea morre.

3. Uveíte

Esta é uma inflamação das porções vasculares dentro do olho. Embora a causa da uveíte não seja conhecida, acredita-se que os processos de inflamação sistêmica ou as úlceras de córnea graves possam progredir para uma uveíte.

Os sinais incluem mudança na cor ou no tamanho da íris ou pupila, vermelhidão das pálpebras, sensibilidade à luz, dor nos olhos ou perda da visão.

4. Glaucoma

É algo muito comum entre os problemas oculares em gatos. Essa condição decorre do aumento da pressão do líquido no olho, que ocorre devido à má drenagem do humor aquoso. 

Nesse cenário, o líquido acumulado exerce pressão sobre o nervo óptico, que transporta as informações visuais do olho para o cérebro. Quando o aumento da pressão é grave, o nervo óptico fica danificado, e isso pode causar cegueira.

Gato com olhar triste

5. Cegueira

Existem várias causas para a cegueira. Em caso de dano à retina, a perda da visão pode ser parcial ou total. Lembre-se de que essa condição pode ser um processo lento; portanto, o diagnóstico precoce pode ser valioso.

Adquira o hábito de observar qualquer mudança na maneira como o seu gato se move e brinca; esta é a única maneira de identificar problemas oculares em gatos de forma precoce.

É importante saber que os danos à retina podem ser causados ​​pela pressão arterial alta, que causa doenças como o hipertireoidismo, a diabetes e a doença renal.

Por esse motivo, ir ao veterinário para fazer medições de rotina da pressão arterial em gatos idosos é algo importante para a prevenção de lesões oculares.

6. Outras causas de problemas oculares em gatos

Muitos problemas oculares felinos costumam ser decorrentes de outras doenças, o que pode complicar o gerenciamento e o tratamento.

Os problemas oculares secundários podem ser causados por doenças virais, tais como herpes, leucemia felina, imunodeficiência felina ou peritonite infecciosa felina, bem como pela infecção por Criptococo.

Em resumo, assim como na maioria das doenças, levar o seu gatinho ao veterinário para fazer exames de rotina oferece a melhor oportunidade de diagnóstico precoce de condições que possam causar problemas oculares em gatos.

  • Hernandorena, D. B. H., López, D. M. A. T., & Piñeiro, D. C. J. S. (2019). Enfermedades oculares de los animales de compañía. Asociación Cubana de Medicina Veterinaria. Editorial Universitaria. El Vedado, La Habana.
  • Tizard, I. R., & Martínez, R. P. (1998). Inmunología veterinaria (No. 636.0896079 T593 1995.). México^ eDF DF: McGraw-Hill Interamericana.