Um bombeiro consegue salvar a vida de um cachorro através da respiração boca a boca

· abril 25, 2017

Uma notícia surpreendente. Um bombeiro salva o dono de um animal de um incêndio na casa dele e não hesitou em voltar à casa para salvar a vida do animal também.

O animal estava inconsciente devido a fumaça densa que havia inalado. Mesmo assim, o bombeiro voltou para salvar a vida do animal.

Por isso, o bombeiro romeno ganhou a fama de “herói” no país dele. O bombeiro comoveu as redes sociais depois de resgatar a vida de um cachorro, fazendo nele a respiração boca a boca.

O nome do bombeiro é Mugurel Costache. Ele declarou que resgatou o dono do animal de sua casa em chamas e retornou para buscar o animal de estimação.

O animal jazia inconsciente no chão devido à fumaça densa que havia na casa.

Sem ter hesitado, ele fez respiração boca a boca no cachorro e realizou uma massagem cardíaca, fazendo com que o animal voltasse a respirar. Dessa forma, ele pôde salvar a vida do cachorro.

Salvar a vida de um cão e do dono dele, a façanha de um bombeiro

O vídeo que foi gravado dessa operação de resgate foi visualizado 1,1 milhão de vezes na Internet, enquanto que a mídia romena homenageava o “herói de Pitesti”.

Se o bombeiro não tivesse entrado para salvar a vida do cachorro, o cão não teria tido nenhuma oportunidade de sobreviver.

O bombeiro afirmou que tinha recebido mensagens do mundo inteiro, desde Dubai, Alemanha, Itália, Inglaterra e França.

Essas mensagens, ao mesmo tempo em que eram de apoio à façanha dele e de admiração, tinham como objetivo adotar o cão. Desde que o dono dele consentisse com isso.

Conselhos de respiração artificial para salvar a vida de um cão

  • A primeira recomendação a ser seguida é evitar qualquer obstrução na garganta do animal. Por isso, abra a via do animal e libere o local de quaisquer obstruções.
  • Em seguida, estenda a cabeça do cão e sopre na boca dele. O peito do animal deverá se erguer. Faça respirações de duas em duas vezes.
  • Massagens cardíacas. No caso de cães de grande porte, é possível deitá-lo de costas para fazer as massagens cardíacas. Do mesmo modo que fazemos em seres humanos.
  • No caso de cães e gatos de pequeno porte, podemos recliná-los em nosso colo. Faça massagens nas costelas dele, pressionando em ambos os lados.
  • O ritmo e as compressões do peito vão variar conforme o tamanho do cachorro.

Combinar respirações, alternando com massagens cardíacas

Na hora de realizar as massagens cardíacas para salvar a vida de um cachorro, a proporção será aproximadamente a mesma para os seres humanos.

Continuaremos fazendo as massagens cardíacas até que o animal responda e comece a respirar de forma independente.

Atuações heroicas dos bombeiros

Os bombeiros enfrentam no dia a dia deles situações de grande perigo para a vida de pessoas e outros seres. Desde apagar um fogo a resgatar um animal, por exemplo.

São pessoas heroicas pelo trabalho que desempenham.

Alguns dos resgates que esses profissionais fizeram nunca serão esquecidos, e menos ainda esquecerão os donos desses animais de estimação, que estão eternamente gratos.

Precauções com a boca do cachorro

Muitos estudos concluíram que as pessoas que beijam os cachorros delas costumam ser mais propensas a sofrer de doenças orais próprias de seus animais de estimação.

Existência de uma tendência a considerar o cão como um membro a mais da família, mas um cão é sempre um cão, e é diferente de nós. Entre outras coisas, eles são imunes a determinadas substâncias, vírus e bactérias que não podem afetar-nos.

Todos sabemos que os cães lambem os genitais deles, pegam coisas do chão com a boca, metem o focinho nos lugares mais inesperados, etc.

Gostar do nosso cachorro não significa que devemos descuidar das medidas adequadas de higiene.

Sobretudo com os animais de estimação que temos em casa, convivendo conosco, é preciso tomar ainda mais precauções nesses casos. O calendário de vacinação, a higiene diária, o seu banho e escovação do seu pelo, a escovação dos seus dentes, etc.

Tudo isso fará com que a convivência com nosso amigo ocorra sempre nas melhores condições de higiene e salubridade.

É principalmente importante o tema da desparasitação. Da parte externa, mas sobretudo da parte interna dele.

Os comprimidos que podemos administrar ao nosso animal de estimação para a desparasitação interna o ajudarão, mas também servirão para evitar quenos contagiem também.

Fonte da imagem principal: www.wapa.pe