Tratamento e prevenção da torção gástrica em cães

· junho 7, 2019
Prevenir a torção gástrica em cães pode ser fundamental para salvar a vida do seu animal. Confira algumas informações importantes sobre este assunto.

A torção gástrica em cães é uma patologia que afeta principalmente as raças maiores. Certamente aprender a identificar o que a causa, assim como os seus sintomas, pode salvar a vida do seu animal de estimação.

O que costuma causar a torção gástrica em cães?

A torção gástrica normalmente é precedida por uma dilatação do estômago, que geralmente é causada pelo acúmulo de gases, líquidos ou alimentos dentro do estômago do animal.

Embora os cães tenham uma série de mecanismos para poderem se livrar de possíveis excessos de alimentos ou gases que venham a chegar aos seus estômagos, tais como vômitos ou flatulência, às vezes eles não são suficientes.

Assim, nesses casos, a comida ou o gás acabam provocando uma grande pressão que dá origem à torção gástrica.

Desse modo, forma-se um nó muito doloroso que pode até mesmo estrangular o animal. Estamos diante de uma séria emergência veterinária que, se não for detectada a tempo, pode levar à morte.

Cachorro se alimentando

Como evitar e prevenir a dilatação e a torção gástrica em cães?

A maneira como o animal ingere os alimentos será determinante em muitos casos. Por isso, se notarmos que o nosso cachorro come avidamente ou muito depressa, é provável que ele esteja introduzindo uma grande quantidade de gás no seu sistema digestivo sem perceber que aumentará as chances do seu estômago se dilatar.

Nesse sentido, exercitar-se após as refeições ou dividir as porções ao longo do dia vai ajudar a diminuir a quantidade de gás no seu estômago e a evitar futuros casos de torção. Devemos ter em mente que isso é bastante comum nos cães de grande porte, principalmente porque eles possuem um tórax estreito e profundo, ideal para o acúmulo de alimentos e gases.

Outra forma de prevenção é evitar que o cachorro beba excessivamente imediatamente depois de comer.

Cachorro sendo examinado

Sintomas que devem ser levados em conta

Caso o seu cachorro já esteja sofrendo uma torção gástrica, alguns dos sintomas cruciais são:

  • Comportamento ansioso e errático
  • Tentativa de vomitar sem sucesso
  • Excesso de saliva
  • Abdômen distendido

Sem dúvida, todo dono deve ter um número de telefone de emergências veterinárias à mão para lidar com casos que, como a torção gástrica em cães, possam colocar em risco a vida dos nossos animais de estimação.