Raças de cães de pastoreio

· dezembro 24, 2017

Este grupo de cães tem como principal “objetivo” manejar o rebanho de ovelhas, cabras e demais animais de fazendas. No caso dos encarregados do rebanho bovino, eles são chamados de cães boiadeiros. No seguinte artigo, contaremos mais a você sobre as principais raças de cães de pastoreio.

Que raças de cães de pastoreio existem?

Os cães pastores podem ser divididos em dois tipos: para controle e deslocação de rebanhos e para guarda contra ataques de predadores (como, por exemplo, os lobos). As principais raças de cães de pastoreio são:

  1. Pastor Alemão

É o mais “conhecido” entre os cães de pastoreio e é encarregado, em maior medida, de cuidar dos rebanhos de ovelhas. Sua origem remonta ao ano de 1899, na Alemanha, ainda que na atualidade também exista uma linhagem americana (com diferentes características físicas e de personalidade, sendo a última mais calma).

O Pastor Alemão é um cão cheio de energia, inteligente, leal e fácil de adestrar, devido a sua obediência. De grande força física e mental, é ideal para conduzir animais de fazenda nos campos. Também é utilizado como cão do exército e como cão policial.

Pastor Alemão correndo no campo

  1. Pastor Inglês

Um lindo cachorro criado na Grã-Bretanha para cuidar dos rebanhos, tanto de ovelhas como de vacas. Resistente a climas frios, é um animal muito brincalhão e dócil, que não deve se entediar, para não se tornar destrutivo. O pastor inglês, também conhecido como Old english sheepdog ou Bobtail, pode chegar a pesar 100 quilos e medir 70 cm em cruz. Tem um latido muito grave, é um fiel companheiro e precisa de cuidados especiais para manter uma bela pelagem. É ideal para ambientes com crianças.

  1. Pastor australiano

Apesar desta raça ter sido desenvolvida no Norte de Espanha, ela emigrou posteriormente a Oceania, onde se transformou em uma das raças de cães de pastoreio preferidas. Nessa região, o nome é Australian Sheperd. Sua popularidade cresceu no Oeste dos Estados Unidos depois da Segunda Guerra Mundial, onde trabalharam como “ganadeiros”.

O Pastor Australiano é dinâmico e cheio de energia. Sempre precisa estar fazendo algo, devido ao seu forte instinto de trabalho. Pode ser um grande companheiro para uma família, sobretudo se nela há crianças. É de tamanho médio e a pelagem pode ser das cores pretas, vermelha, merle azul ou merle vermelha. Dizem que é um “cão de olhos fantasma”, devido a sua tonalidade azulada.

  1. Pastor Catalão

Originário da região dos Pirineus Catalães, o “Gos d’atura Catalã” é outro dos cães de pastoreio europeus. Tem um peso de, aproximadamente, 20 kg e uma altura de 55 cm. É o preferido da região devido a sua docilidade, obediência, valentia e capacidade para conduzir rebanhos. Além disso, o pastor catalão é brincalhão, carinhoso e pode realizar várias tarefas no campo.

  1. Border Collie

Border Collie

Trata-se de uma das mais raças de cães de pastoreio preferidas no mundo todo. Pode conduzir a qualquer animal de fazenda e precisa estar continuamente ativo. Uma de suas virtudes é a inteligência. Também se destaca por sua ternura, sua simpatia e seu companheirismo. É ideal para uma família que ama atividades ao ar livre.

Suas origens remontam à época dos vikings, que os levaram ao norte da Escócia. O Border Collie pode pesar até 30 kg e medir 60 cm. Adapta-se a qualquer ambiente ou tarefa, desde que tenha suficiente espaço para se mover e, além de pastor, é utilizado como cão-guia e na terapia de crianças autistas.

  1. Pastor de Brie

É uma das raças francesas mais antigas. A primeira vez que foi mencionada foi em 1809, criada como cão de trabalho, mas atualmente é tida muito mais como cão de companhia. O Pastor de Brie serviu como guardião, defesa, salvamento e até como cão guia de cegos. Sua capacidade para o trabalho é espantosa e pode cuidar de um rebanho de até 700 animais.

Trata-se de um cão rústico, energético, obstinado, alegre, inteligente e sensível. Precisa de educação para que possa conviver com outros cães. Quanto a sua aparência, apresenta pelos como uma “cabra”, abundante no rosto. Deve ser escovado, mas não tosado. É de cor preta, marrom ou cinza.

Pastor belga

  1. Pastor Belga

O último dos cães de pastoreio desta listagem tem quatro tipos. Todas elas têm a capacidade de aprender muito rapidamente. É um animal perfeito para o cuidado e para guardar rebanhos, prefere estar ao ar livre, precisa de exercícios e de brincadeiras diariamente.

Fonte da imagem principal: Jean-Michel Castelan