Reprodução do seu hamster: dicas importantes!

abril 10, 2019
Para saber se uma hamster fêmea está grávida, é necessário levar em conta aspectos como ganho de peso e apetite, além de mudanças comportamentais típicas da época da reprodução de seu hamster.

Os hamsters são muito queridos pelas crianças e requerem cuidados relativamente simples. No entanto, devemos oferecer uma dieta e higiene ideais, bem como controle reprodutivo efetivo. A seguir, analisaremos a reprodução de seu hamster para evitar ninhadas indesejadas, bem como para preservar a saúde da fêmea grávida.

Maturidade sexual e reprodução do hamster

Ao adotar um casal de hamsters filhotes, será muito importante lembrar que eles atingirão sua maturidade sexual muito rapidamente. De acordo com a raça do seu roedor, o organismo estará pronto para se reproduzir depois de 30 ou 45 dias de vida.

A partir de pouco mais de um mês de vida, seus hamsters já podem acasalar e gerar novas crias. Outro fato importante sobre a reprodução de seu hamster é que as fêmeas são capazes de engravidar novamente 24 horas após o parto.

A maturidade sexual precoce e a reprodução rápida tornam essencial adotar um controle reprodutivo efetivo nos hamsters. Portanto, é aconselhável manter machos e fêmeas em gaiolas separadas ou adotar roedores do mesmo sexo.

No entanto, se você decidir deixar o seu casal de roedores acasalar, será essencial saber mais sobre a gravidez e a reprodução do seu hamster. A seguir, veremos alguns fatos importantes sobre a gestação dos hamsters.

Reprodução do seu hamster

Quanto tempo dura a gestação dos hamsters?

A duração exata da gravidez dependerá da raça do hamster e do organismo de cada fêmea. O período de gestação nos hamsters geralmente dura cerca de 15 dias, algo que varia ligeiramente em cada animal. Por exemplo, um hamster chinês tem uma gestação mínima de 23 a 25 dias, enquanto as fêmeas de hamsters dourados podem dar à luz após 16 dias.

Da mesma forma, o número de descendentes que nascerão após cada gravidez também dependerá fundamentalmente da raça do seu hamster. As fêmeas de hamster dourado podem dar à luz a mais de 20 descendentes por gravidez, mas um hamster russo geralmente dá à luz apenas de quatro a oito filhotes por ninhada.

Como saber se uma hamster fêmea está grávida?

Em geral, associamos uma gravidez ao aumento do tamanho do abdômen da mulher. As fêmeas de hamsters só apresentam dilatação abdominal nos últimos cinco dias de gravidez.

Hamster russo

Para reconhecer cedo a gravidez do seu hamster, será necessário prestar atenção a outras mudanças físicas e comportamentais. Abaixo, vamos listar os principais sintomas da gravidez em hamsters:

Ganho de peso e apetite

Se o seu hamster fêmea começar a comer e a beber mais do que o habitual e ganhar peso rapidamente, estes podem ser sintomas de gravidez.

As fêmeas precisam de uma dieta altamente energética para enfrentar as mudanças fisiológicas da gravidez e permitir o desenvolvimento de seus futuros filhotes. Portanto, eles devem sempre ter água e comida à sua disposição.

É importante estar ciente se esses comportamentos são repetidos com frequência, principalmente em animais do sexo masculino. O aumento do consumo de água ou alimentos pode ser um sintoma de alguma doença ou desequilíbrio em seu corpo. 

Além disso, lembre-se de que o excesso de peso é muito prejudicial para a saúde dos hamsters.

Mamilos inchados

Ao examinar o abdômen de uma fêmea de hamster grávida, podemos ver que os mamilos estarão inchados e voltados para fora. Isso indica que seu corpo está se preparando para alimentar seus filhotes durante o período de lactação.

Mudanças de comportamento

Quando estão grávidas, as fêmeas de hamsters adotam certos comportamentos para preparar seu corpo e ambiente para o nascimento de seus filhotes. Por exemplo, veremos como ela começa a construir seu ninho com os materiais disponíveis na gaiola, como madeira, palha ou galhos.

Podemos verificar também que, no início da gestação, as fêmeas ficam mais agressivas que o normal, principalmente com os machos. Quando o parto se aproxima, seu comportamento será mais calmo.

Durante a gravidez e lactação, devemos separar a fêmea grávida dos outros hamsters. Desta forma, seremos capazes de oferecer um espaço tranquilo e seguro apenas para ela e seus futuros filhotes, e impediremos que brigue ou se machuque por seu instinto natural de proteção.

Quando os filhotes nascerem, não é aconselhável chegar perto da gaiola ou tocar a fêmea ou seus filhotes. Se a fêmea interpretar que os filhotes estão muito fracos para sobreviver, ela poderá comê-los. Portanto, devemos esperar cerca de 20 dias após o parto para interagir com eles e higienizar a gaiola.