Sintomas para detectar a constipação em cachorros

junho 19, 2019
Como podemos identificar a constipação em cães? Conheça alguns dos sintomas mais comuns a seguir.

O sintoma mais óbvio de constipação em cachorros é a incapacidade ou dificuldade de defecar. No entanto, esse distúrbio também costuma causar alterações no cheiro ou na textura das fezes, além de alterações no comportamento habitual.

Portanto, é importante observar os movimentos intestinais do seu melhor amigo diariamente e ficar alerta para qualquer problema de comportamento repentino. A seguir, vamos explicar melhor quais são os sintomas e possíveis causas da constipação em cães.

Principais sintomas da constipação em cães

Existem alguns sinais que indicam que nosso cão está constipado:

  • Defecar ou tentar fazê-lo fora dos lugares habituais (por exemplo, defecar em casa quando já está habituado a fazê-lo na rua).
  • Dificuldade em defecar (o cão fica agachado e forçando por muito tempo, mas não consegue eliminar as fezes).
  • Inchaço, sensibilidade e dor abdominal.
  • Chorar, reclamar e mostrar sinais de dor ao tentar fazer cocô.
  • Perda de peso e apetite.
  • Vômito.
  • Fezes pequenas, secas, duras e escuras.
  • Presença de sangue ou muco nas fezes.
  • Alterações de comportamento: irritabilidade, cansaço excessivo, depressão, letargia, agressividade, etc.

Possíveis causas da constipação em cachorros

Cachorro doente

A constipação em cães pode ter diferentes causas, dependendo do seu estilo de vida e do seu organismo. Portanto, se suspeitarmos que nosso cão pode estar constipado, devemos levá-lo rapidamente ao veterinário.

Na clínica veterinária, o profissional pode verificar o estado de saúde, identificar as causas específicas e recomendar um tratamento adequado às necessidades do seu melhor amigo.

Para ajudá-lo a entender melhor a constipação em cães, resumimos abaixo suas causas mais comuns.

  1. Dieta pobre em fibras: uma ingestão deficiente de fibras ou muito seca é uma das principais causas da constipação em cachorros. Portanto, a introdução de alimentos frescos, bem como a adoção de uma dieta caseira e úmida, é eficaz para melhorar o trânsito intestinal dos cães.
  2. Má hidratação: cães que bebem pouca água têm uma maior probabilidade de sofrer de constipação. A falta de hidratação também pode causar outros problemas de saúde, como desidratação, problemas urinários e insuficiência renal. É essencial manter o nosso cão bem hidratado durante todo o ano e, principalmente, nos dias mais quentes. Ele deve sempre ter água fresca à sua disposição.
  3. Estresse: o estresse também está entre as causas mais frequentes de prisão de ventre em nosso cão. Existem vários fatores que podem gerar estresse nos cães, como uma baixa estimulação física ou mental, uma mudança de casa, uma nutrição desequilibrada, um ambiente negativo, etc.
  4. Ingestão de corpos estranhos: se acidentalmente o cão engolir um brinquedo, objeto ou outro corpo estranho, este elemento pode entupir o trato digestivo e impedir o trânsito intestinal adequado. Para evitar isso, é importante não oferecer brinquedos ou acessórios com pequenos enfeites, tecidos ou cordas soltas, por exemplo.
  5. Causas patológicas: algumas doenças, distúrbios metabólicos e inflamações do trato gastrointestinal podem causar inúmeros problemas digestivos em cães. Além disso, alguns problemas neurológicos também costumam estar associados à constipação.

Alguns remédios caseiros para a constipação em cachorros

Ao observar qualquer sintoma mencionado acima em seu cão, lembre-se de levá-lo rapidamente ao veterinário. Embora existam muitos remédios naturais para combater a constipação em cães, é essencial confirmar o diagnóstico com um profissional treinado.

Cachorro com constipação

Depois de verificar o estado de saúde do seu melhor amigo, recomendamos que você inclua alguns alimentos frescos e ricos em fibras em sua dietaOs seguintes alimentos podem ajudar a melhorar o trânsito intestinal e prevenir a constipação no cão:

  • Abóbora cozida.
  • Cenoura ralada ou cozida.
  • Espinafre e alface (corte sempre bem pequeno para evitar que o cão engasgue).
  • Aveia.
  • Arroz integral.
  • Probióticos: kefir, iogurte natural sem açúcar e lactose ou suplementos naturais.

A importância da hidratação

Também será essencial reforçar a hidratação dos nossos animais de estimação para prevenir a constipação e outros danos ao seu corpo.

Além de deixar água fresca e limpa à sua disposição durante todo o dia, também podemos preparar alimentos úmidos e receitas refrescantes, como sorvetes caseiros para cães.

Com estas diretrizes básicas, é possível tratar e prevenir a constipação em nosso cão naturalmente. No entanto, lembre-se sempre da importância dos cuidados veterinários para estabelecer um tratamento adequado às suas necessidades.

Por tudo isso, em face de qualquer anomalia nas fezes ou mudanças no comportamento do seu cão, recomendamos que você o leve rapidamente a uma clínica veterinária.