Spitz finlandês: um cão elegante

Fevereiro 2, 2018

O spitz finlandês é uma raça típica da região nórdica da Europa. Principalmente, da Finlândia. Essa raça pertence à secular família Spitz e está entre as raças mais antigas da cultura ocidental.

As origens

Sua história remonta aos mitos sobre a existência de cães-lobos. De acordo com as histórias, os primeiros espécimes de spitz finlandeses foram o resultado do cruzamento natural entre os cães e os lobos.

Este “cão-lobo” teria sido a primeira edição do híbrido entre cão e lobo a viver com o homem. Os registros históricos levam a crer que esses cães começaram a viver em regiões lacustres (com lagos) do norte da Europa, mais de 10.000 anos atrás.

Ao longo dos anos, a aparência da raça foi mudando até chegar à que é conhecida atualmente.

Spitz finlandês: uma raça e muitas transformações históricas

Spitz Finlandês

O spitz finlandês, bem como a maioria dos espécimes de sua família, destaca-se pela capacidade de caça. É considerado o cão nacional da Finlândia desde os anos 70.

Sua história é marcada por atravessarem muitas mudanças históricas que levaram a raça ao limite da extinção. Os primeiros espécimes de spitz foram levados para a Europa pelas tribos que atravessaram as estradas euro-asiáticas até chegarem à Finlândia.

A chegada de outras raças nas regiões nórdicas e misturas genéticas colocaram em risco a existência do spitz finlandês.

Em meados do século 19, foram descobertos espécimes de spitz finlandeses que aparentemente nunca tinham sido misturados com outras raças.

Esses cães atuaram como verdadeiros salvadores de sua raça. Eles foram resgatados, protegidos e encorajados a reproduzir de forma controlada para resgatar a pureza da raça e salvar o spitz finlandês da extinção.

A evolução até o presente

Na década de 60, houve o início da criação profissional, nos Estados Unidos. Isso permitiu que o spitz finlandês fosse mais tarde reconhecido como uma raça pelo American Kennel Club, na década de 80.

Por causa de suas inúmeras qualidades de olfato, caça e aprendizado, além de sua adaptabilidade à convivência com humanos, esse animal foi muito útil. O spitz finlandês foi usado ao longo dos anos como um cão de caça para pequenos roedores e alguns pássaros.

Até hoje, eles são usados, ​​na Finlândia, para caçar tetrazes e esquilos. Já nos Estados Unidos, alcançaram sucesso principalmente como cães de companhiaAtualmente, espécimes de spitz finlandeses podem ser vistos em toda a Europa e América.

Spitz finlandês

Em relação à sua herança genética do lobo, destaca-se seu caráter moderado e vivaz, além da facilidade de aprendizado. Ele tem boa convivência com crianças e devoção por sua família. É considerado o mais ativo e sociável dos cães nórdicos.

Quais as principais características do spitz finlandês?

Em relação ao físico, o padrão da raça spitz finlandês é de tamanho médio. Eles têm uma estrutura física atlética, embora mais esbelta em relação a outros cães nórdicos.

Sua nobre aparência transmite vivacidade e simpatia. Pode parecer muito com uma raposa, mas não está relacionado a esse animal. Tem uma cabeça fina e as orelhas são triangulares, eretas e peludas.

A pelagem abundante, composta de uma camada dupla, impede o animal de perder calor para o meio ambiente. É por isso que eles são adaptáveis ​​aos climas frios e podem apresentar mudanças comportamentais se forem submetidos a temperaturas muito altas.

Os pelos da camada externa e visível são longos, grossos e brilhantes, mostrando coloração principalmente avermelhada.

Os machos de Spitz finlandeses têm altura média de 43 a 51 cm, enquanto as fêmeas variam de 39 a 45 cm. O peso equilibrado dos espécimes varia entre 14 e 16 kg para machos e entre 11 e 13 kg para fêmeas.

A expectativa de vida é cerca de 12 anos. Esses cães não têm tendências a doenças graves ou genéticas. Alguns indivíduos raramente apresentam uma luxação da rótula ou epilepsia.

O cuidado específico deve ser dedicado à pele e pelagem do animal. Seu pelo deve estar seco o suficiente para não acumular umidade, criando o ambiente ideal para a proliferação de microrganismos.

Seu temperamento é o de um caçador típico. Ele é muito enérgico e rápido, por isso, precisa de espaços ao ar livre para se exercitar.

Fonte de imagens: Karelgerda e Karelka-layka.

Recomendados para você