Sete tipos de guias para cachorros

· agosto 3, 2018
Quando levamos nossos animais para passear, no parque, por exemplo, devemos nos certificar de que eles ficarão o mais perto possível de nós, para evitar acidentes. Mesmo adestrados, como às vezes são, os animais pode ter atitudes inesperadas, por isso é fundamental escolher bem entre as guias para cachorros e utilizar a que se adapte a sua necessidade.

Cada uma das guias para cachorros tem sua função, mas vale ressaltar que algumas delas podem acabam sendo uma forma de maus-tratos para o cão. De qualquer maneira, a mais indicada vai depender da personalidade do cão.

Quais tipos de guias para cachorros existem

Nas lojas de animais de estimação podemos encontrar uma grande variedade de elementos para levar nossos melhores amigos para passear: coleiras, guias, arneses, focinheiras.

Para escolher entre as opções disponíveis, devemos levar em conta desde a personalidade do animal até seus hábitos na rua.

Talvez você encontre diferentes tipos de guias para cachorros e não saiba muito bem qual escolher.

Para começar, você deve saber que esse acessório tem funções muito importantes; entre elas manter o animal perto de você, controlá-lo na rua, educá-lo e protegê-lo dos perigos.

  1. Guia convencional

São as mais usadas pelos cães e podem ser de diferentes materiais. Sua confecção serve para o animal que puxa muito a guia quando sai para passear.

passeio-com-cachorro

Se é de nylon, pode ser usada em raças pequenas – mas muito energéticas – e ser presa diretamente à coleira ou ao pescoço do animal. Estica-se o suficiente para lhe dar liberdade, mas não o suficiente para perder o controle.

Se é de couro; além da elegância e da suavidade no tato, garante mais controle sobre o animal – ideal para raças grandes.

  1. Guia de arame

Já não é tão comum ver um cão com esse tipo de guia, pois é uma forma de maus-tratos. No entanto, no passado, parecia estar “na moda” devido à efetividade para controlar os puxões na rua.

guia para castigo em cães

Se no começo surtia efeito, porque o material era incômodo para o animal; o certo é que com o tempo ele se acostumava à sensação e voltava com seu mau comportamento. Por isso, os adestradores já não as utilizam.

  1. Guia retrátil

Também chamada de “flexível”, é perfeita para os cães que preferem se afastar um pouco de seus donos; porque se adapta a seus movimentos.

Recomendada para cães de raças médias ou pequenas; que sejam muito curiosos ou inquietos, e que não conseguem ficar ao lado das pessoas por muito tempo.

passear com cão

O problema desse tipo de guias para cachorros é que, em raças como o Labrador Retriever, lhe darão muita autonomia, fazendo com que ele não aprenda a passear corretamente. Se você deseja utilizar uma guia retrátil para um animal de tamanho grande, escolha uma que não tenha muito comprimento. 

  1. Guia de metal

Essa guia conta com uma asa ou coleira de nylon e o resto é metálico. É aconselhável para quem tem filhotespois com pouca idade, é comum que os cães comam ou mordam tudo o que não lhes agrada.

cão acorrentado

Ideal para os bebês, pois não há nada pior do que ter que passear muito perto do dono. 

  1. Guia de enforcamento

Ainda que seu nome possa parecer algo macabro ou danoso para o animal, o certo é que trata-se de um elemento muito eficaz quando queremos que o cão aprenda a se comportar. No entanto, para poder utilizar esse tipo de guia, devemos levar a sério a educação do animal.

galgo espanhol

As guias para cachorros, tipo enforcamento, são usadas por treinadores durante as aulas; pois usá-las fora da “escola” pode ser prejudicial para o animal.

  1. Guia multi-posição

É uma das melhores opções; porque contam com argolas de medidas diferentes, com o propósito de ajustá-la se quisermos que o cão fica bem perto de nós, ou de deixá-la mais solta, para que ele caminhe livremente se não houver outros animais ao redor ou estivermos em uma área tranquila.

cachorro sair para passear

  1. Guia halti

Por último, esse tipo de guia para cães tem como função principal ensinar o animal a não puxar quando estiver passeando. Se seu animal é difícil de controlar, uma halti pode ser uma opção excelente: é presa na cabeça e no focinho – parecido com o que se coloca nos cavalos – e incomoda quando o cão puxa com força.

guias halti