6 animais em perigo de extinção na Europa

Mais de 1677 espécies de seres vivos estão ameaçadas na Europa. A menos que a importância social da conservação aumente, esse número continuará a crescer.
6 animais em perigo de extinção na Europa

Última atualização: 18 Março, 2021

A biodiversidade de todo o planeta encontra-se em precário estado de conservação, que se deteriora a passos largos. Várias espécies são extintas todos os dias, muitas vezes antes mesmo de serem descobertas. A seguir, vamos falar de alguns animais que estão em perigo de extinção na Europa.

A causa dessa degradação está nas ações humanas. Desde a destruição dos habitats à introdução de espécies exóticas invasoras, passando por superexploração, poluição e mudanças climáticas, o desenvolvimento humano não sustentável está exterminando as espécies animais.

Essas espécies prestam serviços muito importantes, que fazem com que os ecossistemas funcionem corretamente e proporcionam inúmeros benefícios às pessoas, como proteção contra doenças e controle de pragas. Portanto, além de seu valor intrínseco como seres vivos, é fundamental conservá-las.

Alguns animais fascinantes que estão em risco de extinção na Europa

Um passo essencial para participar da conservação da biodiversidade é familiarizar-se com ela. Com esse objetivo, apresentamos algumas espécies que podem ser encontradas nos espaços naturais do continente europeu.

1. Iberolacerta cyreni

Esse réptil só é encontrado no Sistema Central espanhol. Tem um tamanho considerável para um lagarto e se destaca pela cor verde intensa dos machos durante a época de reprodução.

A Iberolacerta cyreni e as restantes espécies de Iberolacerta são endêmicas das altas montanhas ibéricas. Por isso, embora pareçam abundantes em sua reduzida área de distribuição, estão altamente ameaçadas pelas mudanças climáticas. Com o aumento da temperatura, essas espécies podem ficar sem um habitat fresco para sobreviver.

Iberolacerta cyreni é um dos animais que estão em perigo de extinção na Europa.

2. Saiga (Saiga tatarica)

27% das espécies de antílopes estão em perigo de extinção. Uma das mais ameaçadas é a Saiga tatarica, um mamífero de médio porte que se caracteriza por seu enorme nariz em forma de tronco, o que lhe confere uma aparência alienígena.

Embora fosse muito abundante antigamente, hoje é uma espécie considerada em perigo crítico pela União Internacional para Conservação da Natureza (UICN). Apenas 18 000 espécimes sobreviveram nas estepes da Rússia, do Cazaquistão e de países vizinhos.

O declínio da saiga se deve principalmente à caça ilegal e descontrolada em busca de seus chifres, usados na medicina tradicional asiática. A exploração é focada principalmente em machos jovens, o que alterou seriamente a proporção de sexos e está levando a espécie ao colapso reprodutivo.

A saiga é um dos animais ameaçados de extinção na Europa.

3. Pardela-do-mediterrâneo (Puffinus mauretanicus)

Essa ave marinha se reproduz apenas nas Ilhas Baleares (Espanha), embora possa ser encontrada ao longo das costas mediterrânica e atlântica de toda a Europa.

Atualmente, as populações de pardela-do-mediterrâneo estão sofrendo um declínio vertiginoso: estima-se que 90% dos indivíduos possam desaparecer em apenas 3 gerações e a espécie pode ser completamente extinta em cerca de 60 anos.

As principais causas desse panorama catastrófico são a morte de pássaros capturados por barcos pesqueiros, a destruição de criadouros para a construção de complexos turísticos e a introdução humana de mamíferos como ratos e gatos, que se alimentam de ovos e filhotes.

Uma pardela-do-mediterrâneo na água.

4. Bombina pachypus

Esse anfíbio, preto e verrugoso na parte superior, mas de uma coloração amarela intensa na parte inferior, é outro animal em extinção na Europa. Esse anuro habita grande parte da Itália e já foi muito comum, mas a maioria de suas populações está diminuindo rapidamente.

Junto com a destruição de seus habitats, uma das causas de seu declínio pode ser o quitrídio, um fungo parasita que está dizimando e extinguindo espécies de anfíbios em todo o mundo, em grande parte devido à influência humana.

Um dos sapos mais estranhos do mundo.

5. Tubarão-branco (Carcharodon carcharias)

O superpredador marinho mais conhecido, assim como muitos outros condríctios, por exemplo, a raia ou o cação-anjo, é classificado como uma espécie em perigo crítico pela UICN para a região europeia. Dentro dessa área, pode ser encontrado nas costas da França, da Espanha, de Portugal e do Mediterrâneo.

O tubarão-branco costuma se aproximar dos barcos de pesca. Devido à sua má reputação ou para impedi-lo de interferir na pesca, é frequentemente atacado ou morto por pescadores comerciais. As presas naturais desse animal também estão em declínio e, além disso, muitos outros condríctios estão ameaçados pelo comércio ilegal de suas barbatanas.

O tubarão-branco é um dos animais que estão em perigo de extinção na Europa.

6. Vison-europeu

A distribuição geográfica desse carismático mustelídeo foi radicalmente reduzido. Antes, essa espécie estava espalhada pela maior parte da Europa, mas agora apenas pequenas populações isoladas são encontradas na Espanha, na França, na Romênia, na Ucrânia e na Rússia.

O declínio e a extinção local do vison-europeu se deve à destruição de habitats e à exploração excessiva, visto que é caçado por sua pele, com a qual são confeccionadas roupas de luxo e outros acessórios de natureza estética.

Esse mamífero também é fortemente afetado pela competição com o vison-americano, uma espécie exótica invasora introduzida com o mesmo propósito – a obtenção de suas peles – uma vez que o vison-europeu foi caçado até se tornar muito raro.

O vison-europeu está criticamente ameaçado.

Essa é apenas uma pequena fração dos animais que estão em perigo de extinção na Europa. Centenas ou mesmo milhares de espécies desaparecem diante dos nossos olhos por causa das ações irresponsáveis das pessoas.

Os modelos econômicos dos países europeus e do resto do mundo deveriam mudar radicalmente nos próximos anos para que as gerações futuras possam herdar um planeta saudável e cheio de vida. Pode ser que ainda haja tempo.

Pode interessar a você...
10 animais em perigo de extinção
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
10 animais em perigo de extinção

Mudanças climáticas, a caça predatória, o desmatamento e a contaminação estão fazendo estragos em nosso planeta, e colocando vários animais em risco.