Que reação tem um cérebro canino quando ele vê o seu dono?

Que reação tem um cérebro canino quando ele vê o seu dono?

Última atualização: 10 Novembro, 2017

Todos sabemos que a relação entre um cão e seu dono é realmente única e especial. Os sentimentos de um cão quando vê o seu dono não passam despercebidos por ninguém. Mas o que acontece no cérebro canino durante esse momento?

Um estudo realizado pela Universidade do México quis demonstrar exatamente isso: os sentimentos de um cão na presença de seu dono.

Como esta pesquisa sobre o cérebro canino foi desenvolvida?

Para realizar a pesquisa, escolheram cinco cães da raça Collie, um Golden Retriever e um Labrador. Com todos, fizeram uma espécie de ressonância magnética enquanto eram submetidos a certos testes.

Os cães foram submetidos a uma prova simples: ver imagens de humanos e de outros muitos objetos inanimados.

Cães com seus donos

O resultado foi que, diante dessas últimas imagens, os animais não tiveram nenhuma reação, mas ante as imagens de humanos, o cérebro dos cães “acendia”.

Segundo os especialistas, “este pedaço do córtex temporal nos cães poderia ser anatômica e funcionalmente similar às regiões que se encontram em outras espécies, como os seres humanos”.

O que isso quer dizer é que os cães usam uma parte de seu cérebro de maneira parecida com os humanos, para detectar rostos. Segundo o estudo, houve “explosões” de atividade nas regiões subcorticais, enquanto não apareceu movimento algum nas mesmas áreas com as imagens de objetos inanimados.

De modo contrário ao que se crê sobre os cães, estes não só nos reconhecem pelo cheiro, mas também são capazes de detectar a nossa fisionomia. Sim, seu cão sabe como é seu rosto e o reconhece de longe. Curioso, não acha?

Até que alguém não tenha amado um animal,
uma parte da alma continua adormecida.

–Anatole France–

Isto prova que seu animal se sente muito feliz ao ver você e não outras pessoas. Seu animal de estimação é capaz de passear pela rua olhando outras pessoas e não mover nem o olho, mas assim que ele vê você, sua felicidade transborda.

Outros estudos interessantes

Quanto mais estudos fazem com os pets, mais nos damos conta dos grandes benefícios que de ter um. Hoje queremos recordar alguns destes estudos que assim o demonstram.

Filhote de cão no colo de uma mulher vestida de azul

  • Ajudam a combater o estresse. Segundo um estudo realizado sobre o tema, os animais de estimação nos ajudam a combater o estresse. Não precisamos de terapeutas e nem de comprimidos, e nem de nenhuma outra coisa, apenas de um momento de lazer com o nosso amigo peludo. Também, levar o nosso animal de estimação para o trabalho ajuda nesta luta contra o estresse.
  • Cães como terapia. Já se pode fazer muito graças a uma pesquisa em que os cães são usados como terapeutas para crianças com problemas ou doenças, e também para adultos. Foi comprovado que os benefícios aumentam nas pessoas em tratamento com estes animais. Eleva a autoestima, se encontra um propósito na vida, melhora a mobilidade, entre outras coisas.
  • Nos deixa mais felizes. Este estudo demonstrou que ter um animal em casa nos torna mais felizes. Segundo os cientistas, há muitos benefícios em se ter um animal de estimação e que isso aumenta a nossa felicidade, proporcionando menos estresse, mais exercício e nos faz nos sentir mais amados.
  • Nos amam como sua família. Dizem que o sangue faz parentes, mas que o amor faz uma família. Não temos o mesmo sangue que o nosso animal de estimação, pois isso seria impossível, mas sim, eles nos amam como sua família com o mesmo amor recíproco que nós, humanos, sentimos uns pelos outros.

São muitos os estudos que demonstram que um animal de estimação é benéfico para nossa saúde e a de nossa família. Por isso, o que nós podemos fazer por eles? Nada além de agradecê-los, dando-lhes todo o nosso amor e carinho, bem como o nosso entendimento.

Os animais merecem receber o mesmo que eles nos dão: amor incondicional e lealdade sem limites.