4 espécies de roedores que podem ser animais de estimação

· agosto 28, 2018
Estes pequenos animais não exigem muito de nós, nem em termos financeiros nem quanto a tempo, cuidado e atenção. Mas cada exemplar tem personalidade e comportamento diferentes.

Roedores são pequenos mamíferos, simpáticos e expressivos, além de inteligentes. Há algumas décadas, eles começaram a se tornar populares, porque são fáceis de cuidar e limpar e porque não ocupam muito espaço em casa. É por isso que hoje apresentaremos 4 espécies de roedores que podem ser animais de estimação.

Roedores que podem ser animais de estimação

Roedores são uma classe de mamíferos caracterizada por seus dentes: eles têm quatro grandes incisivos, dois superiores e dois inferiores, que nunca param de crescer. Por isso, é necessário que eles estejam continuamente roendo e desgastando-os, para que permaneçam saudáveis.

Há roedores de muitos tamanhos diferentes; os menores do mundo são os gerbos pigmeus, pesando apenas 3 gramas. As maiores, no entanto, são as capivaras: podem chegar a pesar até 35 quilos e ter o tamanho aproximado de um pastor alemão.

Roedores que podem ser animais de estimação não chegam a esses extremos; estes dois exemplos são animais selvagens que são muito difíceis de serem cuidados em cativeiro. Na prática veterinária, roedores domésticos são tratados como animais exóticos, mas podem viver sem problemas em nossas casas.

Esta classe de animais é herbívora, isto é, só comem frutas e vegetais. Em alguns casos, como os dos hamsters e dos gerbos, eles também podem consumir sementes e nozes. Sua comida deve ser sempre fresca, lavada e crua. Eles não podem consumir óleo, sal, açúcar ou outros aditivos.

Se você quiser conviver com uma dessas espécies de roedores, primeiro deverá preparar-se para recebê-los em casa. Informe-se, portanto, sobre sua alimentação, sobre a gaiola mais adequada e de quais brinquedos eles podem gostar.

Hamster

Os hamsters, cuja imagem ilustra este artigo, são os roedores que podem ser animais de estimação mais conhecidos. Existem diferentes espécies de hamsters, que variam em tamanho e cores; mas existem várias características comuns a esta espécie:

  • São animais noturnos. Ou seja, ficam mais ativos durante a noite: se você brincar com eles durante o dia, provavelmente estarão de mau humor e, à noite, eles vão roer, correr em sua roda e fazer barulho. Apesar de serem tão pequenos, têm muita energia para gastar e usam-na para correr na sua roda.
  • Exceto por algumas espécies específicas, eles são animais muito territoriais e não gostam de compartilhar sua gaiola com outros hamstersPreferem viver sozinhos, ou eles irão brigar e se machucar.

Cobaia

Por outro lado, as cobaias são animais gregários que, com poucas exceções, gostam da companhia de seus pares. Elas não costumam ter comportamentos territoriais e são capazes de compartilhar até mesmo a comida.

cobaias

As cobaias podem pesar entre um e três quilos e, de acordo com sua raça, possuem diferentes tipos de pelos; as diferenças entre elas são mínimas. As cobaias gostam de comer e são muito sonolentas. Diferentemente dos hamsters, elas são diurnas e crepusculares.

São animais muito expressivos, que têm um grande repertório de sons que podem produzir. Elas também são muito inteligentes e criam laços muito importantes com as pessoas e, também, com outros animais com quem vivem.

Gerbos

Gerbos são do tamanho dos hamsters, mas eles têm algumas diferenças que nos permitem identificá-los. As mais notáveis ​​são as patas traseiras grandes e fortes, com as quais pulam e correm. Se você abrigá-los em um terrário, por exemplo, deve ter em mente que ele pode pular e escapar.

gerbo

Além disso, os gerbos gostam de cavar e de dormir em tocas. Você deve levar isso em conta ao preparar sua gaiola: é preciso satisfazer seu instinto de cavar e fazer túneis para se abrigar.

Chinchila

Talvez, das espécies de roedores que podem ser animais de estimação, seja a mais desconhecida dessa lista. As chinchilas são do tamanho de cobaias, mas pesam menos: as fêmeas, que são maiores que os machos, chegam a 800 gramas.

Chinchila

Há apenas uma espécie de chinchila doméstica, resultado de uma cuidadosa seleção genética feita por gerações. As chinchilas que vivem em liberdade não podem sobreviver em cativeiro e não serão felizes sendo animais de estimação.

As chinchilas são caracterizadas por suas grandes orelhas redondas e por uma cauda curta e peluda. São animais extremamente sociais com as pessoas que conhecem, mas tímidas e temerosas com estranhos. Apesar disso, carícias e manipulações lhe causam estresse.

Os roedores são excelentes animais de estimação, se nós respeitarmos seus instintos e fornecermos alimentos ou objetos que possam roer. Cada espécie é única e tem suas próprias características; então, se você quiser adotar uma dessas espécies, primeiro informe-se bem sobre ela, para que vocês dois possam ser felizes desde o primeiro dia juntos.