Tratamento da otite em gatos

· dezembro 7, 2018
Além da dor que esta condição causa ao animal de estimação, é possível que os gatos percam temporariamente a audição, em casos mais graves. Isso pode ocorrer de forma parcial, completa ou, ainda, ser irreversível.

A otite é uma inflamação que afeta o epitélio que reveste a aurícula e todo o canal auditivo. Esta condição pode ocorrer de uma forma muito semelhante a que acomete aos humanos e outros animais de estimação. Aqui estão os principais sintomas, causas e tratamento para otite em gatos.

Causas de otite em gatos

A otite pode ser primária ou secundária, dependendo de suas causas e da forma de infecção. 

Muitas vezes, uma otite primária está associada a uma infestação por ectoparasitas (carrapatos, pulgas ou ácaros), mas a inflamação também pode ser causada pela entrada de pequenos corpos estranhos no canal auditivo.

Em geral, os gatos desenvolvem otite primária quando em contato direto com outros animais afetados.

Isso explica por que essa condição é mais comum em gatinhos que vivem em abrigos ou colônias de gatos.

Junto com o acima citado, os felinos também podem apresentar otite secundária, que aparece como resultado de um trauma ou de uma infecção subjacente.

Este processo inflamatório pode ser causado por fungos, bactérias, leveduras, etc.

gato descansando

Fatores de risco

Embora qualquer gato possa desenvolver otite, esta condição é mais frequente em animais imunodeficientes.

Ou seja, em gatos que não recebem cuidados preventivos adequados ou vivem em condições desfavoráveis. Portanto, gatos de rua representam uma população especialmente propensa a desenvolver quadros de otite.

Tenha em mente que a incidência de otite em nossos animais aumenta durante o verão e a primavera.

O aumento das temperaturas e da umidade é a porta de entrada para a proliferação de numerosos microrganismos e patógenos.

Entre as consequências da ação desses microparasitas, há o risco de entrar em contato com os chamados ácaros de orelha, que estão entre as principais causas de otite.

Por outro lado, os filhotes nascidos com um problema congênito relacionado à produção de cera são mais vulneráveis ​​à otite.

Além disso, alergias alimentares ou cutâneas também podem promover esse processo inflamatório.

Classificação da otite em gatos

A otite é geralmente classificada de acordo com a região da orelha que é afetada pelo processo inflamatório. Estes são os três principais tipos de otite e sua evolução no organismo felino.

  • Otite externa: a inflamação está concentrada no ouvido externo e pode se estender do pavilhão ao tímpano. É a mais frequente e com melhor prognóstico, pois são relativamente fáceis de tratar.
  • Otite média: geralmente, esse quadro surge do agravamento da otite externa, denominada otite média secundária. Afeta a região intermediária do canal auditivo, quando o tímpano já foi afetado e a inflamação não pôde ser controlada.
  • Otite interna: este quadro pode ter sido gerado após algum trauma ou ter se derivado do agravamento da otite média. A inflamação atinge o ouvido interno, por isso, esta condição requer um tratamento mais complexo.

Como saber se meu gato tem otite?

A otite em gatos pode se desenvolver silenciosamente e se agravar rapidamente, quando não tratada. 

É essencial saber reconhecer seus sintomas o quanto antes e ir à clínica veterinária, para estabelecer um tratamento adequado para os nossos bichanos.

Abaixo, resumimos os principais sintomas da otite em gatos:

  • Balança a cabeça constantemente
  • Caminha vacilante, cabeça inclinada
  • Prurido
  • Hipersensibilidade ou dor na região auricular
  • Orelhas vermelhas ou inchadas
  • Mau cheiro na região dos ouvidos
  • Alterações no comportamento (agressividade, isolamento, letargia, etc.)
  • Perda de pelos
  • Perda auditiva
surdez em gatos

Tratamento da otite em gatos

Embora seja relativamente comum em cães e gatos, a otite geralmente causa danos significativos à saúde deles.

Os animais afetados podem sofrer perda auditiva temporária, além de vivenciar dores constantes e progressivas. E, em casos mais graves, a perda parcial ou total da audição pode se tornar irreversível.

É essencial levar rapidamente o seu gatinho ao veterinário se você detectou algum dos sintomas mencionados acima.

O profissional poderá realizar os exames necessários para confirmar o diagnóstico e estabelecer um tratamento adequado às necessidades de cada felino.

A princípio, os agentes patogênicos que causam a inflamação devem ser eliminados, através de uma higienização cuidadosa do canal auditivo.

Geralmente, este procedimento será feito na própria clínica veterinária, para evitar qualquer lesão.

Dependendo do estado de saúde do animal e do progresso da otite, o veterinário pode administrar anti-inflamatórios tópicos. E se a presença de ectoparasitas for confirmada, também será essencial combatê-los.