5 espécies de mustelídeos

· abril 24, 2019
Os mustelídeos são uma família de pequenos mamíferos carnívoros que podem ser domésticos ou selvagens, que podem viver na terra ou na água, e que têm um corpo alongado com patas curtas, além de orelhas pequenas e arredondadas.

Você sabia que os furões domésticos estão intimamente relacionados com as lontras? Para saber mais sobre essas e outras espécies de mustelídeos, não perca a lista que compartilhamos a seguir.

Quais são as espécies de mustelídeos?

Os mustelídeos são uma família de pequenos mamíferos. Eles estão espalhados por todo o planeta, com exceção dos polos e da Austrália, e também por todos os ecossistemas: há aqueles que vivem em ambientes secos, outros são aquáticos, alguns preferem a floresta e outros, as pradarias. Inclusive, eles podem ser domésticos ou selvagens.

Existem várias características físicas que todos os membros desta família têm em comum: são animais alongados, com patas curtas e pelo curto e macio. Eles têm orelhas pequenas e arredondadas. Além disso, todos eles são carnívoros e, portanto, são grandes caçadores.

Estas são algumas das espécies mais populares de mustelídeos:

1. Furão

Algumas décadas atrás, o furão se tornou um animal de estimação graças à sua natureza sociável e à sua grande adaptabilidade. Antes disso, os furões eram usados na caça, uma vez que eles podem deslizar e passar pelas tocas dos coelhos. De fato, ainda hoje existem muitos furões que são animais de caça.

Os furões domésticos podem ser encontrados em quase todo o planeta, embora sejam mais comuns na Europa e na América do Norte. Eles são de tamanho médio e pesam entre um e dois quilos. Eles podem ser de muitas cores diferentes, embora os mais comuns sejam o branco e o preto e branco.

2. Vison

O vison é uma das espécies de mustelídeos que é muito apreciada pela indústria de peles, pois tem pelos especialmente macios e agradáveis. Apesar de, nas grandes fazendas, serem criados para a fabricação de casacos, na natureza eles correm um sério risco de extinção.

O vison europeu é um pouco menor do que o furão

Houve uma época em que o vison europeu podia ser encontrado em toda a Europa continental, desde os Pireneus até os Montes Urais. No entanto, a caça, a destruição de seu hábitat e a aparição do vison americano, graças a fugas ou liberações das fazendas de peles, fizeram com que quase toda a sua população desaparecesse nas últimas décadas.

O vison europeu é um pouco menor do que o furão, já que tem no máximo 43 centímetros de comprimento e pesa entre meio e um quilograma. É marrom e, na natureza, vive perto da água: rios e lagos, principalmente.

3. Lontra

Estas espécies de mustelídeos estão divididas em várias subespécies distribuídas por quase todo o planeta. O tamanho depende de cada subespécie, mas entre as lontras estão os maiores mustelídeos de todos: a ariranha e a lontra marinha são muito maiores, com seus quase 30 e 40 quilos de peso, respectivamente.

A lontra é uma das espécies de mustelídeos

São animais aquáticos, muito mais habilidosos na água do que na terra. Existem lontras que vivem nos rios e outras que preferem o mar: graças à sua pelagem impermeável, elas conseguem conservar o calor. Para nadar, elas tomam impulso com as patas traseiras e a cauda; as patas da frente só são usadas quando estão nadando muito lentamente e na superfície.

4. Texugo

O texugo é um mustelídeo europeu que está distribuído por quase todo o continente, desde a Península Ibérica até os Montes Urais, entrando até mesmo na Ásia pelo sul do Mar Negro. É de compleição robusta e geralmente pesa entre 13 e 20 quilos.

O texugo é um mustelídeo de compleição robusta

A característica mais marcante deste mustelídeo é a sua pelagem. O pelo das costas é longo e cada pelo tem uma curiosa divisão de cores: na raiz e na ponta eles são claros, enquanto o centro é preto. Desta forma, ele apresenta um aspecto salpicado ou acinzentado. A cabeça é branca e tem duas faixas pretas que vão desde o focinho até o pescoço.

5. Cangambá

O cangambá é outro mustelídeo bem conhecido. Os cangambás vivem na América do Norte e na América do Sul; eles são menores do que os texugos, e quase nenhum espécime chega a 10 quilos de peso.

Espécies de mustelídeos

Assim como os texugos, são pretos e brancos; neste caso, o corpo é preto e tem duas faixas brancas que partem da cabeça e avançam em direção à cauda.

Outra das características mais conhecidas dos cangambás é o seu cheiro: caso se sintam ameaçados, podem projetar um líquido odorífero muito desagradável. Este líquido é criado nas glândulas anais, portanto, antes de pulverizá-lo, ele levantará a cauda ou as patas traseiras como um sinal de advertência.

Os mustelídeos são uma grande família de pequenos mamíferos carnívoros. Eles vivem em ambientes secos e aquáticos e estão espalhados por quase todo o planeta: alguns são animais de estimação, mas também são animais selvagens que adaptam a sua dieta ao seu habitat.