Um cão não reconhece o dono depois de ele perder 20 quilos

É muito conhecida conexão que existe entre os animais e as pessoas. Muitas vezes, nos chama a atenção como um animal de estimação é capaz de identificar sua família depois de vários dias sem vê-la. Ele é capaz até mesmo de detectá-la a quilômetros de distância. Conheça a história surpreendente de um cão que não reconheceu seu dono depois de ele perder 20 quilos.

O cão que não reconhece o próprio dono

Há séculos que os cães e as pessoas convivem tão bem que é normal dizer que são os melhores amigos do mundo. Mas, às vezes, essa “conexão” parece falhar um pouco, principalmente se o dono mudou radicalmente a sua aparência.

Um homem esteve internado em um hospital por várias semanas. Por causa de uma doença, ele acabou emagrecendo muito. Com 20 quilos a menos, voltou para casa esperando aproveitar um pouco do carinho e das brincadeiras de seu cão.

Entretanto, ao colocar os pés em casa, ele não recebeu as boas-vindas esperadas. O seu cão não era capaz de reconhecê-lo! Ele o chamava pelo nome e o animal tentava encontrar o dono da voz, que era idêntica à de seu amigo…

Enquanto isso, latia para esse “intruso” que estava em sua casa e não sabia quem era. Tudo mudou quando, por fim, o cão decidiu se aproximar do estranho e farejá-lo um pouco.

Foi então que ele se deu conta de que era o seu dono, embora estivesse diferente! Neste momento, ele não conseguiu disfarçar a sua alegria e começou a dar saltos ao redor dele.

É muito divertido ver a reação do animal. No começo, ele parece um pouco desconfiado, logo fica confuso, depois curioso e, finalmente, muito feliz.

Os cães reconhecem o rosto de seus donos

O que aconteceu com esse cãozinho que não foi capaz de reconhecer o seu dono, só porque ele havia emagrecido muito e mudado de aparência? Algo que também aconteceria com outros animais de estimação. De acordo com pesquisas, os cães são capazes de distinguir as feições de rostos “conhecidos”, seja de pessoas ou de outros animais.

Até o momento, acreditava-se que essa habilidade só existia nos primatas e seres humanos. Mas agora um estudo confirmou que os cães também a possuem. O contato visual com os cães é muito importante. Por isso, muitas vezes ficamos impressionados com o jeito com que eles nos olham fixamente quando conversamos.

É assim que esses animais podem “lembrar” das características dessa pessoa conhecida. Assim como de seus movimentos típicos: mover a boca quando sorri, franzir a testa quando está com raiva, etc.

Para realizar essa pesquisa, os especialistas avaliaram as reações de um grupo de cães voluntários quando viam fotografias de seus donos, de pessoas desconhecidas e de outros cachorros.

O estudo revelou que os peludos olhavam com mais atenção para o rosto daqueles que lhes eram “familiares”. Quando não reconheciam a pessoa ou o animal na imagem, prestavam menos atenção e se “distraíam” com coisas do ambiente.

Um dos aspectos que mais assombrou os investigadores é que, embora fossem capazes de reconhecer os humanos, os cães se interessavam mais em outros caninos, conhecidos ou não. Eles analisam se o outro cachorro é uma ameaça ou um líder e como agir com eles.

Pronto, agora você já sabe. Se o seu peludo te olha fixamente, é porque está guardando você na memória e reconhecendo suas feições. Exceto se você emagreceu muitos quilos em pouco tempo e não o via há alguns dias, como aconteceu com o homem desta história. Se não, seu pet te reconhecerá mesmo entre milhões de pessoas.

Fonte da imagem: https://i1.wp.com

Recomendados para você